Notícias às 17:10

Saiba os detalhes do divórcio de Kim Kardashian e Kanye West

Reprodução/Instagram @kimkardashian

Parece que, desta vez, o casamento de Kim Kardashian e Kanye West chegou ao fim de verdade. Na última sexta-feira (19), o TMZ divulgou que Kim já teria entrado com um pedido de divórcio e que os procedimentos já estavam todos direcionados.

De acordo com uma fonte do jornal Us Weekly, a separação tem sido um momento difícil principalmente para o rapper.

"Kanye tem tentado se distrair com o trabalho nas últimas semanas, mas tem sido difícil para ele se concentrar com o peso da separação",declarou a fonte.

Kanye aparenta estar sem reação e distante com tudo que está acontecendo.

Já Kim está recebendo o apoio da família, principalmente de suas irmãs Khloé e Kourtney.

"Sempre que Kim está chateada ou triste, ela sabe que pode ligar para as irmãs ou ir até a casa de uma delas e elas sempre estarão disponíveis", revelou a fonte próxima a família.

Khloé e Kourtney também estão ajudando com as crianças, já que Kim está focando nas questões do divórcio e em sua faculdade de direito.

Estima-se que o patrimônio do casal seja em torno de  R$12 bilhões de reais, que irão ser divididos de acordo com o contrato nupcial. Na fortuna, estão inclusos imóveis, carros, fazendas e etc. Até agora não houve nenhum atrito acerca da separação de bens o casal segue com o processo.

Kim Kardashian se derrete em novo clique da filha North West
Kim Kardashian promove dieta à base de plantas

Kim Kardashian já se sente divorciada

O casamento de Kim Kardashian e Kanye West chegou oficialmente ao fim, após sete anos. Segundo contou uma fonte à revista People, Kim pediu o divórcio e a separação está ocorrendo de modo amigável, sem discussões. A notícia da separação foi dada pela advogada, Laura Wasser, que apresentou os papéis, na sexta-feira (19).

Kim Kardashian quer que Kanye West continue tendo "um grande papel" na vida de seus filhos North, de sete anos, Saint, e cinco, Chicago, de três, e Psalm, de 21 meses.

Uma fonte disse ao programa E!News: "Ele ainda quer ter um grande papel na vida deles e Kim nunca iria desencorajar isso.. Kanye não mora mais na casa com Kim e os filhos. Quando ele vê as crianças, as encontra em outro lugar.” 

Curiosamente, embora Kim já esteja aparecendo sem aliança, West foi visto esta semana ainda com seu anel no dedo. 

 

 Kim Kardashian se derrete em novo clique da filha North West

Quarentena foi a responsável

Segundo uma fonte da revista US Weekly, os problemas entre Kim Kardashian e Kanye West começaram em março do ano passado com o bloqueio do coronavírus. Kanye estava "lutando para se ajustar" à vida em quarentena, quando decidiu se mudar para seu rancho em Wyoming, sem Kim e sem os filhos. 

“Uma coisa é certa: Kanye é o tipo de cara que não consegue ficar quieto e enlouquece quando está preso em casa”, acrescentou a fonte. 

Enquanto Kim entretinha seus filhos, em casa, também se ajustando em tempos de pandemia, o rapper 'fugiu' para seu estúdio em busca de paz e sossego. E isso foi o que Kim não perdoou. 

A socialite tentou passar um tempo com ele em Wyoming, mas o estilo de vida 'produtivo' de West não agradou a socialite e empresária. 

"Ele foi muito individualista… ele tem um estúdio na casa de Wyoming, então ele se metia em suas sessões de estúdio todos os dias… e não era por algumas horas não. Ele geralmente não voltava para casa antes das 3 da manhã, deixando Kim sozinha com as crianças, esperando por ele”, continuou a fonte. 

"E quando Kanye voltava para casa, Kim geralmente estava desmaiada na cama, de tanto cansaço. Ela adormecia com as crianças ao seu lado como companhia (…) se fartou disso", justifica o informante. 

Esse 'comportamento' de Kanye decepcionou Kim: 

"Com o bloqueio e quarentena, ela pensou que ia ter Kanye ao seu lado, mas foram poucas as semanas que ele aguentou esse confinamento", disse.