Polêmica às 20:00

Ex-funcionária de Shakira detona cantora e causa mal-estar

Shakira

Foto: Reprodução/Instagram/@Shakira

Uma mulher chamada Cristina Cárdenas, que trabalhou com Shakira, como coordenadora de figuração, revelou em um programa de televisão na Espanha, segundo o jornalista e apresentador espanhol Javier de Hoyos, de “América TV”, no YouTube, que a cantora é uma pessoa muito difícil de lidar. A mulher assegura que a artista colombiana está longe de ser a mulher amorosa e empática que parece ser nas mídias sociais, e afirmou que ela não é uma ‘pessoa humilde’.

Leia+: Shakira não quer ser uma mulher casada

Shakira sempre foi considerada uma estrela internacional, que ficou longe de escândalos e controvérsias em sua vida pessoal e profissional.

No entanto Cristina Cárdenas alegou que durante seu tempo trabalhando com ela, conseguiu ver a outra cara da cantora.

“Shakira não é uma pessoa tão humilde e boa quanto ela quer fazer parecer. Você não pode olhar Shakira nos olhos, você não pode tirar fotos dela, você não pode falar com ela, você não pode se dirigir a ela, é proibido. Ela é mandona! Um spot de Shakira, que poderia durar quatro horas, acaba demorando cerca de 17”, declarou a mulher, acrescentando que ela é muito exigente com tudo e com todos e uma pessoa nada humilde.

Leia+: Shakira apresenta obras de criptoarte

Da mesma forma, Cristina afirmou que não apenas trata seus funcionários dessa forma, mas que seu comportamento não é adequado com diretores ou produtores.

“Ela desespera diretores, produtores, todos. E se tem uma mulher que se destaca mais do que ela, ela a chuta para fora das filmagens, por isso é impossível trabalhar ao lado dela, ninguém quer filmar com ela”, comentou.

O apresentador confirmou esse comportamento e disse que ela sempre tratou mal a imprensa também.

“Ela não nos trata muito bem e marca muito as distâncias. Costuma ser bastante tensa com a imprensa, ainda recentemente vimos que a Shakira e o Piqué molharam um jornalista com a água do para-brisas”, revelou Javier.

Leia+: Shakira é criticada por perder sotaque colombiano

Essas revelações deixaram alguns seguidores da cantora aborrecidos:

“Que triste, eu não sabia que ele era uma pessoa tão ruim”, “O que alguém pensa para que outro não possa olhá-lo nos olhos?”, “A fama causa muito dano, definitivamente”. Foram alguns dos comentários.

EMPRESAS EM PARAÍSO FISCAL?

Esta semana, Shakira teve seu nome envolvido na investigação batizada de Pandora’s Papers, baseada em 11,9 milhões de arquivos de 14 companhias que criaram empresas em paraísos fiscais com o objetivo de evadir impostos.

E algumas dessas empresas, abertas nas Ilhas Virgens Britânicas, no Caribe, pertencem à cantora colombiana.

Leia+: Shakira faz dancinha com os filhos no TikTok

Através de um comunicado ao jornal espanhol El País, Shakira e seus advogados admitiram que sim, ela tinha empresas nas Ilhas Virgens, porém asseguram que tudo era ‘totalmente transparente’, estavam declaradas e que as empresas já estão em processo de liquidação.

Segundo a artista, as empresas não foram constituídas em 2019 e sim, entre 2001 e 2009, estavam completamente legais e foram abertas ‘muito antes’ dela ir morar na Espanha, onde hoje reside com o companheiro Gerard Piqué e os dois filhos.

Veja+: Shakira arrasa no português

Os advogados da intérprete garantem que as companhias foram, em seu momento, ‘devidamente declaradas’ às autoridades fiscais espanholas, e que não há nada de ilegal nisso.

Apesar de seus esclarecimentos, Shakira, que aguarda julgamento por suposta fraude à Fazenda, de 14,5 milhões de euros – já pagos – continua sob a lupa das autoridades.

Veja+: Shakira revela pior look do passado