Notícias às 07:00

The Batman: O que já sabemos sobre o novo longa do herói

Reprodução/Youtube

No último final de semana, aconteceu o DC FanDome, grande evento online que liberou diversas novidades sobre o futuro da DC Comics em diversas mídias, inclusive os longas-metragens.

Porém, o maior destaque do evento acabou ficando com The Batman, próximo filme solo do homem-morcego, cuja estreia está marcada para 1º de outubro de 2021, com Robert Pattinson estrelando o longa.

Pensando nisso, nós do OFuxico separamos tudo que já sabemos sobre o filme até este momento para que você fique ainda mais animado com o lançamento. Confira:

Direção e equipe criativa

Apesar de por um tempo Ben Affleck estar cotado tanto para estrelar quanto dirigir The Batman, diversos problemas internos e externos mudaram os planos, e além de mudar o ator principal, mudou também a direção.

O comando do longa agora ficou nas mãos de Matt Reeves, muito conhecido pelos longas Planeta dos Macacos: O Confronto e A Guerra, considerados por muitos dois dos melhores longas de blockbuster já feitos nos últimos anos, além de Cloverfield: Monstro.

No roteiro, Mattson Tomlin se une a Reeves, enquanto Greig Fraser (Rogue One: Uma História Star Wars) assume a direção de fotografia e Dan Lemmon (Mogli, O Menino Lobo) e Dominic Tuohy (197) cuidarão dos efeitos especiais. O figurino conta comGlynDillon (franquia Star Wars), DavidCrossman (1917 franquia Star Wars)e Jacqueline Durran (vencedora do Oscar por Adoráveis Mulheres) no figurino. Que equipe, hein?

Tom e trama do filme

Uma sinopse do longa não foi divulgada oficialmente, mas detalhes da trama já foram revelados tanto no DC FanDome quanto nas declarações dos envolvidos no projeto.

No início de 2019, Matt Reeves descreveu um pouco de sua visão para o longa ao The Hollywood Reporter, afirmando desejar fazer algo mais noir/detetivesco e sombrio, focando no lado detive do Batman.

“É uma história contada a partir da perspectiva dele e espero que seja eletrizante, mas também emocionante. Ele deveria ser o maior detetive do mundo e isso não foi necessariamente parte dos filmes. Adoraria que este fosse um filme em que fôssemos em uma jornada para rastrear criminosos e resolver crimes, permitindo que o personagem tenha um arco e passe por uma transformação”, afirmou.

Ainda, o filme teme rumores anteriores de de passar nos anos 1990 e focar no início da jornada do herói, que na prévia, não parece ser muito conhecido da população de Gotham City.

Mais um ponto a destacar sobre a trama é o título de produção de The Batman: Vengeance, que significa Vingança em inglês, mesma frase dita pelo personagem título no clímax do trailer.

Robert Pattinson Batman GIF by Nerdist.com

Inspirações do longa na história e nos visuais

Entre as inspirações para o desenvolvimento do projeto, Reeves citou Chinatown e Taxi Driver como longas em uma climática noir que o foram uma espécie de guia para ele.

Quanto a possíveis quadrinhos para serem olhados como base, Ano Um e O Longo Dia das Bruxas se mostram as maiores apostas. A primeira história por conta de mostrar o homem-morcego no início da luta contra o crime, enquanto a seguida por conta de personagens confirmados no elenco, principalmente Carmine Falcone (John Turturro), mafioso e um dos pontos chaves da HQ.

Durnate o DC FanDome, a HQ Ego foi diretamente citada pelo diretor, podendo ser uma inspiração por mostrar Batman confrontando seu lado mais sombrio.

O uniforme se mostrou muito inspirado pro diferentes versões dos quadrinhos, principalmente vídeo-games (armadura), HQs (símbolo de morcego no peito metálico com maior profundidade) e Animações (capa e gola alta presente nos ombros).

Robert Pattinson Batman GIF by Nerdist.com

Elenco e personagens clássicos do “Batmanverso”

Além de Pattinson no papel principal, o elenco conta com diversos atores famosos que darão vida a importantes personagens do universo do Batman, como Jeffrey Wright no papel do Comissário Gordon e Andy Serkis como o mordomo de Bruce Wayne, Alfred Pennyworth.

Ainda falando de personagens civis, no elenco consta a presença de Peter Sarsgaard como um promotor de Gotham Gil Colson e Jayme Lawson para viver uma candidata à prefeita da cidade, Bella Reál.

Quanto aos vilões, já chegou a haver rumores de que seis criminosos, dariam problemas a Batman no longa, sendo eles:Pinguim, Mulher-Gato, Charada, Vagalume, Duas-Caras e Chapeleiro Louco.

Todavia, apenas metade desta lista conta no elenco até o momento além de Falcone, com Colin Farrell interpretando o Pinguim e Zoe Kravitz sendo a Mulher-Gato/Selina Kyle.

Enquanto o primeiro já disse que não irá aparecer no filme inteiro, Matt Reeves disse no FanDome que Selina também terá sua origem contada no longa e no início de sua jornada, igual ao protagonista. Quanto ao visual dela, uma prévia dele foi vista no trailer, e deve mudar no decorrer da história.

Robert Pattinson Batman GIF by Nerdist.com

Charada

O Charada é uma peça tão importante no longa que merece um item apenas para falarmos dele, não é mesmo?

Interpretado por Paul Dano, o trailer revelou que ele será o principal vilão da história, deixando diversos enigmas para o Batman em uma cena de crime.

Muito conhecido por seus enigmas, o personagem é a escolha perfeita para desenvolver o lado detetivesco do Batman, e de acordo com o diretor, será uma versão diferente de tudo que já foi visto do vilão.

“Paul Dano interpreta uma versão do Charada que ninguém nunca viu. Zoe Kravitz é uma Mulher-Gato também diferente de qualquer coisa, e tudo isso se conecta em uma coisa só. De uma maneira estranha, estamos falando da origem de todos os personagens, Selina ainda é Selina, o Pinguim ainda está em uma parte anterior a ser o Rei do Crime e o mesmo vale para o Charada”, afirmou Matt Reeves sobre os vilões no DC FanDome.

Charada é o principal vilão de The Batman e já deu as caras no trailer

Sem conexão direta com o resto do universo DC

Caso esteja esperando muitas conexões e referências com outros filmes do Universo DC ou até mesmo com Coringa, já não tenha essa esperança.

O painel do filme no evento online garantiu que não se passa na mesma linha do tempo dos longas anteriores, mas sim em um universo alternativo.

“Nos Estados Unidos, os quadrinhos são uma espécie de Shakespeare, aparentemente, e você pode fazer muitas versões de Hamlet. Surgirão muitos outros Coringas, no futuro, tenho certeza”, chegou a afirmar Todd Philips, diretor de Coringa.