Polêmica às 12:22

‘Estou Feliz que Minha Mãe morreu’: Livro de ex-ICarly causa polêmica

Jennette Mccurdy, Atriz de "ICarly"
(Reprodução/Instagram)

Jennete Mccurdy, a Sam de “ICarly”, está para lançar um livro super polêmico, em 9 de agosto.  Ele se chamará “Estou Feliz que Minha Mãe Morreu” (“I’m Glad My Mom Died”), e ele é uma biografia da atriz, que contará sobre seus abusos na indústria, incluindo os que sua mãe Debra Mccurdy, morta em 2013,cometeu contra ela, daí o nome polêmico.

A ex-atriz da Nickelodeon já tinha comentado diversas vezes que não se sente a vontade nos holofotes, e a pressão que veio para ela permanecer sob eles veio diretamente da mãe. Em entrevistas ao Entertainment Weekly, para a divulgação, Jenette contou mais sobre a relação tóxica que mantinha com a mãe.

“Minha mãe sempre sonhou em ser uma atriz famosa e ficou obcecada em me fazer uma estrela. Senti que meu trabalho era manter a paz. E eu queria fazer minha mãe feliz.”

A atriz comentou que sua carreira começou aos 6 anos, por incentivo da mãe, que tinha o desejo de ser atriz, mas, foi desencorajada pelos pais. Mesmo não gostando da profissão, ela seguiu pela enorme pressão de Debra, conhecida como Debbie. Na entrevista, ela detalhou um momento de descontrole e falta de diálogo:

“Estamos a caminho de casa, em trânsito intenso. 1Eu não quero mais atuar’, eu digo antes mesmo de perceber que disse isso. Mamãe me olha pelo espelho retrovisor. Uma mistura de choque e decepção enche seus olhos. Eu imediatamente me arrependo de ter dito qualquer coisa.”

Debra Mccurdy então reagiu de uma forma bastante negativa e violenta, batendo no volante:

“’Não seja boba, você adora atuar. É a sua coisa favorita no mundo’, mamãe diz de uma forma que faz parecer uma ameaça. ‘Você não pode desistir!” ‘Esta era a nossa chance! Essa foi a nossa chance. Ela bate no volante, acidentalmente batendo na buzina. O rímel escorre por suas bochechas. Ela está histérica, como eu estava na audição para ‘Divisão de Homicídios’ (filme de 2003). Sua histeria me assusta.”

Em entrevista à People, em Outubro, Jennete já havia alertado que iria expor os detalhes de sua relação delicada e terrível com a mãe, que morreu em decorrência de um câncer:

“Eu sei que se minha mãe estivesse viva, eu ainda teria um distúrbio alimentar. Minhas primeiras memórias da infância são pesadas, [são] de caos. As emoções da minha mãe eram tão imprevisíveis que, para mim, era como andar na corda bamba todos os dias. As alterações de humor eram diárias”

Seus papéis mais memoráveis foram a de Sam Puckett em “ICarly”, entre 2007 e 2012, contracenando com Miranda Cosgrove. Em 2013, contracenou com Ariana Grande em um spin off chamado “Sam e Cat”, onde a cantora interpretou Cat Valentine de “Brilhante Vitória”.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!