Polêmica às 14:50

Ex-agente de Johnny Depp diz que sua carreira declinou por ‘mal comportamento’

johnny depp como jack sparrow em piratas do caribe
Reprodução/Instagram @elclubdelosgeek

Com a continuidade do julgamento entre Johnny Depp e Amber Heard, as testemunhas de defesa da atriz estão sendo chamadas para depor a seu favor no processo movido pelo ator contra ela, acusando-a de acabar com sua carreira após publicar um texto no The Washington Post falando de ter sido vítima de violência doméstica.

Entre tais testemunhas, uma de grande destaque foi Tracey Jacobs, ex-agente de Depp, que segundo ela, foi “a maior estrela do mundo” durante as três décadas que ela cuidou de sua carreira, e segundo ela, a queda da carreira foi exclusivamente culpa do ator.

Por meio de um vídeo exibido no tribunal, em que a agente aparece ai lado de uma produtora da Disney, foram atitudes de Johnny nos bastidores que o levaram a ficar mal visto em Hollywood, como atrasos contínuos e a desconfiança de que o astro poderia ficar sóbrio para trabalhar.

Leia+: Amber Heard se irrita com pergunta sobre o filme ‘Aquaman’, em tribunal

“No início, as equipes amavam ele”, garantiu ela. “As equipes de produção não gostam de esperar horas e horas e horas para a estrela aparecer”, explicou.

Com o tempo, se tornou evidente que tinha problemas com o álcool e as drogas. Isso se traduzia em um comportamento mais errático. É uma comunidade pequena e isso deixou as pessoas relutantes em procurá-lo”.

Comportamento de Johnny Depp em filmagens teriam o deixado mal visto (Foto: Reprodução/Instagram @disneypirates)

GASTOS E DEMISSÃO

Josh Mandel, outro ex-agente do ator, relatou que Johnny Depp procurou a agência para pedir U$ 20 milhões emprestado em janeiro de 2016, e mesmo relutantes, teriam conseguido ajudá-lo a obter um empréstimo no Bank of America.

Ainda, ele estaria gastando US$ 300 mil por mês em funcionários em tempo integral e outros US$ 100 mil por mês em um médico e enfermeiras para garantir sua sobriedade. Conversas para diminuição de gastos teriam acontecido, mas sem sucesso.

Leia+: Chris Rock faz piada sobre julgamento de Amber Heard e Johnny Depp

Tanto Mendel quanto Jacobs foram demitidos em 2016. O primeiro chegou a processá-lo, mas chegaram a um acordo em 2018. Sobre os motivos da demissão, Tracey apontou: “Realmente não sei. Tudo o que sei é que rompeu com praticamente todos que estavam na sua vida”.

Ex-agentes de Johnny Depp depuseram contra ele no tribunal (Foto: Reprodução/YouTube)

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!