Notícias às 18:34

Sarah Andrade se revolta com ataques à filha de Pocah

Reprodução/Instagram

Recentemente, Vitória, de cinco anos, filha de Pocah, foi alvo de comentários racistas nas redes sociais. A situção aconteceu enquanto a cantora ainda está confinada no "BBB21", reality show da Rede Globo.

Em seu Instagram Stories, Sarah Andrade, que também participou do programa, mostrou toda sua revolta e indignação com o caso.

"Vitória é uma menina extraordinária, maravilhosa, linda. Inclusive, já conversei com ela um pouquinho depois que saí do programa. Isso que estão fazendo com ela é uma coisa que não sei nem explicar a indignação que dá ao ver um negócio desse. Como tem gente suja e baixa nesse mundo para atacar uma criança. Isso não se faz mesmo", começou ela.

Saiba tudo o que rola no BBB21

Em seguida, a ex-BBB contou que também recebeu mensagens de ódio.

"Eu vi muita coisa, não só comigo, mas com outros participantes do Big Brother. Muitas fake news, ataques. E essa galera tem que lembrar que isso é crime. A internet tinha que ser um lugar para fazer justiça, já que a gente tem esse livre arbítrio aqui. É muito baixo o que vocês estão fazendo. Assim como minha equipe foi atrás de algumas coisas que a gente sofreu aqui, outros participantes também estão indo. Dá uma olhadinha no espelho, encara, e vê se realmente vale a pena isso que vocês estão fazendo. É cruel", afirmou.

Big Parente Brasil! Veja qual é a família de Viih Tube no BBB21

Para concluir, Sarah ressaltou que nem todo mundo sabe lidar com essa situação.

"Se pegam alguém que está sofrendo de depressão ou outra coisa, isso pode até matar. Então, pesa na consciência. Não sei nem se devia estar falando isso em rede social, porque estou expondo muito meus pensamentos", finalizou.

BBB21: Thais tenta mostrar look para final e stylist impede

BBB21: Jogo sujo! Após ataques racistas à filha de Pocah, haters são identificados

 

A discussão entre Juliette e Pocah após a formação de paredão no domingo (18) e novamente na segunda-feira (19), fez com que fãs exaltados e maldosos da paraibana atacassem cruelmente a filha da funkeira, Vitória, de apenas cinco anos.

No perfil oficial de Pocah no Instagram é possível conferir alguns dos insultos e ofensas racistas à menina, que não tem nada, absolutamente nada, a ver com o jogo. E mesmo se tivesse…

Ronan Souza, marido de Pocah, disse que já conseguiu identificar alguns dos responsáveis pelos ataques e ressaltou que vai acionar a justiça.

BBB21: 'Pode beijar', Thaís libera affair entre Fiuk e Juliette

"Vocês que foram no perfil da Vitória falar mer** para uma criança, joga o chip fora, já achei quatro de vocês. João Pessoa, Florianópolis e dois do Rio. Já já tem uma surpresinha", escreveu ele em seu Twitter.

Além de expor prints das ofensas, Ronan, que administra o perfil da cantora, fez um longo desabafo em forma de protesto e indignação,

BBB21: Gilberto acredita que Camilla de Lucas era a favorita do público

“É louco pensar que essas mensagens, direcionadas a uma criança de cinco anos, são motivadas exclusivamente porque a mãe dela resolveu… votar em um jogo de votação, né? O que está acontecendo no mundo? O que está acontecendo com as pessoas? Racismo é crime! Um crime sendo cometido sob os nossos olhos por contrariar os gostos de um público de reality show. Desumano! Imoral”.

“Independente de torcida X ou Y, de emoji, ou o que quer que seja. O que está em jogo aqui é o conteúdo cerimonial das mensagens. E as medidas legais serão tomadas! É revoltante. Quando recebi os prints, minha primeira reação foi vomitar. Vomitei como se meu corpo estivesse tentando jogar a experiência de ter lido isso para fora”, escreveu Ronan.

“Precisamos repensar o que é ser gente! Porque lendo  isso, eu mesmo me questiono: somos todos gente? Somos realmente da mesma espécie? Eu custo a acreditar”, finalizou.

BBB21: ‘Não vou aguentar', desabafa Pocah