Polêmica às 03:20

Brad Pitt está em pé de guerra com Angelina Jolie por atitude da atriz

Brad Pitt, Angelina Jolie
Foto: Reprodução/YouTube

Angelina Jolie e Brad Pitt continuam em pé de guerra por conta da disputa do Château Miraval, os vinhedos que ambos possuem na França, e onde se casaram em 2014. Segundo o jornal New York Post, os problemas em torno a essa propriedade continuam. Em julho de 2021, Jolie acusou o ex-marido de bloquear a venda do Château Miraval.

Apesar de ambos terem feito o acordo para manter essa propriedade, mesmo quando não estavam mais juntos, aparentemente a atriz quebrou o pacto, pois de acordo com os documentos legais fornecidos por Pitt, a atriz vendeu o papel que correspondia ao ator, razão pela qual ele entrou com uma ação judicial contra ela.

Segundo a coluna Page Six do diário, a fração que foi vendida sem aviso prévio está agora em nome do empresário russo Yuri Shefler, além disso, também é mencionado que “Jolie consumou a suposta venda sem o conhecimento de Pitt, negando ao ator o direito de consentimento e o direito de preferência sobre seus negócios”, indica.

Veja+: Brad Pitt separa briga de atores

“Ela vendeu sua participação com o conhecimento e a intenção de que Shefler e seus afiliados iriam querer controlar o negócio em que Pitt estava envolvido e minar o investimento de Pitt na Miraval”, conclui o texto.

Fontes comentam que o ator não se conforma com a atitude da ex, de vender sua parte sem conversar com ele antes.

Brad Pitt transformou este vinhedo em um negócio milionário, sendo um dos principais produtores de vinho rosé do mundo e, embora a propriedade estivesse em nome dos dois, Pitt mencionou que colocou muito mais trabalho e fundos do que Jolie para torná-lo lucrativo.

Agora toda a situação será resolvida nos tribunais.

OUTRO PROCESSO

Brad Pitt é novamente alvo de críticas por ter, supostamente, quebrado suas promessas com as vítimas do furacão Katrina que prometeu ajudar. Em uma nova entrevista comovente, um advogado das vítimas, que compraram casas defeituosas elogiadas por Pitt, diz que ‘eles acreditaram’ no ator:

“Eles acreditaram no sonho que ele os vendeu. Infelizmente, o que eles conseguiram é um monte de promessas quebradas, vivendo em casas podres que deveriam ser demolidas e reconstruídas”, afirmou.

Em 2006, Brad Pitt e sua fundação “Make It Right Foundation” começaram a construir casas a preços acessíveis para os moradores de Lower Ninth Ward, em Nova Orleans, que perderam tudo no ano anterior no furacão Katrina.

Veja+: Brad Pitt sofre com um transtorno

Mas as casas experimentais e ecologicamente corretas acabaram sendo defeituosas, deixando os moradores com casas infestadas de mofo.

O advogado Ron Austin entrou com uma ação em nome dos moradores em 2018 e eles ainda estão buscando respostas de Pitt e sua organização, segundo indicou a coluna PageSix, do jornal New York Post.

Pitt ajudou a arrecadar milhões de dólares para construir as casas que eles venderam por cerca de US$ 150.000 cada.

Em 2018 uma fonte contou que Pitt desembolsou milhões de seu próprio bolso para ajudar a consertar as casas, que não foram construídas para resistir ao clima tropical de Nova Orleans, de acordo com o processo.

“Algumas casas não tinham coisas como tinta à prova d’água ou calhas de chuva. Algumas tinham telhados planos ou não eram tão bem isoladas que, uma vez que a umidade entrava, não saía (…) Infelizmente, não temos para onde correr, porque Brad Pitt e a fundação fecharam seus escritórios”, revelou Austin.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!