Notícias às 04:00

Spice Girls devem fazer sequência de filme para comemorar 25 anos do lançamento

Reprodução/Instagram

As Spice Girls estão negociando para fazer uma sequência de seu filme Spice World: The Movie, segundo informou o jornal The Sun esta semana. 

Geri Horner – que atualmente gerencia a banda – está a cargo do potencial projeto e esteve negociando com um renomado roteirista sobre um possível script para uma sequência do filme para celebrar o 25º aniversário do grupo feminino no próximo ano. 

De acordo com a coluna Bizarre, do jornal inglês, Melanie C, Emma Bunton e Mel B estão de acordo com o filme e esperam que a ideia consiga atrair Victoria Beckham, que optou por não participar da turnê de reunião do grupo em 2019. 

Uma fonte disse: "As meninas estavam conversando sobre como marcar o aniversário do filme e estão considerando fazer uma sequência. Elas entraram em contato com um roteirista, que estaria considerando trabalhar no projeto e estão seguindo com tudo. Ainda está no começo, mas elas estão negociando para escolher o nome, o que prova que a volta ao cinema seria algo sério". 

Em 2019 foi anunciado que as cinco Spice Girls estariam envolvidas em um filme animado, onde o quinteto daria voz a super-heroínas. 

A presidente da Paramount Animation, Mireille Soria, disse na época: "As Spice Girls tiveram uma ideia que estamos desenvolvendo. Elas estão bem envolvidas". 

O filme animado mostraria novas músicas, além dos hits clássicos, mas acredita-se que o projeto foi engavetado no momento devido à pandemia. 

Nova turnê

Melanie Chisholm, a Mel C, está ansiosa para que as Spice Girls voltem a se reunir e comandem turnê pelos Estados Unidos. A cantora deixou claro que quer que as meninas viagem pela América depois que a pandemia de coronavírus terminar. Em conversa com o programa de televisão Entertainment Tonight, Mel C e suas colegas de banda Mel B, Emma Bunton e Geri Horner estão falando disso. 

Elas se reuniram para uma turnê no Reino Unido no ano passado e agora espera que elas também possam levar o show mais longe quando já não houver restrições devido à crise global de saúde. 

Questionada se existe uma chance do grupo ir para os Estados Unidos, ela disse: "Espero que sim. Conversamos o tempo todo, conversamos sobre o que gostaríamos de fazer, todas as opções que temos. Gostaríamos muito de fazer mais shows, realmente gostaríamos.", explicou. 

"Obviamente, [este ano] ficou louco e ninguém sabe o que vai acontecer por enquanto. Mas, pessoalmente, para mim, falando em meu próprio nome, eu adoraria fazer shows das Spice Girls nos EUA, na América do Sul, no sudeste da Ásia e finalmente, na Austrália. Todos esses lugares que nunca chegamos, e principalmente os Estados Unidos, porque eu amo estar lá", assegurou. 

E enquanto Victoria Beckham não participou da turnê britânica, a estrela de 46 anos prometeu fazer tudo o que estiver ao seu alcance para tentar levar todas ao palco. Ela acrescentou: "Sim, é claro que nós [queremos que ela se junte]! Nós conversamos sobre isso o tempo todo. Nós sempre dizemos: 'Oh, um dia, talvez ela venha um dia.' Estávamos esperando que ela aparecesse no último show. É claro que respeitamos a decisão de Victoria e seu sentimento em relação a isso. Embora ela não estivesse conosco no palco, ela estava muito envolvida no show. Queríamos que ela fosse feliz e confortável com toda a direção, com a criatividade e tudo, porque é o bebê dela tanto quanto de todos nós", justificou.