Polêmica às 10:41

Com a prisão decretada, André Gonçalves não aceita dinheiro da mulher, Dani Winits

André Gonçalves de cara série, cabelos soltos e barba por fazer

Maurício Val/Divulgação

Segue tensa a situação de André Gonçalves, em relação à prisão domiciliar decretada, por conta de falta de pagamento de pensão alimentícia da filha Valentina (18), fruto do antigo relacionamento do ator com Cynthia Benini. André teve a oferta de ajuda da atual esposa, Danielle Winits para quitar suas dívidas, mas não aceitou. Ao jornal O Globo, o ator explicou o motivo.

“A Dani já se colocou à disposição várias vezes para me ajudar, mas eu não aceito. Não aceito porque não é justo e porque isso não vai parar. Tenho uma porrada de amigos com dinheiro e não quis pedir para ninguém, alguns amigos quiseram fazer uma vaquinha, não quis”, contou.

André falou sobre uma das conversas que teve com a mulher:

“A primeira coisa que eu fiz foi dizer: ‘Dani isso é um problema muito sério, que é meu. Jamais você vai mexer em R$ 1 para me ajudar, não aceito.” 

Valentina, a filha e Dani Winits sempre conviveram de maneira harmoniosa, segundo André, que ainda acha que tal processo possa ter um “quê” de perseguição.

Talvez essa perseguição seja, sim, por conta da situação e da história da Dani, ela é uma estrela. Mas eu espero que não, não é o que eu acho. Claro que já passou pela minha cabeça. Até porque existia relação, afeto, amor, cuidado, as férias eram com a gente. Os aniversários, às vezes, com a gente.”

Veja +: Danielle Winits sai em defesa de André Gonçalves e pede empatia

OUTRO PEDIDO DE PRISÃO E FIM DA CARREIRA

Depois de ter a a prisão domiciliar decretada pela Justiça de Santa Catarina por não pagar a pensão alimentícia da filha Valentina, de 18 anos, fruto do relacionamento com a jornalista e atriz Cynthia Benini, o ator André Gonçalves se tornou alvo de um novo pedido de prisão pelo mesmo motivo. Desta vez, contudo, é a filha mais velha do artista, Manuela, de 23 anos, que assumiu o processo que a mãe dela, a atriz Tereza Seiblitz, movia contra o ex na Justiça do Rio por alimentos atrasados.  O processo tramita na 4ª Vara de Família da capital e espera a decisão do juiz.

O valor mensal estipulado para a pensão de Manuela é de R$ 6 mil e ela não aceitou o pagamento atrasado do acordo de R$ 20 mil oferecido pelo pai, no último mês de outubro. Agora, a moça pede a reclusão de André por uma dívida de R$ 109 mil.

A decisão de prisão domiciliar e uso de tornozeleira eletrônica já proferida pela Justiça de Santa Catarina se deu, segundo o ator, por uma dívida de R$ 13,5 mil cobrada em novo processo aberto por Valentina, referente a três meses de atraso na pensão de R$ 4,5 mil a que teria direito. Além desta, há uma outra ação movida por Cynthia em São Paulo que cobra mais R$ 350 mil por falta de pagamentos anteriores à filha do ex-casal, mas que ainda está em negociação.

Sylvio Guerra, advogado de André, contou à OFuxico que o único bem do ator, uma moto scooter avaliada em R$ 11 mil, está penhorado pela Justiça. 

FIM DE CARREIRA

André aguarda a qualquer momento a visita do oficial de Justiça que irá notificá-lo da prisão e levar a tornozeleira eletrônica que será obrigado a usar por no mínimo 60 dias. O ator vive com a mulher, a atriz Danielle Winits, no bairro do Joá, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. E tomou uma decisão definitiva, diante do que considera ua situação “devastadora demais”. 

“Eu decidi parar, vou parar e encerrar a carreira.  Eu não sei o que vai acontecer, sabe? Eu não vou suportar ser preso. Encerrando eu dou um novo passo na minha vida. Eu posso construir uma nova história. Não aguento mais tanta pressão por dinheiro. Eu venho com isso há cinco anos. Achando que todo dia vai ter um oficial de Justiça na minha porta, me acordando às 5h da manhã, de sobressalto. Há cinco anos eu vivo isso”, disse André, aos prantos, em entrevista ao jornal O Globo.

O ator criticou a rigidez da lei que prevê prisão para quem não tem condições de pagar pensão alimentícia no Brasil: “É cruel essa lei (pensão alimentícia) determinar a prisão em cárcere privado porque ela não resolve. Eu não tenho R$ 350 mil e nem R$ 110 mil. Eu vou preso. Então eu acho desproporcional porque como sou um trabalhador autônomo não posso pagar R$ 6 mil para um e R$ 4,5 mil para outro. Me sinto no paredão de fuzilamento”, disse André.

Veja +: André Gonçalves quer recorrer da decisão da prisão domiciliar

O artista de 46 anos, natural de Natal, no Rio Grande do Norte, enfatizou que sempre foi um bom pai, nunca falou amor, e ressaltou que fez de tudo para resolver as questões pacificamente.

“Não sou uma pessoa má. Nunca fui com eles. Um filho fazer isso com um pai? O meu advogado (Sylvio Guerra) sabe o tamanho do meu desespero, do meu sofrimento, porque principalmente se trata de pessoas que eu tenho afeto, que eu tenho amor, que eu convivo há 20 anos, então nos últimos cinco anos que eu me sinto um foragido, achando que a qualquer momento eu serei preso, sem o direito de defesa. A gente entrou na Justiça, tentou a revisão, tentou acordo com as mães, e não foi aceito”.

“Que fossem R$ 2 milhões…se você negocia com outras pessoas, com a escola quando você atrasa, ou com alguém que você tem uma dívida, por que não faz com o teu pai? Eu ajudei a botar no mundo. E eles vão entender quando estiverem mais velhos que não sou eu que devo para eles”, lamentou.

PRINCIPAIS NOTÍCIAS
A Fazenda 13: Aline tasca beijão em Sthe e diz deixa Marina na mira
Saiba qual será a atração internacional na próxima ‘Farofa da GKay’
Lívia Andrade reencontra Silvio Santos e manda recado

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!