Notícias às 18:24

Velório de Maradona será na Casa Rosada, sede do governo argentino

Grosby Group

Diego Armando Maradona é talvez o maior ídolo esportivo da Argentina, mas terá uma despedida à sua altura. De acordo com a imprensa local, o ex-jogador terá seu velório na Casa Rosada, sede do governo argentino.

Vale ressaltar que tal ato só é permitido nas mortes ex-presidentes, mas o protocolo foi quebrado após a morte de Diego Maradona.

Os detalhes sobre o velório e a data do sepultamento ainda não foram divulgados e não se sabe como os milhares de fãs do argentino vão conseguir se despedir do ex-jogador, diante das medidas de segurança impostas por conta do coronavírus.

Mauricio de Sousa expressa carinho por Maradona com desenho
Lionel Messi se despede de Maradona: ‘Guardo belos momentos com ele’

Morte de Diego Maradona

Nesta quarta-feira (25), morreu um dos maiores jogadores de futebol do mundo e o maior nome argentino, Diego Armando Maradona, aos 60 anos.

Segundo o jornal argentino "Clarín", Maradona sofreu uma parada cardiorrespiratória. Ele chegou a ser socorrido por um de seus vizinhos em um primeiro momento, mas não conseguiu resistir.

Com a morte de um dos maiores ídolos do esporte local, o governo argentino vai decretar luto por três dias.

Maradona deixa três filhas Dalma, Gianinna, Jana e dois filhos Diego e Diego Fernando.

Maradona não vai deixar sua heranças às filhas

Cirurgia no cérebro

Maradona precisou passar por uma cirurgia para drenar uma pequena hemorragia no cérebro no início do mês de novembro. O procedimento, que durou cerca de 1h20, aconteceu em um hospital de Buenos Aires e foi bem sucedido.

Após a cirurgia, o médico particular do ídolo argentino, Leopoldo Luque, conversou com jornalistas que estavam no local.

"Foi possível evacuar o hematoma subdural crônico de maneira exitosa. Diego aguentou muito bem a cirurgia. Está acordado. Está muito bem", afirmou o médico Luque.

O técnico do Gimnasia y Esgrima foi internado na segunda-feira (2) e, após uma série de exames, os médicos identificaram um hematoma subdural. Por isso, o ídolo foi transferido para outro hospital, onde aconteceu a cirurgia.

Famosos lamentam morte de Maradona

Carreira

Diego Armando Maradona nasceu em 30 de outubro de 1960 em Lanús, em Buenos Aires, e era técnico Gimnasia y Esgrima atualmente, com quem havia renovado o contrato em junho deste ano.

Porém, em sua carreira como jogador começou no Argentinos Juniors, onde atuou por cinco anos, de 1976 e 1981. Depois disso, jogou no Boca Juniors por um ano e foi para o Barcelona da Espanha, onde ficou entre 1982 e 1984.

O auge de sua carreira foi no Napoli, da Itália, onde ganhou uma Copa da Uefa, dois Campeonatos Italianos, uma Copa e uma Supercopa da Itália.

Durante muitos anos dividiu o mundo do futebol para saber quem seria o maior jogador da história, onde muitos achavam o achavam o melhor, enquanto outros falavam que Pelé era o maior.

Neymar sobre Maradona: 'Futebol agradece'