Polêmica às 14:45

Amber Heard encontrou James Franco um dia antes de pedir divórcio de Depp

fotomontagem de selfie de amber heard e foto de james franco com cmaisa social rosa
Reprodução/Instagram @amberheard e @officialjamesfrancoo/Montagem

O julgamento entre Johnny Depp e Amber Heard continua a todo vapor nos EUA, e o depoimento mais recente da atriz de “Aquaman” vem dando muito o que falar, contendo informações importantíssimas a respeito da relação entre os dois artistas.

Em dado momento, durante uma abatina feita pela advogada de Depp, Camille Vasquez, Amber recebeu diversas perguntas a respeito da ordem de restrição temporária que ela pediu em 2016, que a atriz afirmou estar na época “desmoronando” e com dificuldades para dormir.

Foi então que a profissional quis saber se Heard “se sentiu confortável com James Franco na noite de 22 de maio de 2016”. Vale lembrar que o ator de “127 Horas” teria sido o suposto pivô de algumas brigas e agressões entre o casal.

Leia+: Amber Heard temia não sobreviver ao continuar casada com Johnny Depp

A intérprete de Mera então respondeu: “Não sei quando James Veio”. Camille então reproduziu algumas imagens feitas pelas câmeras de segurança do elevador do local em que Amber Heard morava, mostrando-a com Franco se encontrando.

O registro confirma data mencionada de 22 de maio de 2016, acrescentando o horário de 23h. O impacto da data? Ser um dia antes de Amber Heard pedir o divórcio contra Johnny Depp.

Após as imagens serem exibidas, a atriz confirmou: “É onde eu morava, sim”, além de garantir que ela é uma amiga íntima de James Franco, com quem atuou junto em dois filmes.

SUPOSTO MURRO NO MAXIMILAR POR CIÚMES DE JAMES FRANCO

Foi na segunda-feira, 16 de maio, que Amber Heard voltou ao tribunal em Fairfax, na Virgínia, Estados Unidos, para dar continuidade em seu depoimento contra o ex-marido, o ator Johnny Depp. A atriz afirmou às autoridades que os episódios de violência eram constantes. “Infelizmente, a violência se tornou quase normal, especialmente mais para o fim”, afirmou a atriz de 36 anos à corte.

Amber Heard surpreendeu ao revelar que ela e o ex-marido voltaram a se apaixonar de novo após a briga de 2015, ano em que Depp perdeu a ponta de seu dedo durante uma briga com a atriz. Ela contou que naquele ano, o ex-marido havia deixado as drogas de escanteio e o casal voltava a viver na Austrália. “Nós estávamos falando sobre o futuro”, contou ela.

Leia+: Amber Heard afirma ter tido cenas cortadas da continuação de ‘Aquaman’

 No tribunal, a atriz ainda testemunhou xingamentos de Johnny Depp quando ela considerou em contracenar na televisão com James Franco. Amber Heard disse que o ex-marido era contra que ela filmasse cenas de sexo ou aparecesse nua na tela. “Ele me chamava de mentirosa, de pu..”, revelou.

A ex-mulher de Depp afirmou que o ex-marido não ficou nada feliz quando ela participou do filme “London Fiels” (Romance Fatal), pois tinha ouvido falar que o trabalho envolveria uma cena de sexo. Ao assistirem juntos uma prévia do longa, no momento em que Depp viu a cena feita por uma dublê de corpo da atriz, ele teria dado um tapa no rosto de Amber e um murro em seu no maxilar.

“Eu voei sobre os móveis”, declarou a atriz. Ela ainda revelou que durante as brigas, o ator cortava a própria pele até sangrar, se queimava com cigarros acessos, quando não tentava a queimar.

fotomontagem de johnny depp e amber heard durante julgamento
Amber Heard relatou ter sido agredida por Johnny Depp por conta de ciúmes de James Franco (Foto: Reprodução/Youtube)

Siga OFuxico no Google News e receba alertas sobre as principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!