Notícias às 11:40

Tata Werneck revela momentos em que não crê na morte de Paulo Gustavo

Reprodução/Instagram

Tata Werneck está passando por um momento difícil. A atriz perdeu um dos seus grandes amigos, Paulo Gustavo, que morreu após ficar quase dois meses internado por causa das complicações da Covid-19. Sem esconder a tristeza e indignação com o cenário atual do país e a quantidade de pessoas que estão morrendo com a doença, a humorista fez um breve desabafo nas redes sociais e reforçou a importância de levar a pandemia a sério. 

"Quando eu acordo, me dá uns minutos de esperança de que seja mentira. Depois, dá um desespero. Um desespero! Pelo amor de Deus! Olhem pro que aconteceu com o Paulo! Mesmo com os melhores recursos do mundo ele não sobreviveu! Levem a sério! Parem de negar a realidade", escreveu Tata no Twitter.

Paulo morreu na noite da última terça-feira (4) no Rio de Janeiro. O humorista lutava bravamente contra as complicações da Covid-19 e estava internado desde o dia 13 de março. Inesquecível, o ator ganhou uma série de homenagens e emocionou os brasileiros com a sua partida.

Tata Werneck fala de Paulo Gustavo e chora: 'Desespero'

Na última terça-feira (4), morreu Paulo Gustavo após uma luta incansável contra a Covid-19 e suas complicações. O ator deixa o marido Thales Bretas e os filhos Romeu e Gael, de um aninho.

Em se Instagram Stories, Tata Werneck compartilhou um áudio em que aparece falando da morte do amigo. A artista não segurou o choro.

"Cara, às vezes dá um desespero. Um desespero. O que me conforta, entre aspas, é imaginar que o Paulo vai salvar muitas vidas", disse ela, se referindo ao fato de que a morte de Paulo pode fazer as pessoas se conscientizarem sobre a pandemia.

Corpo de Paulo Gustavo será cremado

O corpo de Paulo Gustavo foi cremado na última quinta-feira (6), em uma cerimônia restrita a familiares e amigos próximos. De acordo com a assessoria do humorista, o local não foi divulgado, a fim de evitar aglomerações neste período de pandemia.

velório foi marcado para ocorrer no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. A família do ator pediu para realizar a cerimônia no local e foi prontamente atendida pela prefeitura.