Notícias às 04:39

Sai da frente! Skatista derruba cinegrafista durante manobra

skatista cumprimenta cinegrafista

Acidente na pista (Foto: Reprodução Sportv)

As disputas que estão acontecendo nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 tem sido marcadas por momentos de emoção, superação, suor e raça por parte dos atletas em busca de uma boa classificação e uma medalha. Mas nem sempre as olimpíadas são feitas de imagens perfeitas. Que o diga o skatista australiano Kieran Woolley.

Durante as disputas classificatórias para a final do Skate Park, ele acabou protagonizando uma cena digna de pastelão. Enquanto realizava uma manobra, o competidor acabou atropelando o cinegrafista, que buscava o ângulo perfeito para capturar o movimento. O profissional foi ao chão, mas não perdeu o foco e continuou filmando Kieran. Por sorte tudo terminou em uma boa gargalhada. E logo virou assunto na web.

“O skatista australiano derruba o câmera em plena prova classificatória. O câmera ri, mostra que está bem, não para de filmar. O atleta ri, leva na esportiva. Se isso não for espírito olímpico, bicho…”

“Caraca! Skatista Australiano derruba um câmera man no final da sua prova…”

“HAHAHAHAHAHAHA a regra da OBS é basicamente: não chame atenção no meio de uma competição. Aí vai o skatista e derruba o câmera e o cara vira o foco de tudo”

“A perninha dele levantando HAHAHAHAAHA”

“Skatista derruba camera da Olympic Broadcasting Services (OBS)”

É PRATA!

O skate estreou em olimpíadas nestes Jogos de Tóquio e foi muito representativo para o Brasil. Primeiro, na categoria Street, Kelvin Hoefler e Rayssa Leal conquistaram a medalha de prata. E na madrugada de quinta-feira, 05 de agosto, Pedro Barros também levou a prata na categoria Park. A final ainda teve outros dois brasileiros: Luiz Francisco, em 4º e Pedro Quintas em 8º.

A gente vem lutando por isso a vida inteira, sempre rodeado de pessoas maravilhosas que lutaram muito pra fazer minha vida melhor. Essa história do park, nas olimpíadas, minha história, é só um exemplo para o povo brasileiro, que está na nossa mão. Podemos fazer do nosso país um lugar melhor através do amor e do respeito. A gente pode cair várias vezes no chão, mas a missão é ver um amanhã melhor

Pedro Barros

Esta foi a 16ª medalha conquistada por atletas brasileiros nesta olimpíada e já tem mais 3 grantidas, só faltando definir a cor: Bia Ferreira e Herbert Conceição no boxe e o Futebol Masculino. Com isso, já igualamos a performance no Rio 2016, até então nosso recorde.

Pedro Barros no pódio (Foto: Reprodução TV Globo)