Notícias às 02:00

Sharon Osbourne apoia publicamente Piers Morgan

Reprodução/Instagram

Sharon Osbourne ficou do lado de Piers Morgan depois que ele decidiu deixar o programa Good Morning Britain após ter discutido ao vivo por causa de suas críticas à Meghan Markle.

A apresentadora do The Talk foi ao Twitter expor seu apoio a Morgan e acabou mandando uma mensagem para as pessoas – mais de 40 mil reclamações – que pediram a demissão dele do canal iTV.

"Estou com você. Estou do seu lado. As pessoas esquecem que você é pago para dar sua opinião e você só está falando a sua verdade", Osbourne tweetou.

A apresentadora do The Talk, da CBS, e seu marido, Ozzy Osbourne, são amigos de Morgan há anos e já deram entrevistas exclusivas a ele sobre a doença de Parkinson do lendário rockeiro.

O co-apresentador do Good Morning Britain ignorou as acusações de Meghan na terça-feira (9) sobre sua própria saúde mental, declarando: "Eu não acredito em uma palavra do que ela diz. Eu não acreditaria nela nem que ela lesse a previsão do tempo".

Para alguns seus comentários deixam claro que ele nunca simpatizou com a atriz, embora já tenha sido amigo dela no passado.

Morgan, que se juntou ao programa em 2015, anunciou na terça-feira que estaria deixando o Good Morning Britain, algo que a emissora britânica ITV confirmou no próprio dia.

Sharon Osbourne relembra aborto aos 18 anos
Ozzy Osbourne acha que boneco o amaldiçoou

Deixa programa de televisão

Piers Morgan deixou o programa Good Morning Britain, do canal ITV,  horas depois do lançamento de uma campanha de mídia social que viu mais de 40.000 reclamações contra ele, feitas à Ofcom, agência do governo, reguladora das comunicações no Reino Unido.

O apresentador recebeu uma reação violenta no Twitter depois de dizer que 'não acreditava em uma palavra' da entrevista bombástica de Meghan Markle para Oprah Winfrey – na qual a Duquesa disse que ela se sentia como se 'não quisesse mais estar viva'.

Hoje, a Ofcom anunciou que iniciaria uma investigação sobre os comentários após uma enxurrada de reclamações – impulsionada por uma campanha de mídia social contra o ex-apresentador do GMB.

Na emissão de terça-feira (9) do programa, Morgan, de 55 anos, chocou os telespectadores ao se afastar da câmera durante uma discussão acalorada ao vivo com o meteorologista Alex Beresford.

O locutor saiu furioso do estúdio dizendo 'Eu terminei com isso' depois de ser questionado sobre seus ataques ao duque e à duquesa de Sussex.

Um porta-voz da ITV disse ao jornal Daily Mail: "Após discussões com a ITV, Piers Morgan decidiu que agora é a hora de deixar o Good Morning Britain. A ITV aceitou esta decisão e não tem mais nada a acrescentar."

Morgan co-apresentava o programa matutino com Susanna Reid. Na hora da discussão entre ele e Beresford, ela foi obrigada a chamar os comerciais.

Morgan saiu do show ao vivo depois que o meteorologista do programa o acusou de 'destruir' Meghan Markle injustamente.

As tensões estavam evidentemente aumentando enquanto Beresford tentava intervir nas alegações do apresentador.

Morgan disse: "Bem, você se importa em esperar?" e Beresford respondeu: "Na verdade não, continue".

Beresford então defendeu Markle, dizendo: "Houve má imprensa sobre o noivado, má imprensa antes do noivado e tudo o que se seguiu desde então foi incrivelmente prejudicial, claramente para a saúde mental de Meghan e também para Harry".

Mas Piers Morgan estava irredutível em suas críticas, e Alex então sugeriu que Morgan, que já havia ido ao pub com Meghan antes de seu namoro com o príncipe Harry, ficou chateado por ter sido "cortado" pela duquesa.

Ele acrescentou: "Ela tem o direito de cortar você. Ela disse alguma coisa sobre você? Eu não acho que ela tenha dito nada. Mas você continua a destruí-la", alfinetou o metereologista, e nesse momento Morgan se foi do programa.

Susanna Reid pediu um intervalo comercial depois que a briga entre seu co-apresentador e Beresford explodiu.

Morgan voltou mais calmo após o comercial, e disse que ele e Beresford precisavam se engajar 'de uma maneira civilizada', já que trabalham no mesmo programa e na mesma equipe.

Ele repreendeu Beresford: "Você, lançar um monólogo bastante pessoalmente depreciativo sobre um de seus colegas provavelmente não é uma das melhores maneiras de fazer isso.", criticou Piers.

Depois que o show terminou, Alex Beresford foi ao Twitter e disse: "Eu gostaria de ter o privilégio de sentar em cima do muro. Mas para fazer isso, eu teria que me despir de minha identidade e isso não é algo que eu possa fazer. Não é nenhum de nossos papéis ignorar alegações de racismo para nos fazer sentir mais confortáveis", apontou.