Notícias às 04:00

Shia LaBeouf quer a ex pague os advogados de processo contra ele

Grosby Group

Após a confirmação de que Shia LaBeouf está internado em uma clínica de reabilitação e trabalhando em seus problemas, o ator, através de sua assessoria, está negando as alegações de abuso feitas por sua ex, FKA Twigs, e exige que a cantora cubra todos os gastos legais provenientes de suas acusações contra ele.

As alegações são após dois meses de Twigs, cujo nome real é Tahliah Barnett, processar o ator de 34 anos por "atormentá-la", usando uma arma de fogo enquanto dirigia, e supostamente transmitir conscientemente uma DST a ela, entre outras acusações similares de violência e comportamentos abusivos durante seu relacionamento.

Em resposta ao processo, a equipe da estrela de Disturbia, enviou um comunicado à revista People, afirmando:

"Ele nega, no geral e especificamente, cada uma e todas as acusações da queixa de Barnett. Nega que Barnett tenha qualquer prejuízo ou perda por qualquer ato ou omissão por parte de LaBeouf, e nega que Barnett tenha direito a qualquer valor em danos".

Além de negar as acusações, LaBeouf está pedindo que Twigs cubra as taxas legais e "qualquer outra taxa que a Corte achar justa e apropriada".

Shia LaBeouf 'leva toco' da namorada e fica solteiro

Internado em clínica de reabilitação

 

Shia LaBeouf  foi quem encerrou seu relacionamento de trabalho com a agência de talentos CAA, relata a revista Variety. De acordo com fontes da agência, ele não foi demitido e sim pediu um tempo para cuidar de seus problemas pessoais.

"Ele está dando um tempo na atuação e desde então se internou em uma clínica de reabilitação para tratar sua saúde mental". revelaram testemunhas.

Fontes da Variety confirmaram que a CAA não demitiu LaBeouf, mas foi sua decisão de encerrar a parceria porque ele não trabalhará como ator.

Shia LaBeouf foi despedido de filme de Olivia Wilde

"Shia pretende gastar todo o tempo necessário para trabalhar em sua recuperação e, para isso, optou por deixar de atuar para poder se concentrar exclusivamente na recuperação. Ele está procurando tratamento há mais de cinco semanas e atualmente reside em uma unidade de internação", disse um informante.

Os representantes do ator, junto com a CAA, não fizeram ainda nenhum comentário sobre a decisão do ator.

Como relatado anteriormente, LaBeouf está envolvido em um processo movido pela ex-namorada, FKA Twigs, que alegou que o ator "machuca mulheres".

“Ele as usa. Ele abusa delas, tanto física quanto mentalmente. Ele é perigoso”, afirmou o processo.

FKA, nascida Tahliah Barnett, afirmou que o ator a "atormentou", brandiu uma arma de fogo enquanto dirigia e "conscientemente" transmitiu a ela uma DST, entre outras acusações de comportamento violento e controlador similar durante o relacionamento.

Outras mulheres apresentaram suas próprias acusações contra LaBeouf, incluindo Sia, que trabalhou com ele em seu videoclipe de 2015 "Elastic Heart", e sua ex-namorada Karolyn Pho.