Nos Tempos do Imperador às 18:00

Diretor da Globo é afastado após denúncias de racismo em novela

Guebo (Maicon Rodrigues) e Justina (Cinnara leal) juntos em Nos Tempos do Imperador
TV Globo/João Cotta

Após denúncias de racismo, Vinicius Coimbra, diretor artístico da novela “Nos Tempos do Imperador”, foi afastado temporariamente da TV Globo na tarde de quinta-feira, 15 de fevereiro, conforme revelou o site Notícias da TV. A acusação de racismo foi feita pelas atrizes Cinnara Leal, Dani Ornellas e Roberta Rodrigues.

Ainda, Ricardo Waddington (diretor de Entretenimento) quanto José Luiz Villamarim (diretor de Dramaturgia) foram avisados sobre as queixas das três atrizes e disseram a elas e seus representantes que tomariam providências. Após meses sem mudanças de comportamento, as artistas fizeram uma queixa formal ao setor de compliance da TV Globo.

De acordo com Cinnara, Dani e Roberta, Vinicius Coimbra, ao lado de sua equipe, teceu diversas falas preconceituosas, além de dividirem os artistas entre “elenco branco e elenco preto”, chegando inclusive a existir camarins separados.

Leticia Sabatella e Gabriela Medevedovski, respectivamente intérpretes das personagens Thereza e Pilar na trama, segundo a queixa, defenderam as três atrizes em algumas situações e, ao lado de Maicon Rodrigues, o Guebo, foram responsáveis por tentar resolver o impasse entre elas e Coimbra, pois o trio estava bastante insatisfeito com os bastidores.

Orientadas por um corpo jurídico, Cinnara, Dani e Roberta esperam o fim da investigação interna para decidirem se vão processar a emissora e Coimbra na Justiça comum. Além de estarem recebendo acompanhamento psicológico e psiquiátrico por conta da situação, que as deixou extremamente abaladas.

O QUE DISSERAM A GLOBO E VINICIUS COIMBRA?

Procurada pelo OFuxico, a equipe de comunicação da TV Globo afirmou que a emissora “não comenta questões relacionadas a compliance, em razão do compromisso de sigilo previsto em nosso Código de Ética”.

Já Vinicius Coimbra, procurado pelo Notícias da TV, afirmou por meio de sua assessoria, sem mencionar diretamente o assunto, que “o elenco da novela tem todo o meu respeito e admiração. Sou a favor do diálogo e acredito que todas as discussões sobre o tema são necessárias”.

Cinnara Leal, Dani Ornellas e Roberta Rodrigues também foram procuradas pelo Notícias da TV, mas não houve resposta até o momento. A publicação também revela que as três chegaram a citar na queixa o episódio em que a trama de “Nos Tempos do Imperador” falou de “racismo reverso” em cena envolvendo Samuel (Michel Gomes) e Pilar, que posteriormente gerou a contratação de consultores para uma revisão histórica no roteiro.

A cena causou um pedido de desculpas da autora Thereza Falcão, mas Vinicius Coimbra teria insistido que elas e outros atores negros defendessem a novela em entrevista e em redes sociais.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas sobre as principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!