Notícias às 10:00

Ryan Adams está sendo acusado de assédio sexual

Reprodução/Instagram

Recentemente, o nome de Ryan Adams tem ganhado a imprensa internacional. Segundo o Jornal The New York Times, sete mulheres estão acusando o cantor de assédio sexual.

As vítimas afirmam que Ryan apresentou um comportamento manipulador, oferecendo oportunidades de emprego, enquanto buscava artistas femininas para ter relações sexuais.

Uma das mulheres é uma jovem que começou a conversar com Adams em 2013, quando tinha 14 anos.

“Eu ficaria em apuros se alguém soubesse que conversamos assim”, dizia uma das mensagens enviadas por ele.

Porém, o advogado de Ryan, Andrew B. Brettler, nega todas as acusações.

“O Sr. Adams nega inequivocamente que se tenha envolvido em comunicações sexuais inapropriadas online com alguém que ele soubesse que era menor”, disse.

Além disso, o próprio artista pediu desculpas em sua conta no Twitter, mas ainda negou que tenha assediado alguém.

“Como alguém que sempre tentou espalhar alegria através da minha música e da minha vida, saber que algumas pessoas acreditam que fiz alguém sofrer me entristece muito. Estou decidido a trabalhar para ser o melhor homem que posso ser. Alguns dos detalhes são deturpados, alguns são exagerados, alguns são claramente falsos. Nunca tive intenções inapropriadas com alguém que soubesse que era menor de idade. Não sou um homem perfeito e cometi muitos erros. A quem eu já tenha magoado, não intencionalmente, peço desculpa”, escreveu ele na rede social.