Notícias às 14:04

Zezé Di Camargo diz que está bem e revela: ‘Me assustei com a dor no peito’

Reprodução/Instagram

Depois da notícia que Zezé Di Camargo precisou ficar internado desde o final de semana, por conta de dores no peito, o próprio cantor foi até suas redes sociais para explicar o que realmente aconteceu e explicar aos fãs sobre seu estado de saúde.

“Eu faço meu check-up geral todo ano e domingo de manhã eu tive uma indisposição e uma dor no peito e assustei muito com a dor. Fui para o hospital fazer uns exames preliminares e acusei que tinha um probleminha, uma coisinha de errado, em uma veia coronária”, contou.

“Falei com o Dr Kalil, meu médico, ele me trouxe ao Sírio-Libanês correndo e imediatamente fiz um cateterismo para ver como estavam as veias que levam sangue ao meu coração. Não tem nada de stent, nada de errado, está tudo certinho”, continuou.

Zezé ainda contou que a internação foi mais uma precaução que qualquer outra coisa.

“Aí fiquei em observação, claro. Quando tem uma dor no peito suspeita, tem que averiguar até o último fio de cabelo. Mas ganhei alta, estou saindo agora para ir para casa, vida que segue, fiquem tranquilos. Com mais saúde do que antes”, disse o cantor, acalmando os fãs.

 

Graciele Lacerda também tranquiliza os fãs

Além de Zezé di Camargo, a noiva dele, Graciele Lacerda também fez questão de explicar aos seguidores tudo o que aconteceu.

"Está tudo bem, exames de rotina, não teve cirurgia, não teve stent. Não teve nada de grave. Aproveitou para ficar internado e fazer vários exames. Sentiu uma dorzinha no peito, mas, graças a Deus, não teve nada de grave", disse.

"A gente faz isso todo ano, faz alguns anos, inclusive, mas sem problema nenhum. Como saíram algumas notícias falando, a gente veio esclarecer que está tudo bem", finalizou Graciele.

 

O que é cateterismo?

O cateterismo cardíaco consiste na introdução de um cateter, um tubo fino e bem flexível, por uma artéria do braço ou da perna até o coração. Por meio do procedimento, é possível diagnosticar ou tratar doenças cardíacas.

Este tipo de procedimento pode ser indicado para o tratamento do infarto ou da angina, pois examina o interior dos vasos sanguíneos e do coração, sendo capaz de detectar e remover acúmulos de placas de gordura ou lesões nestas regiões.