Notícias às 20:30

Taís Araújo sobre doações: ‘Não existe muito ou pouco’

Estevam Avellar/Globo

Na última quinta-feira (14), Taís Araújo participou do Saia Justa de ontem, na GNT, e falou de solidariedade durante a pandemia do coronavírus em que a maioria das pessoas está em isolamento social.

A atriz relembrou que doou o cachê que recebeu para participar de uma campanha que ajudaria mães necessitadas das favelas. Porém, ela contou que não revelou o valor doado, pois a cultura brasileira não valoriza tais atos feitos pelas celebridades nacionais.

Taís Araújo se emociona com foto da irmã: 'Todo meu respeito'

"Nós sabemos o quanto de dinheiro o Bill Gates doou [para o combate à covid-19]. Sabemos o quanto a Rihanna e a Beyoncé doaram e as aplaudimos por isso. Mas, quando a Xuxa doa, por exemplo, as pessoas criticam e falam que o valor é pouco. Isso é muito da cultura brasileira", disse Taís, lembrando que a campanha chegou a arrecadar mais de R$ 1 milhão.

A campanha se chamava #LeveASerio, promovida pelo BV e a renda foi destinada à Cufa (Central Única de Favelas), entidade que atende cinco mil favelas em todo o Brasil.

Any Gabrielly ganha elogio de Taís Araújo e Flávia Alessandra

"Eu fiquei muito na dúvida se falava o quanto eu tinha doado e o que eu tinha feito na campanha. Isso de não querer dizer o quanto doou é muito por causa da cultura brasileira, pois alguém vai falar que é pouco, e nesse momento não tem muito e não tem pouco; toda doação é importante e não pode existir esse juízo de valores", afirmou.

Taís Araújo ainda explicou que R$ 1 milhão não era o seu cachê. "O dinheiro que eu doei não foi esse montante, não. O banco dobrou o valor do meu cachê e colocou mais um dinheiro que acabou virando esse total. Quem dera eu pudesse doar R$ 1 milhão, pois ficaria felicíssima".

Taís Araújo fala do BBB20 e Viola Davis curte. Entenda!

E Astrid Fonteneller, apresentadora do programa, informou alguns dados que mostram o sucesso da campanha, que vai muito além da doação de Taís Araújo.

"Já foram arrecadados R$ 10 milhões. Em números de hoje, 90 mil mães foram atendidas com o auxílio batizado de "vale-mãe", no valor de R$ 120, e 477 mil famílias receberam cestas básicas. Ao todo, o programa entregou mais de 60 milhões em dinheiro e em cestas básicas, gerando impacto em quase 2 milhões de pessoas”.

Taís Araújo doa R$ 1 milhão para mães de favelas. Entenda!