Notícias às 07:00

Saiba mais sobre os bastidores da estátua de Lady Di

Lady Di sorrindo

Divulgação

Na próxima quinta-feira, 1º de julho, será inaugurada uma estátua em homenagem à Lady Di, que morreu em 1997 vítima de um acidente de carro. A estátua da princesa de Gales será revelada no Palácio de Kensington, em Londres, na data em que Lady Di completaria 60 anos.

Charles e Diana se casaram em 1981, e se separaram em 1992. O divórcio deles foi oficializado em agosto de 1996, um ano antes da princesa de Gales falecer em um acidente de carro em Paris.

Existe a expectativa de que boa parte da Família Real esteja presente na ocasião. Porém, muitas dúvidas e burburinhos pairam na imprensa britânica.

Veja+: Magoado! Príncipe Harry se arrepende de entrevista para Oprah Winfrey

O conflito entre Harry e William está no holofote também. Segundo o jornal MetroUK, os irmãos vão se reunir para uma “conferência de paz” após a inauguração da estátua encomendada por eles em homenagem à mãe dos dois, a Princesa Diana. Além disso, as presenças de Charles e da Rainha Elizabeth ainda geram dúvidas.

As tensões entre Harry e seus familiares britânicos aumentaram desde o início de seu relacionamento com a atriz Meghan Markle e cresceram após o casamento dos dois, em maio de 2018. A renúncia do casal às suas funções na realeza em janeiro de 2020, a mudança dos dois para Los Angeles, e a entrevista dada para Oprah Winfrey só aumentaram os conflitos entre eles. 

Pensando nisso, nós do OFuxico relembramos alguns fatos sobre a estátua em homenagem à Lady Di.

Confira!

Início e burburinho

Tudo começou em 2017, quando se completou 20 anos da morte da princesa. Os Príncipes William e Harry, filhos de Diana, tiveram a ideia de homenagear a mãe. Em agosto de 2020, os irmãos anunciaram a homenagem por meio de um comunicado. “A obra ajudará as pessoas a refletirem sobre sua vida e legado”, dizia o texto.

No 20º aniversário de sua morte, em 2019, as flores favoritas de Lady Di – miosótis, lírios brancos, rosas, tulipas, margaridas e narcisos – foram plantadas ao redor do jardim para comemorar sua vida e seu legado.

Com um toque gentil, a cor branca estava sempre no estilo pessoal de Diana, de acordo com a revista Hello.

O escultor da estátua é Ian Rank-Broadley, mais conhecido por ser o artista que desenhou a famosa imagem da rainha Elizabeth II que é usada nas moedas inglesas.

Apesar de sabermos que William e Harry estarão na homenagem, o resto da lista de convidados ainda é um suspense.

Mas já sabe-se que a Duquesa de Sussex não estará presente, porque acaba de dar à luz em Los Angeles.

De acordo com o jornal britânico The Times, o príncipe Charles deve deixar de ir à inauguração da estátua da princesa Diana por receio de revisitar memórias dolorosas da sua vida.

O filho mais velho da rainha Elizabeth II considera que é “terrivelmente difícil” lidar com um evento que envolva a lembrança de sua ex-esposa. “Esses momentos têm o potencial de fazer ressurgir velhas feridas e isso traz de volta memórias para ele; memórias felizes, tristes, de arrependimento. Desde a morte de Diana, ele sente que é melhor guardar essas memórias para si mesmo e deixar seus filhos com isso”, disse uma fonte.

A duquesa de Cambridge também não se juntará ao príncipe William e ao príncipe Harry na cerimônia para comemorar o que seria seu 60º aniversário.

Veja +: Príncipe Harry e Meghan Markle registraram sites com o nome de Lilibet dias antes do nascimento da pequena

Localização

A estátua ficará localizada em um dos lugares preferidos de Lady Di, o jardim Sunken, no Palácio de Kensington. Em 2017, o local foi decorado com as flores preferidas da princesa, como lírios brancos, rosas, tulipas, entre outras. O evento deve contar com a presença de 100 pessoas.

Presenças confirmadas

Sabemos que Harry e William estarão presentes na inauguração da estátua, mas as outras presenças ainda são um mistério.

Primeiro foi noticiado que o evento seria apenas para familiares próximos de Diana, sendo assim Kate Middleton estaria de fora.

Veja +: Príncipe Edward fala sobre a saída dos Duques de Sussex da família real

Porém, ao que tudo indica William não deixará de mostrar a estátua para a esposa. Segundo o jornal Daily Mirror, o monarca pretende fazer uma visita privada com a esposa e os filhos George, de sete anos, Charlotte, de seis, e Louis, de três, antes da inauguração oficial. Ainda não se sabe sobre a presença da Rainha Elizabeh no evento.

Já o jornal The Sun informou que Charles, que pretende estar de fora do evento, preferiu deixar os dois filhos, William e Harry, no comando de tudo!

“Os meninos vão sair juntos por respeito à mãe, mas não houve reconciliação [entre eles]. Charles vai deixar os meninos com isso. Harry precisará ficar em quarentena por pelo menos cinco dias quando chegar à Inglaterra, provavelmente na Frogmore Cottage em Windsor”, afirmou a fonte.

Veja +: Saiba quem era o pretendente de Meghan Markle antes do príncipe Harry

E Meghan?

Devido às polêmicas entre Meghan e a Família Real, foi noticiado que a Duquesa também não compareceria ao evento.

Outro motivo para a ausência de Meghan é o fato dela ter dado à luz segunda filha com Príncipe Harry, Lilibet Diana, há menos de um mês.

Porém, de acordo com o The Mirror, a esposa de Harry é uma convidada secreta do evento.

E aí, será que veremos a Meghan por lá?

Veja +: Rainha com problemas financeiros! Prestação de contas aponta déficit de R$69 milhões nas contas da Realeza Britânica

Além disso, de acordo com o jornal The Times, Príncipe Charles também não deve comparecer ao evento. A justificativa é que o monarca não deseja revisitar memórias dolorosas de sua vida.

“Esses momentos têm o potencial de fazer ressurgir velhas feridas e isso traz de volta memórias para ele, memórias felizes, tristes, de arrependimento. Desde a morte de Diana, ele sente que é melhor guardar essas memórias para si mesmo e deixar seus filhos com isso”, contou um informante.

Charles e Diana se casaram em 1981, e se separaram em 1992. O divórcio deles foi oficializado em agosto de 1996, um ano antes da morte da princesa de Gales.

Confusão

Na sexta-feira, dia 25 de junho, Príncipe Harry embarcou dos Estados Unidos para o Reino Unido e sua viagem já começou com confusão.

Segundo o site TMZ, o avião de Harry decolou em meio ao caos de duas pistas fechadas devido a uma perseguição policial por conta de uma violação de segurança.

Bom, agora o que nos resta é esperar o evento para ver se os membros da Família Real se envolverão em mais alguma polêmica.

Veja +: Família real parabeniza Harry e Meghan pela chegada de Lili

Paz selada

Não é de hoje que a relação entre Príncipe William e Príncipe Harry está estremecida, principalmente após a saída de Harry e Meghan da Realeza. Mas, ao que tudo indica os irmãos vão aproveitar a ocasião para se entenderem.

Segundo o jorna MetroUK, os Príncipes farão uma conferência de paz após a inauguração da estátua com o propósito de conversar e amenizar os desentendimentos.

A situação delicada de Harry com a família ficou ainda mais evidenciada após a entrevista que ele e a esposa concederam para Oprah Winfrey.

Meghan afirmou que cogitou o suicídio enquanto estava na Família Real e ainda acusou um membro não identificado de racismo.