Polêmica às 16:18

Batoré pede fechamento do Congresso

Batore de camisa azul no the noite

Divulgação/SBT

Que bafão! Circula nas redes sociais um vídeo em que o humorista Ivanildo Gomes Nogueira, mais conhecido pelo personagem Batoré, aparece pedindo que o presidente Jair Bolsonaro feche o STF (Supremo Tribunal Federal), a Câmara dos Deputados e Senado Federal.

“Vocês deveriam ter consciência de que esse país não é de vocês. Se nós mudamos a presidência, é porque a gente viu que tinham muitos bandidos e que precisavam de um militar. Mas, depois de tudo isso, nós temos a consciência de que militar não faltava só na cadeira do presidente, falta no STF, na Câmara dos Deputados e no Senado. O desejo de todos os brasileiros é que o presidente feche as portas dessas três casas, porque não tem trazido benefício nenhum para o nosso país”, afirma Batoré, em vídeo gravado em 2019.

Ele completa: “O STF fica só soltando bandido, parece ‘lacto purga’, toda merd* que está presa, solta. Vocês deveriam ter vergonha na cara, deveriam pensar como pais de família, como avós”.

Recentemente, quem se envolveu em um escândalo foi Sérgio Reis, que teve um áudio vazado na internet em que convocava uma greve nacional de caminhoneiros contra os 11 ministros do STF (Supremo Tribunal Federal).

SÉRGIO REIS SE DEFENDE: “EU NÃO SOU BANDIDO”

Sérgio Reis, um dos artistas mais populares do Brasil, ficou no olho do furacão depois do vazamento de declarações polêmicas em áudio e vídeo. Roberto Cabrini entrevistou o cantor sobre a repercussão do caso na casa em que ele vive, na região metropolitana de São Paulo. Foram duas conversas, a primeira na quarta-feira, quando o artista admitiu já esperar uma reação do Supremo Tribunal Federal; e outra nesta sexta-feira, 20 de agosto, em que ele comentou a ação de busca e apreensão da Polícia Federal, realizada na sua residência.

Na  primeira conversa com Cabrini, Sérgio Reis mostrou-se preparado para responder à Justiça sobre seus atos. “Eu errei, quero pedir desculpas, até ao Supremo”, afirma. O cantor também se defendeu dos ataques que tem sofrido: “Eu sou uma pessoa que só pensa bem dos outros. E agora estão querendo acabar comigo como se eu fosse bandido. Eu não sou bandido.”

Sérgio Reis também comentou que ficou espantado com a repercussão que o assunto tomou. “Falei bobagem. Pensei que não teria essa repercussão, que não ia vazar isso aí…”, explica. E fala do vazamento: “Porque o amigo da onça, conhece? Hoje em dia, ninguém mais é sigiloso. Você fala qualquer coisa, já saiu na internet, já sai pra lá e vaza, vai para grupos e tudo mais”.  

PRINCIPAIS NOTÍCIAS:

Ex-cunhada de Simaria desabafa sobre separação: ‘Não podemos impedir’

Sérgio Reis se irrita e quase para entrevista, após pergunta sobre áudio vazado

Maria Maya assume novo amor, após separação de Larissa Ayres

Internada há 2 meses, viúva de Chico Anysio toma o primeiro banho de chuveiro e comemora

OnlyFans: Vanessa Mesquita, campeã do BBB, abre conta na rede