Polêmica às 18:20

No hospital, Bruno Krupp se pronuncia sobre acidente pela primeira vez

Bruno Krupp sorrindo
Reprodução/Instagram

Nesta quarta-feira, 3 de agosto, Bruno Krupp, ex de Sarah Poncio, surgiu em um vídeo, obtido e divulgado pela TV Globo e repostado pelo jornalista Luiz Bacci nas redes sociais, para se pronunciar pela primeira vez após se envolver em um acidente de moto que resultou na morte de um adolescente de 16 anos.

No vídeo, o modelo aparece deitado em uma maca de hospital e com curativos em várias partes do corpo. “Gente, pelo amor de Deus, eu sou a última pessoa que queria que isso tivesse acontecido”, iniciou ele.

Leia+: Vídeo mostra Bruno Krupp em alta velocidade antes de acidente de moto

“Eu fui levado de ambulância, eu não fugi do hospital, não fugi dos médicos. Eu estava morrendo no hospital, os empregados me tratando mal no hospital, batendo com a maca no corredor, me chamando de assassino, como se eu tivesse feito alguma coisa errada”, falou Bruno.

“Eu não bebi, eu não usei droga, foi um acidente, gente!”, ressaltou

Para quem não sabe, o modelo Bruno Krupp foi preso na manhã desta quarta-feira por causa da morte do adolescente João Gabriel Cardim Guimarães, no último sábado, 30 de julho.

Veja!

PRISÃO

O modelo Bruno Krupp foi preso na manhã desta quarta-feira, 3 de agosto, pela morte do adolescente João Gabriel Cardim Guimarães, no último sábado (30). Bruno estava em um hospital no Méier, na Zona Norte do Rio de Janeiro, apesar de ter recebido alta do Lourenço Jorge ainda no domingo (31). As informações são do G1.

A Justiça do Rio de Janeiro expediu um mandado de prisão contra o modelo, que responde por homicídio com dolo eventual, quando se assume o risco de matar. Vale lembrar que Bruno não tinha habilitação de moto e pilotava em alta velocidade quando atropelou Gabriel.

No acidente brutal, Gabriel teve uma das pernas arrancadas no momento do choque com a motocicleta. Tanto ele como Bruno foram levados ao hospital, mas o adolescente não resistiu aos ferimentos.

Na decisão da juíza Maria Isabel Pena Pieranti, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, divulgada pelo jornal O Globo, ela afirmou que deixar Bruno em liberdade “comprometeria a ordem pública”, já que ele não é um “novato nas sendas do crime”.

É importante ressaltar que, no pedido de prisão de Bruno Krupp, que foi feito pelo delegado Aloysio Berardo Falcão de Paula Lopes, do 16ª DP da Barra da Tijuca, já tem outras passagens pela polícia por estupro e estelionato.

Vale lembrar que inicialmente Bruno era investigado por lesão corporal culposa, quando não há intenção de matar, mas, após a morte do adolescente, o registro de ocorrência será aditado para homicídio doloso, já que a vítima morreu e Bruno estava em alta velocidade e não tinha habilitação para pilotar a moto.

O ACIDENTE

O modelo Bruno Krupp, que se tornou conhecido pelo breve romance com Sarah Poncio, se envolveu em um grave acidente na noite do sábado, 30 de julho, que resultou na morte de um jovem no posto 3, na Barra da Tijuca.

De acordo com informações do perfil Caso de Família, não há informações sobre Bruno estar alcoolizado ou não no momento do acidente, mas o adolescente de 16 anos chegou a perder a perna e levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Leia+: Modelo Bruno Krupp é preso após causar acidente que matou adolescente

Segundo uma pessoa próxima a Bruno, o modelo está internado com suspeita de fratura nas vértebras C5 e C6, chegando a não sentir as pernas depois do acidente. Ele também teria sido encaminhado para o Hospital Lourenço Jorge e transferido posteriormente para um hospital particular, onde vem realizando exames para saber a gravidade da lesão.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!