Notícias às 10:20

Thammy Miranda diz que o pai sempre apoiou sua opção sexual

Reprodução

Com um colar feito de tomates, para ironizar o elevado preço do fruto, Ana Maria Braga recebeu nesta quarta-feira (10) em seu café da manhã, no Mais Você, a atriz Thammy Miranda, a Jô da novela Salve Jorge.

As duas bateram um longo papo e Thammy falou um pouco sobre o que passou por decidir assumir sua homossexualidade na juventude.

Segundo a atriz, na época em que dançava com sua mãe, Gretchen, era mais para estar perto dele do que propriamente o gosto por dançar ou querer fazer aquele trabalho. Thammy também relembrou que foi nessa época, quando tinha 18 anos, que posou nua na revista Sexy.

“Foi pouco depois dos 18 anos que a minha mãe ficou sabendo sobre a minha opção sexual. Primeiro ela pensou que aquilo não era sério, que eu estava querendo chamar a atenção dela. Mas expliquei que não era nada daquilo, que não era questão de escolha. Eu nasci assim. Depois disso, pra mim, as coisas foram bem difíceis, ficou complicado conseguir um trabalho. Foi uma fase bem complicada”, explicou a atriz.

Thammy disse ainda que na faixa dos 23, 24 anos se olhava no espelho e não gostava do que via. Ela olhava a imagem de uma mulher, mas não se sentia daquele jeito.

“Eu não me reconhecia e queria ser eu, ser feliz da forma como eu desejava. Eu me sinto assim e hoje me visto dessa forma porque é como me sinto bem, é o meu jeito de estar bem comigo”, disse a filha de Gretchen à Ana Maria.

Para Thammy, sua mãe relutou em aceitar sua opção porque tinha muitas expectativas sobre ela, talvez quisesse que ela seguisse seu legado na carreira, mas não foi assim que aconteceu.

“Acho que o castelo dela, em relação a mim, foi por água abaixo e isso foi difícil para ela”, disse.

A atriz também comentou que as coisas em relação ao preconceito com a homossexualidade estão começando a ficar um pouco mais leves.

Thammy falou ainda da reação que seu pai, um delegado de polícia, teve quando soube de tudo.

“Quando minha mãe ficou sabendo, ficou louca da vida e logo ligou para o meu pai. Mas ele foi sensacional, pediu para falar comigo no telefone, me perguntou se eu estava feliz, eu disse que sim, e ele me falou que era isso que importava. Meu pai é ótimo, foi a melhor coisa que a minha mãe fez por mim na vida, ter escolhido ele para ser o meu pai”.

Vivendo uma policial na trama de Glória Perez, Thammy disse que o pai, que é delegado da polícia civil, lhe deu várias dicas, entre elas a forma correta de empunhar uma arma.

Sobre a transformação de sua personagem, que agora está disfarçada como a dançarina Lohana para desmascarar o esquema da quadrilha do tráfico de pessoas, Thammy contou que foi tudo bem difícil.

“Foi complicado. Há 10 anos eu não usava um sapato de salto, cabelo comprido. Eu coloquei uma peruca que foi feita especialmente para essa fase da personagem. O nome, Lohana, também fui eu que sugeri para a Glória. Eu só tenho a agradecer. Estou aprendendo muito com todos, com a Giovanna Antonelli, o Marcelo Airoldi, são ótimos e me ensinam demais”, disse Thammy toda realizada.

A atriz finalizou dizendo que está solteira no momento e que está bem e feliz assim.

“Estou muito bem assim, com as pessoas que estou conhecendo, com as coisas que estão acontecendo na minha vida. Quero estudar, aprender mais e seguir atuando”, finalizou.

Thammy Miranda deixa praia de mãos dadas com loira
Thammy Miranda nega ter chorado em gravações de Salve Jorge