Opinião às 08:00

Ms. Marvel é a série mais completa de todo MCU. Entenda o motivo!

ms. marvel
Reprodução/Marvel

A mais nova série da Marvel, “Ms. Marvel”, chegou ao fim recentemente e fez história ao se consagrar como a produção mais bem avaliada do MCU. Mas qual o motivo que levou a produção a ser uma das melhores coisas que a empresa de super-heróis já fez até hoje? OFuxico te conta!

PODERES E ORIGEM

Nos quadrinhos, Kamala Khan recebe seus poderes após uma nuvem terrígena, liberada pelo Rei dos Inumanos, o Raio Negro, e fica presa em um casulo, até que se liberta horas depois e recebe a habilidade de alterar a massa do seu corpo, podendo se esticar e aumentar de tamanho.

Quando o primeiro trailer da série foi divulgado, os fãs ficaram possessos de raiva ao descobrirem que o poder de Kamala agora seria projeção de energia, além de se originar de um bracelete mágico, e não de uma névoa.

Porém, a Marvel conseguiu surpreender todos e acabou agradando a maioria dos fãs com a finalização da série. As habilidades de Kamala foram muito bem desenvolvidas e a equipe por trás do projeto conseguiu adaptar golpes e ataques clássicos da personagem dos quadrinhos para as telas, como o “Gigantano”, em que Kamala multiplica o tamanho de seu corpo inteiro e se torna muito mais poderosa.

Como os Inumanos ainda não foram apresentados no MCU, a Marvel teve que mudar a história de origem de Kamala e fez um ótimo trabalho ao trazer uma linda e intensa história familiar para justificar.

VILÕES

Diferente de muitas produções da Marvel, a série de Kamala Khan não se baseou apenas em um conflito direto entre um protagonista e um antagonista. O roteiro conseguiu fazer com que a história da série fosse sobre o desenvolvimento de Kamala como pessoa, enquanto ao fundo temos algumas ameças que ela precisa enfrentar.

Outro ponto muito positivo foi a utilização da fórmula de “parceiros para inimigos” ao se tratar dos Djinn, que de primeira receberam Kamala como uma verdadeira família, mas aos poucos fomos descobrindo a real motivação do grupo, o que faz com que a história tomasse um rumo completamente diferente do esperado.

E ao mesmo tempo que temos uma ameaça sobrenatural, Ms. Marvel ainda tem que lidar com o Departamento de Controle de Danos, que a considera uma ameaça e começa uma verdadeira caça a bruxa por toda Nova Jersey. É engraçado ver uma heroína recém chegada tendo que lidar com uma organização que tecnicamente ‘está do mesmo lado que ela mas não sabe ainda’.

vilãs de Ms.Marvel
Reprodução/Marvel

A PRODUÇÃO MAIS RECHEADA DE CULTURA DE TODA A MARVEL

Até o fim da fase 3 da Marvel, outras culturas, países e continentes não foram tão explorados, ou quando eram, o resultado não era dos melhores. Porém, com Shang-Chi, Eternos, Cavaleiro da Lua e principalmente Ms. Marvel, a empresa conseguiu dar a volta por cima.

Em Ms. Marvel, o diretor fez questão de gravar cenas e mais cenas simplesmente mostrando como a cultura mulçumana e paquistanesa vive diariamente, sem muito ‘auê’ em cima disso. A série consegue acertar na naturalização de uma nova cultura para um público que é conhecido por ser cabeça fechada.

A série ainda se arriscou e esqueceu todo o plot principal para contar, em alguns bons minutos, a história de origem de Aisha, sua bisavó, e como tudo estava conectado desde o início. Desde os figurinos, até o lindo caso de amor contado, os minutos ‘perdidos’ valem muito apena de serem apreciados.

Quando Kamala volta no tempo para a época da crise no Paquistão, que inclusive foi muito bem representada, e descobre que a pessoa que salvou a vida de sua avó foi ela mesmo, é impossível não encher os olhos de lágrimas.

Para quem falava que a produção acabaria se tornando um ‘Original Nickelodeon’, com medo de a história ser infantil, acabou caindo do cavalo, já que mesmo com uma protagonista no auge da adolescência, Ms. Marvel entrega uma das histórias mais maduras de todo MCU.

Acredito que também nenhum filme ou série se aprofundou tanto na relação familiar como Ms. Marvel. O retrato cru e direto de uma família é reconfortante de assistir, pois vemos desde uma mãe admitindo seus erros e aprendendo a entender a filha, até a filha que precisou engolir o orgulho e amadurecer muito para confiar e amar 100% sua base familiar.

MUTANTES?

E nos minutos finais, quando tudo eram flores e borboletas, a série conseguiu ter a sua cereja o bolo ao revelar que Kamala Khan é a primeira mutante oficial do MCU.

Faz anos que os fãs imploram pela introdução de um dos grupos mais famosos da história, os X-Men, e, depois de mais de uma década, a Marvel conseguiu encaixar esse ponto sem parecer forçado e deu o primeiro passo para um projeto que promete ser um dos maiores de toda a história da indústria.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!