Notícias às 19:24

Tiago Silva chorai! Aumento peniano é comum no cinema americano

Tiago Silva e Tatum fotomontagem

Fotomontagem/Reprodução/Instagram

Dispostos a aumentar o tamanho de seus órgãos genitais, homens recorrem a faloplastia, cirurgia que tem como objetivo aumentar as dimensões do pénis humano, tanto em comprimento como em diâmetro.

Apesar de vários estudos relatarem que o comprimento médio do pênis não passa muito de 14cm (quando ereto), muitos homens ainda parecem se preocupar com o tamanho do órgão. E graças ao cantor Tiago Silva a faloplastia – procedimento que promete aumentar o pênis – ganhou as redes sociais nos últimos dias.

E veio à tona que há de tudo! De pílulas a pomadas, de equipamentos milagrosos a técnicas que prometem aumentar o tamanho do pênis, no entanto, nenhuma delas possui comprovação científica, tampouco são recomendadas pelos urologistas.

De acordo com o médico que operou o cantor, o aumento peniano pode ser de até 5cm, mas alguns especialistas alertam para os riscos da cirurgia. Por conta disso, quem não quer recorrer à cirurgia, há alternativas, como prótese peniana e até recursos da tecnologia.

A propósito, falsidades digitais para esconder nu não são uma novidade em Hollywood. E para exaltar também! Depois que inventaram a computação gráfica, aumentou a quantidade de cenas de nudez frontal no cinema. A prótese peniana dá aos cineastas controle total sobre sua representação e alguns usaram sua flexibilidade para abordar diretamente a questão do tamanho. Há casos em que a intenção é diminuir as medidas…

VEJA A LISTA DE CASOS CURIOSOS:

Kevin Bacon, em “O Homem Sem Sombra” (2000)


Segundo o Cracked, especializado em rankings incomuns, Kevin Bacon usou quase o mesmo recurso, com uma exceção: o pênis era dele, só que os técnicos da equipe de efeitos teriam aumentado seu tamanho, a pedido do diretor Paul Verhoeven.

Cena do filme O Homem sem sombra
Cena do filme “O Homem Sem Sombra”
Foto (Divulgação)

Brandon Routh, em “Superman – O Retorno” (2006)


A Warner Bros. teria cogitado diminuir o “volume” da sunga do herói, interpretado, por conta do constrangimento que a equipe sentia durante as filmagens. Até hoje, a distribuidora não confirma se realmente fizeram tais retoques na fase de pós-produção. Routh e o diretor, Bryan Singer, se negam a comentar o assunto.

Billy Crudup, de “Watchmen O Filme” (2009)


Ex-cientista do governo americano, Jon Osterman, se transforma em Dr. Manhattan depois de se envolver em um acidente nuclear. O episódio reduz Osterman a poeira, mas, com o tempo, ele (ou o que sobrou dele) aprende a controlar as partículas de seu corpo e transforma-se numa espécie de entidade divina azul batizada de Dr. Manhattan. O personagem adora andar nu, mas Billy se recusou a tirar a roupa em frente às câmeras. Para manter a fidelidade aos quadrinhos, o diretor Zack Snyder pediu que todos os dublês da produção ficassem pelados, para ver qual órgão sexual iria substituir o do astro. E o vencedor foi o dublê “A22”.

Escolhido, o órgão foi digitalmente colocado no corpo de Crudup, exibindo na telona um pênis “digitalizado”. Detalhe: Billy Crudup ganhou a fama de “bem-dotado”.

Channing Tatum, em “Para Sempre” (2012)


Enquanto filmava uma cena de nudez, o ator fez uma brincadeira com a atriz Rachel McAdams. Ele usou uma prótese de um pênis e a assustou.

“Eu não sabia o que fazer, e pensei: ‘Será que esse negócio é real?’ Era muito realista. Era ridículo o tamanho dele”, afirmou a atriz.

Atualmente com 40 anos, o artista, recentemente, falou no o programa “The Kelly Clarkson Show”  sobre sua forma física, já que volta e meia surge nu em cena.

“Como alguém que malha para conseguir um emprego, eu prometo a você: eu não seria assim se não tivesse que estar nu na maioria dos meus filmes, principalmente. Em algum momento, tenho que melhorar minha atuação para não ter que ficar nu em todos eles” brincou.

Recentemente ele causou ao posar completamente nu em um stories do Instagram. Mas teve o cuidado de cobrir as partes íntimas com o emoji de um macaquinho maroto.

Adam Scott e Jason Schwartzman, em “Virando a Noite” (2015)


Na comédia romântica, logo na cena de abertura, um casal tem uma transa esquisita em função do pênis do marido ser pequeno. Mais tarde, em um jantar com outro casal, o tamanho do pênis se torna de novo a grande questão quando se discute uma troca de esposas entre os dois casais.

O outro marido, interpretado por Jason Schwartzman, tem um extremamente grande, enquanto o homem da cena de abertura, vivido por Adam Scott, detentor de um pênis muito menor, fica desconfortável com a ideia de ser exposto — durante uma longa cena em que os atores nadam nus, os espectadores podem ver a prótese de cada um. Os dois casais se unem no final e se comprometem a salvar seus casamentos.

Chris Hemsworth, em “Férias Frustradas” (2015)


Em maio do ano passado a Netflix disponibilizou o filme no catálogo e muita gente estranhou as “polegadas a mais” do ator, que – anos depois – deu vida ao Thor. Sucesso nas redes sociais, o filme deu o que falar pela cena em que Chris Hemsworth surge de cueca como Stone Crandall. Para exibir um volume avantajado, usou um pênis falso. Foram usadas duas próteses, uma de 20 cm e outra de 25 cm.

“Foi embaraçoso, foi hilário, mas acho que foi mais divertido para outras pessoas do que para mim. Eu estava envergonhado pelo local de gravação e pela cena”, disse ele ao E! Mais.

Os diretores John Francis Daley e Jonathan M. Goldstein afirmaram que o ator foi super participativo para a criação da cena.

“Nós fomos para um quarto e ele experimentou várias opções penianas. Foram as horas mais estranhas de nossa vida”, afirmaram.

Cena filme Ferias Frustradas
Chris Hemsworth no filme “Férias Frustradas” (2015)
Foto: Divulgação

Kristian Nairn, em “Game of Thrones” (2011)


As várias cenas de nudez na série já foram motivo de polêmica diversas vezes. O intérprete do Hodor, surpreendeu ao falar da experiência de aparecer nu diante das câmeras. 

Em entrevista  ao jornal Belfast Telegraph, da Irlanda do Norte, o ator revelou que a cena foi talvez o momento mais traumático de sua vida.   

“Obviamente a cena de morte e de nudez, que provavelmente é o dia mais traumático da minha vida. Eu nunca imaginei que eu andaria pelado por Carryduff (cidade na Irlanda do Norte onde a cena foi gravada) sem nem ao menos acabar preso!”. 

Nairn ainda deu detalhes de como a cena foi feita, mencionando o uso de uma prótese peniana.

 “Eu ainda adicionei camadas de humilhação. Nós tínhamos uma prótese gigante e ela precisava ser presa ao meu corpo com cola e ela era realmente colada ao meu corpo, isso não saía rapidamente, eu estou te dizendo! Eu sinto muito pela garota da maquiagem… as coisas que você sofre pela arte! Essa foi uma das piores e mais engraçadas experiências”.

Cena Game of Thrones
Kristian Nairn, em “Game of Thrones”
Foto: Divulgação

Daniel Radcliffe, em “Um Cadáver para Sobreviver” (2016)


Hank (Paul Dano) está perdido em uma ilha. Ele acaba fazendo amizade com um cadáver (Daniel Radcliffe) e, juntos, partem para jornada surreal para voltar para casa. O cadáver, entretanto, exibe um pênis que se sobressai em sua calça. 

Josh Hutcherson, em “Future Man” (2017)

Em uma cena da série de ficção, o personagem do ator luta contra um clone nu de si mesmo e no 12º episódio, intitulado “Prelude to an Apocalypse”, seu personagem está nu e encontra um clone, que tem um pênis bem maior que o seu. 

Cena do filme Future Man
Josh Hutcherson em cena de “Future Man”
Foto: Divulgação

“Algumas próteses realmente forçam os limites”, comentou Josh. 

Matthew Rhys, em “Girls” (2017)


Em um episódio da série, intitulado “American Bitch”, o personagem do ator, um escritor, exibiu o pênis semiereto para a professora Hannah Horvath (Lena Dunham). O membro não era de verdade. A produção da série da HBO teve um trabalhão para encontrar uma prótese. Pesquisou nas sex shops e só encontrou pênis rígidos. Acabou achando o modelo ideal em uma empresa da área médica que produz próteses para pessoas que passa por cirurgia de troca de sexo. A cena em questão mostrou o professor universitário canalha e mulherengo Chuck deitado em sua cama ao lado de Hannah. Ele tirou o pênis para fora da calça e o colocou na perna dela, deixando a personagem atônita. 

Em uma cena, ele acaba mostrando seu pênis do nada, para surpresa da moça. Apesar de realista, o ator mostrou apenas uma prótese, como revelou a mulher do ator, a atriz Keri Russell. 

Eric Dane, em “Euphoria” (2019)  

O drama ousado e experimental que mostra jovens no ensino médio, também explora o tamanho do pênis e mostra como as mulheres também são cúmplices da preocupação com o tamanho — e da presunção de que isso está relacionado ao desempenho sexual e à masculinidade. Eric Dane, que conquistou o coração dos fãs de “Grey’s Anatomy”, como Mark, vive o McSteamy e protagoniza um frontal, com o pênis completamente ereto, antes de seu personagem fazer sexo com Jules (Hunter Schafer), uma garota trans de 17 anos (o ato é considerado estupro em alguns estados americanos, a depender da idade de consentimento estipulada pelas leis locais). Para a cena, o ator usou um pênis falso.

“Usar prótese é meio que um protocolo. É protocolar e demonstra cuidado com seu parceiro de cena. Houve uma tomada específica em que eu disse ‘se fizer sentido não usar prótese, estou disposto a isso’. Mas no fim das contas, pelo contexto, decidimos que usar a próteses era o caminho, e tomamos essa decisão em conjunto”, contou Dane à revista Entertainment Weekly.

Will Poulter, em “Família do Bagulho” (2013)


O ator britânico, na pele do adolescente Kenny, teve que suportar três horas com um órgão sexual falso. Na história, o personagem  leva uma picada de uma tarântula nos testículos. No caso, não eram os testículos que mais pareciam uma bola de beisebol…