Notícias às 16:42

Regina Duarte não ocupará cargo na Cinemateca, em São Paulo

Reprodução

Regina Duarte, recentemente, ocupou o cargo de Secretaria Especial da Cultura, mas ficou por conta de três meses. Em sua saída, tudo levava a crer que ela ocuparia um cargo na Cinemateca, em São Paulo, mas isso também não deve acontecer.

Lima Duarte alfineta Regina Duarte após deixar cargo

De acordo com o colunista Ricardo Feltrin, o governo federal pretende fechar a Cinemateca e quer que a Fundação Roquette Pinto, gerencie a instituição e demita os cerca de 150 funcionários que lá trabalham.

Porém, Regina Duarte não deve ficar desempregada. A publicação informa que ela pode ser nomeada para algum cargo nível DAS (Direção e Assessoramento Superior) com salário também em torno de R$ 15 mil, assim como na Secretária Especial de Cultura. O emprego atual pode ser no Ministério do Turismo.

Porém, caso isso não aconteça, Regina Duarte não ficará sem nenhum dinheiro caindo em sua conta, já que ela recebe cerca de R$ 7 mil como pensão alimentícia de seu pai, que foi primeiro-tenente no Exército e morreu em 1981.

Walcyr Carrasco critica Regina Duarte: ‘Destruiu a imagem’
Regina Duarte deixa cargo no governo e web repercute

Regina Duarte deixa o cargo

Regina Duarte abriu mão de seu cargo na política. A Secretária Especial de Cultura pediu ao presidente Jair Bolsonaro para deixar sua função na manhã desta quarta-feira (20), durante um café da manhã no Palácio da Alvorada. 

O motivo seria que ela deseja voltar para São Paulo para ficar com sua família. Em vídeo divulgado pela CNN, a atriz apareceu ao lado do presidente em que revelou que foi convidada para trabalhar na Cinemateca, que é um braço da Secretaria da Cultura em São Paulo. 

Um dos nomes mais cotados para ocupar o cargo de Secretário Especial de Cultura é o ator Mario Frias, que foi convidado por Jair Bolsonaro a assumir após ele mesmo ter se oferecido para tal cargo durante um almoço na tarde da última terça-feira (19).