Notícias às 04:00

Vanessa Kirby ‘foge’ de pergunta sobre Shia LaBeouf

Reprodução/Instagram

Vanessa Kirby quebrou o silêncio sobre seu co-protagonista do filme Pieces of a Woman, Shia LaBeouf, sobre as acusações de abuso contra o ator. Em uma entrevista para o jornal The Sunday Times, a atriz de 32 anos foi questionada sobre a notícia.

"Estou com todas as sobreviventes de abuso e respeito a coragem de qualquer pessoa que diga a sua verdad.", comentou.

A atriz britânica continuou: "Em relação às notícias recentes, não posso comentar sobre um processo legal em andamento", afirmou.

O filme onde ela atua diretamente com LaBeouf, contém cenas em que seu personagem é pressionado a fazer sexo com o personagem do ator, que em cena também tenta acertá-la com uma bola de exercícios, relata o Times. 

Vanessa não quis fazer mais comentários a respeito. O filme está em cartaz na Netflix. 

LaBeouf, de 34 anos, está envolvido em um processo movido pela ex-namorada, FKA Twigs, que alegou que o ator 'machuca mulheres, as usa [e] abusa delas pessoal e mentalmente'. 

A cantora, que é ex-namorada de Robert Pattinson também, afirmou em seu processo que o ator a "atormentou", com uma arma de fogo enquanto dirigia e "conscientemente" lhe transmitiu uma DST, entre outras acusações de comportamento violento e controlador. 

Shia LaBeouf é acusado de agressão e roubo

Despedido

 

Shia LaBeouf ficou sem trabalho após as acusações contra ele feitas por sua ex FKA Twigs e a cantora Sia. O ator está envolvido em uma série de controvérsias há algum tempo e as alegações sobre seu 'mau comportamento' agora aumentaram. 

Segundo a revista Variety, embora seus representantes tenham afirmado que o ator de Transformers foi retirado do filme de Olivia Wilde Don't Worry Darling devido a conflitos de agenda, a verdadeira razão de sua demissão foi revelada: 

"Ele foi expulso do filme devido ao mau comportamento que mostrou ao elenco e à equipe do thriller psicológico que agora escalou Harry Styles para o papel principal", justificou a publicação. 

Uma fonte compartilhou os detalhes com a revista e disse: "Não é fácil trabalhar com ele." 

Foi relatado em setembro deste ano que o ex-membro do One Direction substituiu LaBeouf no filme ao lado de Florence Pugh e Chris Pine. 

Isso foi divulgado depois que a ex-namorada de LaBeouf, FKA twigs, o denunciou por abuso físico e emocional no início deste mês, por meio de um artigo publicado pelo New York Times.

Seguindo suas afirmações, a cantora Sia também se apresentou e contou sua experiência com LaBeouf e como ela foi emocionalmente manipulada pelo ator.

Olivia Wilde já sabia das acusações e optou por retirá-lo do longa para não prejudicar a produção.