Novelas às 10:40

Por que Marjorie Estiano substituiu Drica Moraes em “Império”? Relembre!

Marjorie Estiano, como a personagem Cora, de Império

Foto: Divulgação TV Globo

“Império”, novela de Aguinaldo Silva, é a reprise na faixa das 21h, por conta da paralização nas gravações de novelas da Globo, devido à pandemia do novo coronavírus. Mas quem aí se lembra o motivo de Cora rejuvenescer muitos anos na trama?

Vamos lá, Quando foi ao ar, originalmente em 2014, a novela sofreu uma mudança drástica por conta da saída de Drica Moraes da trama. A atriz, inicialmente, ficaria fora da novela por uma semana, devido à uma crise de labirintite e depois uma faringite que lhe tirou a voz.

Mas a saúde de Drica ficou fragilizada por causa do tratamento contra a leucemia que enfrentou em 201o. A faringite então se agravou e tirou a atriz das cenas de “Império”. Daí, Marjorie Estiano, que havia interpretado a vilã na primeira fase da história, retornou ao papel.

Veja+: Campanha de doação de sangue marca a volta de série

MUDANÇA RADICAL

Aguinaldo Silva precisou agir rápido, pois Cora é uma das personagens principais da história. Na época, ele declarou ao Jornal Extra:

“Substituir Drica por outra atriz da mesma faixa de idade seria a opção menos imaginosa e eu nunca pensei nela. Se é para tomar uma atitude tão radical, tem que ser radical mesmo, pois ser radical em termos de ficção é a principal qualidade da novela.”

O autor contou que parou para pensar no que sua colega de profissão, a saudosa Janete Clair, faria, para então tomar sua decisão.

Veja+: Marjorie Estiano comenta sobre fake news

Pensei: ‘O que Janete Clair faria numa situação dessas?‘. E concluí que ela chamaria Cora jovem, ou seja, Marjorie Estiano, e não daria maiores explicações, porque estas se tornariam supérfluas com o decorrer da novela.”

José Alfredo encontra Cora, rejuvenescida, em “Império” (Foto: Reprodução TV Globo)

COMO FOI A CENA DE RETORNO?

O comendador José Alfredo armou um plano para desobrir onde Cora escondeu os pedaços do seu diamante cor de rosa: um encontro num hotel, onde Cora tinha a certeza de que perderia a virgindade com o cobiçado homem. No horário combinado, Cora chegou e esperou José Alfredo.

Quando chegou ao hotel, o Comendador teve a surpresa de ver Cora rejuvenescida, tal qual conheceu lá no passado, em santa tereza. Mesmo assustado, ele seguiu com seu plano: deu um “boa noite Cinderela” pra moça e assim que ela despencou, sonolenta, ele conseguiu fazê-la contar onde estão os diamantes.

Veja+: Drica Moraes homenageia sua assistente e emociona

SUSTO AO RETOMAR A PERSONAGEM

Em uma conversa virtual com a imprensa, Marjorie Estiano comentou o que sentiu ao receber a notícia sobre a volta para a novela.

Foi muito marcante voltar na reta final. No susto, em um momento revelador da personagem. Foi uma loucura, lembro da exaustão de pegar esse trem andando. Na época eu estava divulgando meu primeiro disco autoral e eis que recebo uma ligação de um dos diretores da novela querendo marcar uma reunião comigo. Caiu como uma bomba. Fiquei apavorada. Não acompanhava a novela, eu não sabia para onde a personagem estava indo”, contou.

Veja+: Relembre a história de Império, ganhadora do Emmy

Drica Moraes e Marjorie Estiano (Foto: Divulgação)

LADO A LADO COM DRICA MORAES

Marjorie Estiano conversou com o site oficial de “Império” e revelou que o trabalho para voltar à novela e deixar o personagem bem semelhante, foi em parceria com Drica Moraes.  

“Nós fizemos um trabalho juntas, já na sequência anterior, onde eu comecei com a Cora e, depois, ela assumiu. E agora a gente manteve. Esta unidade a gente buscou dentro deste trabalho que a gente fez, dos exercícios, que não era buscando gestual, não era copiando nenhum tipo de gesto, ou de comportamento, era dentro de uma linha de raciocínio que a gente criou para a personagem de um material mais subjetivo”, contou Marjorie.

Veja+: Drica Moraes troca selinho com atriz. Vem ver!

Drica, por sua vez, também ficou espantada co a mudança radical da personagem. Ao site da novela ela declarou recentemente:

“A princípio, foi uma solução que me causou espanto. O Brasil e eu não sabíamos se aquilo ia dar certo, nem a emissora, nem os diretores e nem o autor. Foi uma saída plausível. Fiquei triste por não poder acompanhar o fim da novela, pois foi um dos trabalhos que mais me trouxe realização, foi um grande personagem. Mas entendi que, naquele momento, era o que havia para ser feito.”

TRAJETÓRIA DE MARJORIE ESTIANO NA TV

Marjorie Estiano é a delicadeza na vida, com a força de um furacão em cena – seja no palco ou estúdio de TV.

Aos 39 anos, a atriz recebeu um precioso presente: a chance de reviver a doce Manuela na reprise especial de A Vida da Gente, que voltou ao ar no dia 01 de março deste ano, na faixa das 18h da Globo – no mesmo horário em que a trama de Lícia Manzo foi exibida há dez anos.

Artista multifacetada que representa as crias fictícias com maestria na teledramaturgia brasileira, nossa homenageada de hoje, encanta o público também com sua voz potente e marcante.

Senhoras e senhores, OFuxico resgatou no baú da televisão, personagens importantes na trajetória de Marjorie Estiano.   

Confira!

1.Natasha, Malhação (2004)

1.Natasha, Malhação (2004)

Natasha teve uma paixão não correspondida e ficou malvada! O cabelo curtinho vermelho e o look despojado de roqueira marcaram época. Ao lado de Gustavo e Catraca formaram o grupo musical Vagabanda.

2.Marina, Páginas da Vida (2006)

2.Marina, Páginas da Vida (2006)

Filha de Carmem e Bira. Bonita, voluntariosa, namoradeira e cobradora. Cobra do pai, da mãe, dos avós, dos namorados, dos amigos. Está sempre insatisfeita. Cursa faculdade de Comunicação e faz curso de teatro, porque sonha ser atriz. É muito assediada pelo primo Rafael, mas o faz sofrer com seu desprezo.

3.Maria Paula, Duas Caras (2007)

3.Maria Paula, Duas Caras (2007)

Filha única de Waldemar e Gabriela, ela perde os pais aos 18 anos, quando ainda é uma menina ingênua. Abalada, deixa-se seduzir pelo forasteiro Adalberto Rangel e se casa com ele. É roubada pelo marido. Da história dos dois, ficaram apenas as lembranças de momentos felizes, e o filho Renato, já que o nome e os documentos de seu amado eram falsos. Depois de muito desespero, Maria Paula é obrigada a tomar as rédeas da própria vida e resolve tentar a sorte em São Paulo com suas grandes amigas Jandira e Luciana. Torna-se uma mulher forte e batalhadora. Tempos depois, vai morar no Rio de Janeiro, onde reencontra Adalberto, agora com o nome de Marconi Ferraço, e faz o que pode para desmascará-lo.

4.Tônia, Caminho das Índias (2009)

4.Tônia, Caminho das Índias (2009)

Estudante de medicina e irmã de Murilo, começa a namorar Tarso, enfrentando as reclamações de Melissa, que não a considera – como a nenhuma outra mulher – à altura do filho. Tem grande importância no processo de tratamento do rapaz.

5.Manuela, A Vida da Gente (2011)

5.Manuela, A Vida da Gente (2011)

Filha de Eva e irmã mais velha de Ana, a jovem é uma jovem tímida e sensível. Um pequeno defeito físico faz com que Manuela manque. Rejeitada pela mãe desde pequena, cresceu à sombra da irmã talentosa, sua única amiga e confidente, tornando-se “invisível” em casa e na escola. Conta com o amparo de Maria, fiel empregada da família, que sempre estimulou seu talento para a culinária. Após o acidente que deixa a irmã em coma, assume a responsabilidade por Júlia e, tempos depois, inicia um romance com Rodrigo.

6.Cora, Império (2014)

6.Cora, Império (2014)

Inferniza a vida da irmã Eliane, dos sobrinhos e do Comendador José Alfredo, por quem permanece apaixonada até o fim da vida.

7.Mariana, Ligações Perigosas (2016)

7.Mariana, Ligações Perigosas (2016)

Mariana viu sua vida virar de cabeça para baixo com a chegada de Augusto. Os dois viveram uma breve e intensa paixão em Ligações Perigosas, mas que logo teve fim. Augusto ficou sem chão, e Mariana entrou em desespero. Sem motivos para ser feliz, o bon vivant se entregou completamente e acabou morrendo em um duelo marcado com Felipe. Ao saber da notícia, a devota não suportou a dor e desistiu de viver.

8.Beatriz, Justiça (2016)

8.Beatriz, Justiça (2016)

É casada com Maurício e primeira bailarina de um grupo de dança moderna. A dançarina é atropelada por Antenor na saída do teatro, fica tetraplégica e convence o marido a praticar eutanásia nela.

9.Carolina, Sob Pressão (2017)

9.Carolina, Sob Pressão (2017)

Carolina é a cirurgiã-vascular do hospital. Extremamente religiosa, e, sobretudo íntegra e humanitária, seu olhar oferece a conciliação entre religião e ciência – o que se converte em doçura e compreensão com os pacientes. Traz da infância os traumas do abuso que sofria do pai e do suicídio da mãe. Para lidar com esses fantasmas, ela passou a fazer cortes em seu próprio corpo, comportamento que repete como mecanismo de compensação também às frustrações que enfrenta no trabalho.