Notícias às 11:23

Recuperado, Orlando Morais emociona ao falar sobre covid-19: ‘Não há dimensão do sofrimento’

Reprodução/TV Globo

Quem já passou pelo furacão chamado covid-19, sabe bem o desespero e a vontade de se livrar logo da doença, que ainda é uma incógnita para todos. E há sequelas a serem tratadas, depois que o coronavírus faz um verdadeiro estrago no corpo humano.

Nesta terça-feira (20), Orlando Morais conversou com Ana Maria Braga no “Mais Você”, da Globo e revelou como foi o tempo em que ficou internado na UTI, batalhando contra a doença.

"A gente não tem dimensão do sofrimento que é. Vinte e quatro horas por dia a gente fica sem oxigênio. É desesperador.”

O efeito do novo coronavírus no mundo dos famosos

Orlando Morais afirmu que não sabe como aconteceu o contágio.

“Não sei como eu peguei. Estava em uma casa vazia, à beira-mar, bem ventilada. Estava meio paranoico e vinha fazendo exames de 15 em 15 dias. De repente senti um mal-estar muito grande e fiz o teste. Deu positivo”, contou o músico, que foi internado no dia 23 de março e recebeu alta dia 1º. De abril.

Internação

O início da doença Orlando cuidou em casa.

"O tempo inteiro eu tinha na minha cabeça que ia ser uma coisa leve. Não imaginei que ia chegar na situação que chegou. Do 9º ao 11º dia, comecei a ter febre muito alta. Chegou uma hora que eu não tinha mais forças pra ficar em casa. Fui para o hospital direto pra UTI, porque estava muito grave. Essa doença não te avisa, ela não vem aos pouquinhos, o grande problema é esse, ninguém sabe muito sobre ela ainda.”

Orlando Morais , sobre a Covid-19: ‘Os olhos da Glória eram a referência para eu não sair de mim’

O músico, marido de Glória Pires, mantinha um pensamento durante o tempo em que ficou na UTI:

"Sou muito forte, me sinto um vencedor. Coloquei isso na minha cabeça: 'estou doente, não sou doente'."

O olhar de Glória era o que o mantinha consciente.

"Me fixava no olhar da Glória e pensava ‘não posso perder minha consciência’. Me apeguei aos olhos da Glória 24 horas e não dormia. Isso foi a minha força. Sabia que se eu saísse de mim seria complicado.”

Gloria Pires comemora 33 anos de casada com Orlando Morais

Amiga, companheira…

Glória Pires deu um depoimento sobre os momentos tensos que viveram.

"Meu amor, meu amigo, companheiro. Sempre foi uma pessoa decida, firme e positiva. Em 33 anos, nem nos nossos piores momentos, nunca tinha visto o Orlando daquela forma. Ele tem claustrofobia e a sensação de ficar ser ar era muito complicada de lidar. Era obrigado a ficar com uma máscara que tomava todo o rosto dele. é meu herói.

A atriz agradeceu aos profissionais da saúde, grandes guerreiros que estão na linha de frente contra a doença.

"Ver enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas… Todo mundo que entrava naquele quarto tinha uma palavra de carinho, de incentivo. Isso nos tocou muito, ver todos aqueles profissionais que puderam dar sua contribuição pra recuperação dele.”

Orlando Morais mostra flores e recado enviados por Cleo

Alta hospitalar

O cantor ainda se emocionou quando viu as cenas do momento em que deixou o hospital. Ele contou sobre o medo da morte.

"Naquele momento, me deu muito medo de perder tudo aquilo. Minha mãe de 85 anos, tudo vinha na cabeça. Sabia que meus filhos não estavam preparados para aquilo. A Cleo dizia: 'você tem que prometer que nunca vai morrer'. Antonia me ligava com os olhos mais lindos do mundo. A Ana e o Bento estavam tão assustados, eu não conseguia olhar para eles. Sou muito forte, mas eu não estava aguentando mais."

Orlando agradeceu a todos os profissionais de saúde que cuidaram dele nos tempos de internação.

"São todos guerreiros. Meu coração não pode ter mais gratidão a essa gente. Vou fazer uma live dia 12, em homenagem a todos eles. A gente tem que parar um pouco e prestar atenção no outro. E saber que o outro é também a nossa morada."

Orlando Morais recebe alta hospitalar após vencer a Covid-19
Gloria Pires agradece as orações feitas para Orlando Morais