Polêmica às 13:47

Dayane Mello surge na web e defende Nego do Borel de acusações

Monstagem Dayane Mello e Nego do Borel

Reprodução/ Record

Dayane Mello saiu em defesa de Nego do Borel em suas redes sociais, afirmando que ele não a abusou sexualmente, durante o confinamento de “A Fazenda 13”, da Record TV. A modelo postou um pronunciamento escrito e depois tentou se explicar nos stories. Ela disse que não será porta voz de algo que não aconteceu.

“Sei que muita gente pode não entender meu posicionamento, mas o que mais me machuca é dar culpa a uma pessoa que não me abusou e não me estuprou sexualmente, não aconteceu nada”, começou ela na explicação.

“Por mais que todas as mulheres queiram que eu seja a porta voz de um estupro, eu não vou ser. Eu não vou fazer uma pessoa passar por um estuprador porque ele não me estuprou. Então Que isso fique muito claro, e eu agora, hoje, tô muito em paz, por que eu não sou capaz de levar essa responsabilidade sabendo o que aconteceu aquela noite.”

Dayane então pediu que as pessoas consigam a entender seu posicionamento e o que ela está sentindo.” Muitas mulheres se sentiram tocados com esse assunto, mas eu não posso fazer uma pessoa passar por um estuprador e que ele me abusou sexualmente, porque ele não fez”, afirmou.

Para quem não se lembra, o cantor foi expulso da Fazenda após acusações de que teria abusado a peoa. Após uma festa, os dois se deitaram na cama e debaixo do edredom se via uma movimentação, com a modelo claramente bêbada. A situação viralizou na web, e o funkeiro foi expulso do programa.

Ao que tudo indica Day e Borel estão bem próximos. Segundo Fábia Oliveira, do Em Off, os dois teriam “ficado juntos” uma noite em um hotel de São Paulo, recentemente. Os ex- participantes têm trocado mensagens desde que a modelo foi eliminada, mas o encontro só aconteceu pouco antes da modelo pegar o avião rumo à Itália.

Confira o pronunciamento:

APÓS EXPULSÃO, NEGO ALFINETOU O BISPO EDIR MACEDO

Para quem não se recorda, a expulsão de Nego do Borel de “A Fazenda 13”deu muito o que falar, com o funkeiro tecendo diversas críticas ao ocorrido e a decisão da Record TV em tirá-lo do reality show. Na época, por meio das redes sociais, o astro dessa vez atacou o dono da emissora, Edir Macedo, mas sem citar nomes, apenas falando do cargo religioso de “bispo”.

“Não tô conseguindo dormir, não. Tô sofrendo pra c*ralho por dentro, tô f*dido por dentro. Fui expulso de uma das maiores redes de televisão nacional como estuprador”, disse ele, bastante sentido.

“Me dediquei, tirei meu tempo, fiquei em quarentena lá, 14 dias. Vários dias sem telefone. Fui tirado como um cachorro”, afirmou.

“Isso porque o bispo, que é dono, respeito claro, dono da igreja. Será que ele não viu isso tudo? Um patrocínio hoje é mais importante que uma vida, que um ser humano”.

PRINCIPAIS NOTÍCIAS
Libido, masturbação… o que a personagem de Rebeca vem nos dizer sobre os 50 anos
Tem famoso que não comemora o Natal. Vem ver quem é!
Cegonha fez a festa! Relembre famosas que se tornaram mamães em 2021