Notícias às 21:15

Ricos de Amor, da Netflix, aborsa assédio e meritocracia

            
 
Ricos de Amor é a mais nova produção brasileira da Netflix, que conta a história de Teto (Danilo Mesquita), um jovem rico do interior que vê sua vida e seus ideais se transformarem depois que conhece Paula (Giovanna Lancelotti). Abordando assuntos importantes, como meritocracia e assédio, o diretor Bruno Garotti constrói um filme leve, mas que aborda discussões essenciais nos dias de hoje.
 
Questionada sobre o mais chamou atenção ao ler o roteiro pela primeira vez, Giovanna Lancelotti revelou que topou fazer o filme sem ter lido nada antes, mas que entrou de cabeça.
 
"Eu aceitei sem ler o roteiro, fui ver só depois. Já tinha trabalhado com o Bruno Garotti em Tudo Por Um Popstar, portanto, já conhecia e confiava no trabalho dele. Ele me ligou em dezembro, dizendo que estava envolvido em uma produção para a Netflix, e perguntou se eu queria entrar nessa. Quando perguntei sobre o roteiro, ele me disse que não tinha ainda. Eu topei, mas só sabia que era uma comédia romântica e que tinha tomate", contou. "Eu comecei a curtir o roteiro conforme ele foi sendo feito e tudo foi sendo alterado até a última hora, todo dia era algo novo. Além disso, a gente teve a chance de dar alguns 'pitacos' e isso é incrível, já que gera uma identificação ainda maior com a história".
 
Lellê também comentou sobre o roteiro e contou que se apaixonou pela sua personagem logo de cara.
 
"O tamanho da Munique, da coragem, da força, de quem ela era. Me vê capaz de fazer aquilo, Quando eu li a Monique, fiquei muito encantada por quem ela era e como ela lidava com a vida. Era um desafio e eu tive a oportunidade de aprender com ela".
 
Na entrevista, Danilo Mesquita, que interpreta o protagonista do filme, afirmou que a história levanta pontos que precisavam ser discutidos e que mostra que a mudança pode ser positiva. 
 
"O que eu acho legal no roteiro é o fato de abordar discussões que precisavam vir à tona, como questões raciais, questões de homofobia, machismo, etc. O Teto é um cara que 'nadava de braçada' em todos esses equívocos. É a história de um cara que vive em uma bolha de privilégios e tem a oportunidade de mudar, depois de encontrar pessoas generosas que toparam ajudar. A verdade é que a gente tem medo de mudar, porque é doloroso, mas essa é a história de alguém que mudou e ficou feliz por ter mudado". 
 

Produções brasileiras

Ricos de Amor marca mais uma produção brasileira com a marca Netflix. Investindo em roteiros originais, a plataforma de streaming anda acertando em cheio quando o assunto são prpduções nacionais. Um exemplo disso, foi o filme Modo Avião, protagonizado por Larissa Manoela, que se tornou o filme brasileiro mais assistido na Netlfix.