Polêmica às 15:50

Klara Castanho: Fãs querem que Leo Dias e Fontenelle sejam banidos

leo dias e antonia fontenelle passeando no shopping
Edson Aipim/AgNews

O último final de semana teve a revelação de que Klara Castanho havia sido estuprada e doado a criança na qual deu à luz para a adoção de forma legal, conforme a própria artista revelou em carta aberta publicada nas redes sociais.

Porém, o fato só acabou vindo a público após Leo Dias e Antonia Fontenelle, que tiveram acesso ao caso secretamente, comentaram sobre o ocorrido, e mesmo sem mencionar o nome da atriz, opinaram sobre a decisão dela de doar o bebê.

“Trata-se de uma atriz da Globo, ela tem 21 anos de idade. Essa menina de 21 anos engravidou, escondeu a gravidez, inclusive trabalhou durante a gravidez, pariu o filho dela. Segundo as informações que ele [Leo Dias] tem, pediu que o hospital apagasse a entrada dela no hospital e pediu que nem queria ver o filho”, disse Antonia em seu canal no Youtube.

Leia+: Klara Castanho: o que é ‘entrega legal’ para adoção e o que diz a lei sobre o caso

Por conta disso e da maneira como eles reagiram à revelação de todo o conteúdo, os internautas se uniram nas redes sociais para pedirem que os perfis dos dois comunicadores fossem banidos ou derrubados das mais variadas plataformas, principalmente o Instagram.

Em diversas publicações do Twitter, os fãs chegaram a ensinar como e por quais motivos denunciar Leo Dias e Antonia Fontenelle no Instagram, além de opinarem que os deveriam deixar de serem seguidos.

JULIANA PAES DEFENDE KLARA CASTANHO

Juliana Paes foi uma das convidadas para a edição do “Encontro” desta segunda-feira, 27 de junho, e aproveitou o momento para falar sobre o caso da atriz Klara Castanho, que comoveu os brasileiros no último sábado, 25.

No programa, a artista fez um pedido às pessoas que estão julgando as atitudes da jovem, que foi estuprada, engravidou e entregou o bebê para a adoção após o parto.

“Como defensora para prevenção e eliminação de assuntos de violência para mulher da ONU, escuto muitas coisas assim. Acontece mais do que a gente imagina. É como se nossas escolhas tivessem sempre que ser terceirizadas e passar pelo crivo de alguém. Tem horas que a gente não quer falar, a pessoa quer paz, a gente não quer mais esmiuçar o assunto, a pessoa quer esquecer”, começou Juliana.

Leia+: Ana Maria Braga sai em defesa de Klara Castanho e critica vazamento

“Ela teve uma atitude muito corajosa, 21 anos. Quero pedir às pessoas que parem de julgar, parem o julgamento, ele deprime, ele mata. As pessoas precisam entender que não é porque você é uma pessoa pública que sua vida tem que ser esmiuçada em todos os momentos”, continuou.

Em seguida, a atriz ainda desabafou sobre as consequências de ter uma vida pública, e como as pessoas utilizam isso como justificativa para julgar os acontecimentos na vida de um famoso. “Pessoas falam, quem manda ser famoso? Por que é famoso você fica menos humano? Parem de achar que o famoso tem que ter a vida esmiuçada. A gente é famoso porque é reflexo do meu trabalho. Mas a gente não quer ter nossa vida esmiuçada a vida inteira. Vamos cuidar das nossas vidas, né, é tão bom!?”, finalizou.

Juliana Paes e Klara Castanho posando para fotos
Juliana Paes saiu em defensa de Klara Castanho no Encontro (Fotos: Reprodução/Instagram)

Siga OFuxico no Google News e receba alertas sobre as principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!