Polêmica às 16:15

Manifestações de artistas contra Bolsonaro em shows irritam Ellen Jabour

ellen jabour
Reprodução/Instagram

Ellen Jabour foi extremamente cancelada na internet após repreender manifestações políticas em shows. Em uma conversa com o colunista do Splash Uol, Lucas Pasin, a apresentadora rebateu as críticas e disse que as pessoas não quiseram entender seu ponto de vista.

Ela explicou o que quis dizer: “Falei que não gosto quando os músicos falam de política. Usei a palavra ‘falam’ para dizer que não gosto quando eles param a música para falar do assunto. Não disse que não gosto quando cantam. Cantar política faz parte, quase toda banda faz isso”.

Leia+: Eleições: Tudo o que você precisa saber para votar

Ellen relembrou quando Roger Waters colocou no telão de um show em São Paulo a #EleNão, em 2018: “As pessoas vão embora porque ficam com medo de uma rebelião. Você está no meio da multidão. Fico com medo de nem sobreviver, ou ser espancada. Isso por conta da segmentação que a política causa. O show não é isso, é o momento de união das pessoas”, disse

“Quando eles [artistas] falam sobre política no show, o público já começa a olhar estranho um para o outro. Numa dessas ocasiões, mostraram o pênis. Um rapaz colocou o pênis para fora e fez xixi numa menina do meu lado. Para você ver o nível de agressão. Todos que estavam comigo quiseram ir embora porque se tornou perigoso. Eu fiz aquela postagem como um alerta querendo dizer que ficarei muito triste se os shows se tornarem lugares perigosos”, finalizou.

Relembra o post polêmico:

ARTISTAS BRASILEIROS NÃO SE CALAM

Com o Lollapalooza 2022, o Brasil teve diversas manifestações políticas durantes os shows do festival. Emicida, Pabllo Vittar, Marina Sena, Detonautas, Gloria Groove e o cantor Silva foram alguns dos artistas que tiraram um tempo de seu show para repreender o governo de Jair Bolsonaro.

Um dos momentos mais memoráveis do Lollapalooza deste ano foi quando Jão, que teve um dos maiores públicos do evento, puxou um coro contra Bolsonaro.

O artista ainda aproveitou para mandar um recado para quem não tirou título de eleitor: “Não adianta nada estar aquie não votar porr…!”.

Confira uma compilação dos artistas contra o Bolsonaro:

MANIFESTAÇÕES RECENTES

Manu Gavassi fez história em um de seus shows e colocou a bandeira do PT no telão ao cantar uma música sobre ‘posicionamento político’.

O portal da cantora no Twitter exibiu o momento: “Claro posicionamento politico! Manu Gavassi levantando uma toalha do Lula em seu show de Fortaleza de hoje”, diz a página.

NEM TODOS GOSTAM

Mas muito se engana quem acha que todo artista curte manifestações políticas em seus shows. Recentemente, em uma apresentação de São João, Elba Ramalho ficou bem irritada com gritos contra o Bolsonaro e repreendeu a plateia: “Não, não quero fazer política, desculpa. Isso aqui é um show de São João, não é um comício”.

Carlinhos Brown foi outro que impediu os fãs de gritarem “Fora Bolsonaro” em seu show: “Desculpa, mas eu sou o Brasil que deu certo. Não me meto nisso. Não quero nem saber”.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!