Polêmica às 09:34

Ex-namorado de Britney Spears, Justin Timberlake defende cantora após audiência de tutela

justin-timberlake-e-britney-spears

Reprodução/Instagram

Justin Timberlake movimentou as redes sociais ao sair em defesa de Britney Spears, que está sob tutela do pai e de um advogado desde 2008 e que luta para ter a sua liberdade de volta. O ex-namorado da cantora não só manifestou o seu apoio à ela como também criticou a situação  a qual a artista está inserida. Em uma audiência, realizada na tarde da última quarta-feira (23), a cantora falou pela primeira vez sobre o assunto em uma audiência e disse estar “traumatizada” e “deprimida”, além de revelar que seus tutores não permitem que ela remova seu DIU (dispositivo intrauterino), apesar de já ter expressado o desejo de casar e ter filhos.

Veja+: Britney Spears choca ao dizer o que pensa sobre documentários sobre ela

“Depois do que vimos hoje, todos deveríamos apoiar Britney neste momento. Independentemente de nosso passado, bom e ruim, e não importa há quanto tempo isso aconteceu… O que está acontecendo com ela não é certo. Nenhuma mulher deveria ser impedida de tomar decisões em relação ao próprio corpo”, começou Timberlake, no Twitter.

“Ninguém nunca deveria ser detido contra sua vontade ou ter que pedir permissão para acessar tudo o que conseguiu com trabalho duro”, continuou.

O cantor ainda afirmou que ele e sua mulher, a atriz Jessica Biel, estão do lado de Britney no caso e desejaram todo o apoio à cantora.

“Jess e eu enviamos nosso amor e total apoio para Britney nesse momento. Esperamos que os tribunais e sua família façam o que é certo e a deixem viver como ela quiser viver”, finalizou.

Detalhes da audiência

Na última quarta-feira (23), aconteceu mais um capítulo na briga entre Britney Spears e Jamie Spears. A cantora teve uma audiência em um tribunal americano que analisa seu caso. No ano passado, a cantora entrou com um pedido para remover a tutela de seu pai, em vigor desde 2008 e ter poder exclusivo sobre seu patrimônio.

Durante a conversa com a juiza, Britney contou que sente muita raiva de seus familiares que cuidam da tutela dela e que deveria processá-los por tudo que sofreu neste tempo todo. Citou que eles a mandaram para reabilitação em uma casa em Beverly Hills e que lá foi machucada, mas que seu pai acabou adorando o fato.

Os abusos que ela diz sofrer de seus tutores vai desde eles indicarem quais os medicamentos deveria usar, até o fato de ela ter sido obrigada a fazer uma turnê em Las Vegas contra a vontade dela. E enfatizou que a tutela que vem sendo imposta é abusiva.

“A tutela, desde o início, não faz sentido. Eu pago dinheiro às pessoas e elas me controlam. Trabalhei desde os 17 anos e essa tutela é abusiva. Não sinto que posso viver uma vida inteira vida. Eu nem acredito em terapia. Sempre pensei que poderia levá-la a Deus”, contou.

Veja+: Britney Spears fala sobre documentário sobre sua vida

Veto a gravidez

Outro ponto importante que a estrela americana contou em seu depoimento sobre a falta de controle sobre sua própria vida é que nem engravidar ela pode.

“Eu quero me casar e ter um bebê. Eu queria tirar o DIU e ter um bebê, mas o tutor não me deixa porque eles não querem que eu tenha um bebê”, revelou ela que namora com Sam Asghari.

Britney alegou também que tem sido exposta aos paparazzis, já que foi obrigada a frequentar sessões de terapia em um local onde os fotógrafos sabiam que ela estaria por lá.

“Eu gostaria que os terapeutas viessem à minha casa. Não estou disposta a ir até Westlake, eles armaram para mim ao me enviar para os lugares mais expostos. Eu preciso de sua ajuda”, pediu ela e justificou que essa tutela precisa ser revista.

“Eu mereço um intervalo de dois a três anos. Me sinto cercada, intimidada, deixada de lado e sozinha. Cansei de me sentir sozinha. Mereço ter os mesmos direitos, ter um filho ou qualquer uma dessas coisas. Eu achei que ninguém iria acreditar em mim. Eu achei que as pessoas iam rir e fazer piadas. É o meu desejo e meu sonho que tudo isso acabe, eu quero a minha vida de volta… Não é justo que estejam espalhando mentiras sobre mim, inclusive minha própria família.”

Ao final, a juíza que ouviu Spears revelou que ela teve muita coragem em expor tudo o que foi relatado na audiência.

Veja+: Britney diz conversar com pedras