Polêmica às 12:00

Giselle Itiê move nova ação judicial contra Antonia Fontenelle

Antônia Fontenelle e Giselle Itiê

Foto: Reprodução Instagram @ladyfontenelle e @gitie

Depois de ter perdido a ação que movia contra Antonia Fontenelle por xenofobia e racismo, Giselle Itiê decidiu abrir um novo processo contra a viúva de Marcos Paulo. Desta vez, a apresentadora é processada por danos morais e a atriz pede uma indenização por se sentir ofendida.

Ao saber que Giselle, que é mexicana, havia sofrido assédio de um diretor de novelas aos 23 anos, e citou que havia trabalhado com o ex-marido de Fontenelle. Antonia afirmou que Giselle deveria voltar para seu país.

“Volta para o seu país, é o melhor que você faz”, postou a comandante do canal “Na Lata Com Antonia”, na ocasião. 

Sem papas na língua, a loira ainda fez outras declarações sobre o episódio e, em seu canal no YouTube,  falou sobre o novo processo.

 “Giselle Itiê não desistiu da ação. Ela entrou com processo por danos morais, pedindo dinheiro. Não sei se ela pediu segredo de Justiça, mas não estou a fim de fazer segredo com uma coisa absurda dessas”, disse.

“Volta para o seu país, é o melhor que você faz”, postou Fontenelle, referindo a artista, que nasceu no México.

A apresentadora fez várias outras declarações sobre o episódio, deixando Itié ainda mais revoltada. Antonia, inclusive, falou sobre o novo processo durante uma live em seu canal no YouTube:

“Giselle Itiê não desistiu da ação. Ela entrou com processo por danos morais, pedindo dinheiro. Não sei se ela pediu segredo de Justiça, mas não estou a fim de fazer segredo com uma coisa absurda dessas”, alfinetou.

Veja +: Jurista explica crime de xenofobia

INDICIADA, ANTONIA FOI ABSOLVIDA NO FINAL DA AÇÃO

Em depoimento a Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), em fevereiro deste ano, Antonia Fontenelle alegou não ter preconceito com o México e, sempre que pode, passa férias em Cancún.

Após ser ouvida, a delegada Marcia Noeli Barreto indiciou a influenciadora digital pelo crime de racismo. A youtuber, por sua vez, manifestou o desejo de fazer um acordo com o Ministério Público para não ser processada. Após a informação de seu indiciamento ter se tornado pública, Antônia Fontenelle, publicou uma mensagem em suas redes sociais.

“Comunicado importante. Aos que me perseguem diariamente por uma questão política e as furiosas que não se conformam por não carregarem o título viúva de Marcos Paulo. Estarei off nos próximos dias por motivo de férias com os filhos e o namorado. Obrigada”, escreveu, na ocasião.

Em julho, Antonia foi absolvida e comemorou nas redes sociais.

ENTENDA O CASO

Giselle Itié se manifestou publicamente para apoiar Dani Calabresa em suas acusações de assédio contra Marcius Melhem. Gisele se solidarizou e disse que também foi vítima de assédio sexual por um diretor de uma novela na qual atuava. Sem citar nomes ela contou apenas que  tinha 23 anos quando tudo aconteceu.

A novela em questão era Começar de Novo, da Rede Globo, dirigida por Marcos Paulo, ex-marido da influenciadora que não pensou duas vezes. Em seu canal Na Lata com Antônia Fontenelle, do Youtube ela disparou: “Um monte de amigos me mandando mensagens de matérias com uma atriz, que já passou pela TV Globo, se perfazendo de um assunto muito sério, que é o que a Dani Calabresa está passando neste exato momento. Desgosto. Triste saber que existem mulheres como você, dona Giselle. Volta para o seu país, é o melhor que você faz”.

Antônia Fontenelle foi casada com Marcos Paulo de 2008 até 2012, em casa no Rio de Janeiro, após sofrer embolia pulmonar. Gisele Itiê é radicada no Brasil desde os 4 anos de idade.

PRINCIPAIS NOTÍCIAS

O que é ‘cobra caninana’? Entenda o apelido que Rico deu para Day
Saiba o que vai acontecer com a herança de Marília Mendonça
Mãe de Rico defende o filho na treta contra Day
Após anunciar divórcio, MC Mirella curte festa em SP
Vote na enquete: Quem deve ser o fazendeiro da semana e se livrar da Roça?