Notícias às 21:00

Skank divulga terceiro EP de projeto inovador da banda

Reprodução/Instagram

Samba de Poconé, assim foi intitulado o terceiro EP do projeto Os Três Primeiros, da banda Skank. Comemorando 27 anos de carreira, a última parte da tríade que compõe a novidade que vem sendo divulgada no decorrer dos últimos meses está repleta de homenagens.

O disco, que foi gravado no Circo Voador, tem a arte homenageando a estética da Hollywood Brasileira, a Atlântida e seus tradicionais cartazes. Fazendo questão de ressaltar cada vez mais o gigantismo brasileiro.

Na época, o disco vendeu mais de 1,8 milhão de cópias. O sucesso esteve muito ligado ao hit Partida de Futebol, de 1998, quando integrou ao álbum oficial da Copa do Mundo. Além disso, o reconhecimento acabou levando a banda mineira a um dos ápices da carreira. Neste momento eles teriam rodado o Brasil e mais 16 países com o mesmo tema.

“Foi quando chegamos a um ponto em que percebemos: ‘Bom maior que isso simplesmente não dá para ficar’”, diz Samuel Rosa.

Além de É uma Partida de Futebol, é o disco que traz Garota Nacional, Tão Seu, Eu Disse a Ela, Zé Trindade, Sem Terra, Os Exilados e Poconé, todas no EP 3. Samba Poconé, dado o sucesso de Calango, é quase a prova do segundo disco. “Tem muita gente que acha que o Skank começa com Calango, pela falta de hit do primeiro”, disse o vocalista.