Pantanal às 16:00

Isabel Teixeira revela nunca ter vivido com o pai e o irmão: “Novela nos uniu”

Isabel Teixeira revela nunca ter vivido com o pai e o irmão: "Novela nos uniu"
Reprodução/Instagram@chicoteixeiraoficial

Talvez pouco saibam, mas Isabel Teixeira, a intérprete de Maria Bruaca, teve familiares participando de “Pantanal”. Ela é filha do cantor e compositor Renato Teixeira e irmã do também músico Chico Teixeira. Na trama das nove, pai e filho fizeram uma participação como o peão Quim, na primeira e segunda fase da novela.

Leia+: Bruaca coloca Tenório na parede e pede decisão; ela ou Zuleica

Maria Bruaca (Isabel Teixeira) em Pantanal
Divulgação/Pantanal/TV Globo

Em conversa com o Glamurama, Isabel contou como foi a experiência em família. “Nós três viemos de caminhos muito diferentes. Eu fui criada pela minha mãe, claro que pelo meu pai também, mas não existia a popularização da guarda compartilhada na década de 70. Eu e o Chico crescemos separados, e não convivi muito com meu pai, mesmo sendo muito ligados. A minha mãe era atriz de teatro São Paulo, eu vivia com ela nas coxias e comecei a fazer teatro por causa dela, enquanto a realidade do meu pai era a música. Eu não fui para a música, e o Chico trilhou o caminho dele, era natural”, contou.

Nando Reis, Sebastião Reis, Renato Teixeira e Chico Teixeira em live de Dia dos Pais
Nando Reis, Sebastião Reis, Renato Teixeira e Chico Teixeira (Manuela Scarpa/Brazil News)

“Pra gente foi um encontro, ficamos muito surpresos, porque foi uma coincidência. Eu falava pouco com o Chico, meu pai está sempre viajando fazendo shows e com a novela trocamos muitas informações e falamos direto. Estou te dizendo algo muito sincero: a novela nos uniu. Não éramos uma família tradicional, eu nunca convivi com eles. O trabalho fez a gente perceber que, como família, ainda temos muito que viver juntos. E isso é muito bonito!”, revelou.

Destino final de Maria Bruaca pode dar o que falar!
Divulgação/TV Globo

Atriz de teatro, “Pantanal” é o segundo trabalho de Isabel na TV. Antes, ela havia trabalhado somente em “Amor de Mãe” (2019), como a médica Jane. “Não acho que a televisão demorou para me descobrir. Eu sou uma mulher de teatro, nunca fui atrás da televisão e acho que tudo tem sua hora e vez. Se tivesse começado antes, talvez eu não tivesse fazendo essa personagem e acho que a Maria Bruaca eu teria que fazer. É muito cultural a gente acreditar que tudo precisa acontecer cedo, se não já era. Para mim está acontecendo na hora que tem que acontecer. Esse aprendizado está sendo lindo, está na coerência da minha carreira e trajetória, estou aprendendo muita coisa. Eu trago uma experiência que vem do teatro, o outro traz uma experiência que vem da moda, tudo pode se encontrar no mesmo lugar”, explicou.

Alcides (Juliano Cazarré) e Maria Bruaca (Isabel Teixeira) em Pantanal
Alcides (Juliano Cazarré) e Maria Bruaca (Isabel Teixeira) em Pantanal – Foto: Divulgação/Pantanal/João Miguel Junior/TV Globo

À publicação, Isabel não deixou de falar sobre a construção de Bruaca e a reviravolta que a personagem vai vivendo ao longo da trama. Ela citou a atriz Ângela Leal, que vez a personagem na versão original da novela, Benedito Ruy Barbosa, autor da obra, e o atual escritor, Bruno Luperi, neto de Benedito.

“O meu norte sempre foi o texto. Ao contrário de “Amor de Mãe”, que é uma obra aberta, daquelas que vai sendo escrita e sendo gravada, em “Pantanal” já sabemos o que vai acontecer com a personagem. Eu considero que a Maria Bruaca já é um clássico no papel, que também foi escrita pelo Benedito Ruy Barbosa e pela Ângela Leal, e eu e o Bruno Luperi, escritor da nova versão, reconstruímos ela de alguma forma”, disse.

Pantanal: Bruaca tem virada na trama e será devoradora sexual de peões
Reprodução/TV Globo/SBT/TV Manchete

“Costumo dizer que é uma escrita coletiva, não só o papel, mas no figurino, composição visual, todo mundo escreve junto. Para eu compor isso, tem essa abertura para o outro, escuta e compreensão ao que veio antes. Sobre a personagem, há uma identificação não só das mulheres, mas de homens. Eu percebo uma vontade da mudança, e isso requer movimento. Tem um aprendizado que eu acho que é de todo mundo (meu pessoal, inclusive) que essa “virada de chave” não é de uma hora para outra”, avisou.

Pantanal: Maria Bruaca toma banho nua na frente de Alcides
Maria Bruaca vai tomar banho nua na frente de Alcides. Foto: TV Globo

Em outro trecho da entrevista, Isabel falou sobre o que ela espera que sua personagem inspire outras mulheres. “Que a gente não precisa de ninguém que venha de fora para mudar a gente. Não é o Alcides que vai salvar ela como o príncipe tirou a Branca de Neve do sono profundo. A princesa é outra agora. Não é ele que vai tirar ela dessa situação, pois também está passando por transformações. Ela não vai mudar de uma hora pra outra, é um aprendizado para mudar, e isso requer um autoconhecimento. Aprender pela queda requer tempo e perdão. Ela vai passar por isso. Vai errar muito, vai se debater um pouco até se acalmar e achar um centro”, contou.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas sobre as principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!