Notícias às 08:32

Zezé di Camargo canta e se emociona em missa de Seu Francisco

Becker/Brazil News

A emoção tomou conta do culto de sétimo dia, celebrado na noite de quarta-feira (02), em uma igreja em Goiânia, pela passagem da morte de Francisco José Camargo, o Seu Francisco, patriarca da família Camargo.

Com a igreja lotada, a celebração foi muito emocionante e teve como ápice o momento em que Zezé di Camargo cantou, junto com o irmão, Camarguinho, e Felipe Araújo, a música No Dia Que Eu Saí de Casa. As lágrimas foram inevitáveis. Zezé chorou muito e, na sequência, cantou, sozinho, Nossa Senhora. Ainda se tratando da Covid-19, Luciano não participou.

Graciele Lacerda lamenta morte do sogro: 'É difícil'

O cantor Felipe Araújo foi o primeiro a cantar no culto e soltou a voz no louvor Ninguém Explica Deus. Em seguida, Zezé, a mãe dele e viúva de Seu Francisco, Helena Camargo, e os irmãos Emanuel Camargo e Camarguinho subiram ao altar. Eles receberam homenagens e bênçãos da comunidade. Zezé falou sobre o pai e destacou que, com o filme Dois Filhos de Francisco, foi mostrada apenas 10% da grandiosidade do falecido.

"Um ser humano igual ao meu pai não se fabrica mais hoje em dia", disse Zezé.

Zezé di Camargo vai às lágrimas em missa de sétimo dia do pai

Saudades eternas

Seu Francisco deu entrada no hospital no dia 10 de novembro, com muitas dores no intestino. Quatro dias depois, ele fez uma cirurgia de emergência para estancar um sangramento no órgão.

Francisco José Camargo morreu na noite do dia 23 de novembro, aos 83 anos. De acordo com a nota emitida pelo hospital em que ele estava internado, o óbito se deu por conta de uma instabilidade hemodinâmica e parada cardiorrespiratória.

Luciano Camargo, que testou positivo, não esteve no velório e no funeral do pai.

Graciele Lacerda sobre Zezé Di Camargo: ‘Não tem vontade de falar’

Zezé Di Camargo lamenta morte do pai e pede perdão: 'Te amo'

Zezé canta na missa de sétimo dia de Seu Francisco

 

Zezé di Camargo solta a voz na missa do pai