Notícias às 19:00

Tóquio 2020: Ouro no surfe, traição olímpica, Biles fora, veja o resumo!

Italo Ferreira comemorando vitoria no surfe

Jonne Roriz/ COB

Terça-feira, 27 de julho. O dia em que o Brasil acordou com o ouro olímpico. Depois de uma derrota contestadíssima de Gabriel Medina contra um japonês esperto, o potiguar Ítalo Ferreira lavou nossa alma e garantiu o ouro no surfe. O dia, felizmente, foi de mais vitórias, mas como nem tudo na vida são flores, teve derrotas… Ketleyn Quadros, por exemplo. Nossa porta-bandeira não sobreviveu à repescagem e está fora do judô olímpico de Tóquio. Mas ela supera! Complicado mesmo foi a mulher que descobriu que estava sendo traída justamente por causa dos Jogos Olímpicos e a atleta que acordou com tabefe na cara. Pode isso, Arnaldo? Vamos de resumão!  

SALTO PRA TRÁS EM NOME DA SAÚDE

Por essa nem o mais pessimista esperava! Melhor ginasta do mundo na atualidade, a norte-americana Simone Biles desfalcou a equipe e ficou de fora da prova coletiva. Com um desempenho irreconhecível desde a estreia, a lenda Biles mandou mal no salto individual e foi colocada na reserva. Em comunicado, a USA Gymnastics (Federação de Ginástica dos Estados Unidos) afirmou que, por questão médica, Simoninha vai ser avaliada diariamente para as próximas finais. Sua permanência na equipe dependerá da evolução do quadro. A ginasta fez um desabafo comovente, destacandoque “há vida além da ginástica”. Melhoras pra ela! E vamos, Rebeca!

GO, MARTA, GO!

A Seleção Brasileira feminina de futebol está garantida nas quartas de final dos Jogos Olímpicos de Tóquio. As atletas aproveitaram a expulsão de uma jogadora de Zâmbia ainda no começo do primeiro tempo e a vitória contra a seleção africana teve placar de 1 a 0. Fora de campo no segundo tempo, Marta – com 13 gols – está a um de Cristiane Rozeira, maior artilheira de todos os tempos das Olimpíadas. A jogadora do Santos não foi convocada e tem atuado como comentarista na Globo, deixando caminho livre para a seis vezes melhor do mundo passar a marca e conquistar a posição de artilheira.

CHQUITITAS OU BANCO DE ÔNIBUS?

Argentina sempre assusta seja em qual competição for. Mas a equipe de vôlei masculino causou foi muita risada. Não pelo desempenho em quadra, mas pelo uniforme diferentão. Nas redes sociais, a galera fez a festa, comparando as vestes dos Hermanos com banco de ônibus e com a roupa das Chiquititas…

OLHA, OLHA…

Na web, internautas deram o braço a torcer: bem que Yasmin Brunet avisou que precisava estar lá! Número um do ranking, Gabriel Medina teve uma nota de 16.76 e foi superado pelo japonês Kanoa Igarashi, que conseguiu 17.00. Nas redes sociais, os juízes foram acusados de roubo pela mulher do surfista e por internautas. O japa teria colocado a mão na prancha, o que não é permitido, e não perdeu pontos por isso. Vamos olhar isso aí direito, hein!  

Veja +: Yasmin Brunet diz que Gabriel Medina foi roubado após surfista dar adeus às medalhas

VÓ MARIQUINHA, O OURO É NOSSO!

Se nos emocionamos com a vitória de Ítalo Ferreira ao conquistar a primeira medalha de ouro para o Brasil, no surfe, as lágrimas quase secaram diante da emoção dele ao dedicar a vitória à avó. Dona Mariquinha teve um infarto em 2017, dias antes da primeira vitória mundial do neto. Ítalo desabou ao lembrar dela e nós também!

É CADA UMA…

Pensa: você está dormindo, tirando aquela soneca gostosa e necessária antes de uma competição. E é acordado com tapas e sacudidos pelo treinador. Essa é a nada mole vida da “póbi” da judoca Martyna Trajdos. Tá com raiva? Não fique! Foi ela que quis! Algo como um ritual…

“Meu treinador está apenas fazendo o que eu quero que ele faça para me aquecer para a luta”, explicou a alemã no Instagram.

Eu heim, menina! 

TRAIÇÃO OLÍMPICA

Em Miami, nos Estados Unidos, uma mulher descobriu que testava sendo traída pelo namorado graças aos Jogos Olímpicos. Megan-Marie perguntou o que ele estava fazendo naquele momento.

“Vendo as Olimpíadas com os meninos, vejo você amanhã”, disse o bonito, em uma foto como se estivesse entre amigos.

Ao observar a imagem, Marie aguçou o instinto 007 e observou um reflexo que mostrava um par de pernas, aparentemente de uma mulher. Pra completar, na foto dava pra ver dois copos com bebida alcoólica e alguns objetos que a levaram a crer que estava sendo traída.

Bola fora!

HANDEBOL RUMO AO PÓDIO

Depois de um empate na estreia, a seleção brasileira feminina de handebol conseguiu a primeira vitória na competição, numa grande atuação. Diante da Hungria, rival direta na briga por uma vaga nas quartas de final, o Brasil venceu por 33 a 27, chegando a três pontos no Grupo B.
Bóra!!!

SOBREVIVEMOS!

Apesar do sufoco, o Brasil bateu a República Dominicana por 3 sets a 2 e continua invicto após dois jogos no vôlei feminino nas Olimpíadas de Tóquio. Fernanda Garay deu mais um show, com 26 pontos, e ofereceu a vitória de presente para Carol Gattaz, aniversariante do dia.

COVID-19 BATE RECORDE

Tóquio registrou nesta terça-feira, 27 de julho, o maior número de casos de coronavírus em um só dia desde o início da pandemia: 2.848 diagnósticos de Covid-19 nas últimas 24 horas, contra 2.520 do recorde anterior, registrado em 7 de janeiro.

Não há como confirmar que a tendência de alta nos novos casos esteja relacionada às Olimpíadas na capital, embora mais de 150 pessoas ligadas ao evento tenham contraído o vírus, apesar dos rigorosíssimos protocolos de segurança dos Jogos, que incluem disputas sem público.

Cuidado aí, gente! 



Veja +: Tá nem aí… mãe de Gabriel Medina não comenta nada sobre o filho em Tóquio