Notícias às 08:36

Tóquio 2020: Isaquias leva medalha de ouro e R$ 330 mil em prêmios

Izaquias com a medalha de ouro

Miriam Jeske/COB

Isaquias Queiroz conquistou a medalha de ouro, na manhã deste sábado, 7 de agosto, na prova do C1 1000m da canoagem velocidade, com o tempo de 4m04s408. O atleta baiano de 27 anos fez história e subiu ao pódio olímpico pela quarta vez em duas Olimpíadas.

A medalha de prata ficou com o chinês Hao Liu, com o tempo de 4m05s724. O bronze é de Serghei Tarnovschi, da Moldávia, com 4m06s069.

Isaquias tem quatro medalhas olímpicas em sua carreira: ouro de Tóquio e duas pratas e um bronze da Rio 2016. É ainda o único brasileiro em toda a história a conquistar três medalhas em uma única edição do megaevento. Ele também ostenta 12 pódios em Campeonatos Mundiais (dos quais seis ouros) e quatro em Jogos Pan-Americanos (três ouros).

Em entrevista ao SportTV, o campeão disse: “Tô meio que aéreo ainda… É diferente ganhar uma medalha de ouro. Estou feliz, mas estou mais feliz por estar deixando vocês no Brasil mais felizes (…). É um trabalho longo, de uma vida inteira. Larguei tudo na minha vida para me dedicar ao esporte, não só eu, mas minha esposa também. Minha mãe passou por muita coisa na vida e hoje está vendo o filho medalhista de ouro, dedico a ela também essa medalha.”

Além da medalha de ouro, o canoísta vai embolsar R$ 330 mil em prêmios. Isaquias vai levar R$ 80 mil da CBCa (Confederação Brasileira de Canoagem). Também vai ganhar R$ 250 mil do COB (Comitê Olímpico do Brasil). Até mesmo o técnico da seleção nacional, Lauro de Souza Júnior, o Pinda, será agraciado: levará R$ 40 mil da confederação.

Em 2016, depois de subir ao pódio três vezes (duas pratas e um bronze) na Rio 2016, Isaquias faturou R$ 132 mil.

Nas redes socias, muitos internautas comemoraram a vitória.

Veja+: Hebert Conceição ganha ouro no boxe e internet vibra
Seleção Brasileira de futebol ganha ouro