Polêmica às 07:07

Johnny Depp e Amber Heard: Veja provas do ator durante julgamento

Johnny Depp, Amber Heard na corte
Foto: Reprodução/YouTube

Nesta sexta-feira, 27 de maio, será concluído o processo do caso entre Johnny Depp e Amber Heard, iniciado pelo ator acusando a ex de difamação em declaração ao The Washington Post, em que ela afirmou ter sido vítima de violência doméstica. Depp exige U$ 50 milhões da atriz.

Irritada, a estrela de “Aquaman” contra processou o artista de “Piratas do Caribe”, acusando-o de acabar com a carreira dela com o processo e afirmações de que estava mentindo, lhe exigindo então U$ 100 milhões, voltando a garantir que foi violentada pelo ex na relação.

Com a conclusão do julgamento saindo a qualquer momento de hoje, nós do OFuxico separamos as provas mostradas pela defesa de Johnny Depp para que o ator saísse vitorioso do processo.

CONFIRA OS ARGUMENTOS!

EPISÓDIO DE VIOLÊNCIA NO DEDO

Johnny Depp na corte
Johnny Depp relatou episódio em que Amber Heard teria quebrado garrafa em seu dedo (Foto: Reprodução/YouTube)

No início do processo, uma gravação do médico do ator foi mostrada na corte durante a última sessão, segundo a revista People. A declaração com o dr. David Kipper foi gravada e nela o médico falou sobre a noite que o dedo do ator quase foi amputado após uma briga com a atriz.

De acordo com a publicação, Kipper disse que não sabe como Depp se machucou no incidente que aconteceu em março de 2015, enquanto estava na Austrália filmando “Piratas do Caribe”.

Depp disse que a ponta do seu dedo foi cortada por Amber Heard, que “teria jogado uma garrafa grande de vodca” nele. Ele disse que a garrafa bateu no balcão e na mão dele, fazendo com que ele cortasse a ponta do dedo.

Na declaração original do processo de difamação, Johnny Depp diz: “Eu precisei de três cirurgias para reconstruir meu dedo e contraí MRSA (bactéria resistente a vários antibióticos) três vezes… Tive medo de perder meu dedo, meu braço e até minha vida”.

Dr. Kipper testemunhou dizendo que foi chamado à casa de Depp e desinfectou a ferida do ator antes de levá-lo ao hospital. Ele instruiu a equipe da casa para procurar a ponta de seu dedo, que foi encontrada pelo chef do ator.

“Ele disse que encontrou na cozinha”, Kipper disse, de acordo com relato da revista Variety. A revista ainda afirmou: “Ele testemunhou que Heard estava lá e parecia irritada. Mas o médico não percebeu nenhum machucado nela, e disse que ela não procurou cuidados médicos”.

FALSIDADE DE SUPOSTOS HEMATOMAS

amber heard no julgamento contra johnny depp
Reprodução/YouTube

Amber Heard, ao acusar o ex de violência, afirmou ter usado muita maquiagem para esconder seus hematomas do público, e que por isso, apesar da violência sofrida, muitos não sabiam de sua vida pessoal por causa disso.

Porém, o especialista em metadata Nobert Bryan Nemeister prestou um depoimento a favor de Depp e relatou que após analisar as imagens, concluiu que elas foram editadas por um aplicativo. Nobert contou que quando a foto é salva a partir de um editor de imagens, ela fica marcada em seu código de programação.

Em uma outra imagem do rosto de Amber, o especialista apontou que foi utilizado o mesmo softweare de edição, chamado de ‘Photos 3.0’. Segundo ele, as fotos foram enviadas a um computador e editadas nesse programa.

Eu posso extrair as coisas mais profundamente secretas de qualquer um de seus dispositivos eletrônicos. Excluído ou não. Se você acessou, digitou, pesquisou ou mesmo pensou sobre isso … Eu posso pegar”, explicou.

fotos editadas de amber heard
Fotos de Amber Heard com hematomas seriam editadas (Foto: Reprodução/YouTube)

FEZES NA CAMA

Johnny Depp e Amber Heard
Johnny Depp acusou Amber Heard de colocar fezes em sua cama (Fotomontagem: Reprodução Instagram)

Em um depoimento, depois de acusar a ex de agressividade, o ator relembrou um caso um tanto quanto curioso que aconteceu durante uma das brigas do casal. De acordo com o TMZ, o artista relatou em um dos depoimentos, que Amber colocou fezes na cama onde os dois dormiam após uma discussão.

Colocar como citação: “Minha reação inicial foi rir”. Johnny não conseguia acreditar no que estava em sua frente: “Era uma coisa tão fora, tão bizarra e tão grotesca que eu só conseguia rir.”

O ator seguiu o relato revelando como Amber tentou se justificar: “Ela tentou culpar os cachorros. Eles são yorkshires pequenos e pesam cerca de 4 kg cada. Eu vivi com aqueles cachorros. Eu peguei o cocô deles. Não foram os cachorros”.

De acordo com Johnny, ele teria sido agredido pela ex-mulher antes do ocorrido, além de considerar amigos de Amber culpados pela sujeira na cama, já que ela havia ido com eles ao Coachella no dia anterior.

RELATOS DE ENFERMEIRA E PSICÓLOGA

Johnny Depp, Amber Heard na corte
Enfermeira e psicóloga deram suas avaliações sobre Amber Heard (Foto: Reprodução/YouTube)

ENFERMEIRA

A ex-enfermeira de Amber Heard, Erin Falati – também conhecida como Erin Boerum – deu seu depoimento via vídeo no julgamento. A mulher apresentou suas anotações desde a primeira vez que começou a atender Amber em agosto de 2014, quando ela ainda era noiva do ator Johnny Depp.

A mulher relembrou sua paciente como uma pessoa com histórico de abuso de drogas ilícitas e álcool, além de ansiedade e outros transtornos. Ela revelou que Amber lhe disse que tinha ‘dificuldades para lidar com sentimentos de insegurança e ciúmes’, além de destacar sua dependência emocional, transtornos alimentares, transtorno de déficit de atenção e bipolaridade.

Segundo o jornal Daily Mail, que coletou a informação do 13º dia do julgamento “Johnny Depp vs. Amber Heard”, parte da defesa do ator se concentra em “provar a instabilidade emocional” da estrela de Aquaman, “acompanhada pelo uso de substâncias”.

Falati destacou que, naquela época, Amber havia experimentado um aumento de ansiedade, teve vários ataques de ira e que seu humor teve mudanças abruptas:

Você vê alguém triste e rapidamente essa pessoa passa para a felicidade extrema. É como um pêndulo e as emoções giram em torno dele”, disse a mulher.

PSICÓLOGA

Alguns dias antes, a psicóloga clínica e forense Shannon Curry confirmou no tribunal que Amber Heard sofre de transtornos de personalidade. A especialista garantiu que a ex de Depp sofre de transtorno de personalidade limítrofe e transtorno de personalidade histriônica.

O depoimento da psicóloga revelou as informações sobre Heard, de 36 anos, após examinar pessoalmente a saúde mental da atriz em dezembro do ano passado durante um período de 12 horas durante dois dias.

Ela obteve resultados consistentes com esses diagnósticos. A personalidade limítrofe é uma doença de instabilidade, impulsionada por um medo subjacente de abandono. As pessoas com esse transtorno farão tentativas desesperadas de impedir que isso aconteça”, disse no julgamento.

Além disso, Curry afirmou que a personalidade limítrofe parece ser um fator preditivo para mulheres que se envolvem em violência por parceiro íntimo. Além disso, Shannon afirmou que Amber não sofre de transtorno de estresse pós-traumático como a atriz havia indicado inicialmente, já que seu romance com Johnny terminou. Com essas declarações, a equipe jurídica do ator espera que as alegações de Johnny sejam reforçadas, onde ele sustenta que Heard foi a agressora no casamento.

ENCONTRO COM JAMES FRANCO

fotomontagem de selfie de amber heard e foto de james franco com cmaisa social rosa
Amber Heard se encontrou com James Franco um dia antes de pedido de divórcio (Foto: Reprodução/Instagram @amberheard e @officialjamesfrancoo/Montagem)

Em dado momento, durante uma abatina feita pela advogada de Depp, Camille Vasquez, Amber recebeu diversas perguntas a respeito da ordem de restrição temporária que ela pediu em 2016, que a atriz afirmou estar na época “desmoronando” e com dificuldades para dormir.

Foi então que a profissional quis saber se Heard “se sentiu confortável com James Franco na noite de 22 de maio de 2016”. Vale lembrar que o ator de “127 Horas” teria sido o suposto pivô de algumas brigas e agressões entre o casal.

A intérprete de Mera então respondeu: “Não sei quando James Veio”. Camille então reproduziu algumas imagens feitas pelas câmeras de segurança do elevador do local em que Amber Heard morava, mostrando-a com Franco se encontrando.

O registro confirma data mencionada de 22 de maio de 2016, acrescentando o horário de 23h. O impacto da data? Ser um dia antes de Amber Heard pedir o divórcio contra Johnny Depp.

Após as imagens serem exibidas, a atriz confirmou: “É onde eu morava, sim”, além de garantir que ela é uma amiga íntima de James Franco, com quem atuou junto em dois filmes.

PERDA DE ESPAÇO EM AQUAMAN

Walter Hamada, Amber Heard, Aquaman
Presidente da DC Films e Warner Bros. deu detalhes dos motivos de cortar cenas de Amber Heard em Aquaman: O Reino Perdido (Foto: Reprodução/YouTube)

Amber Heard ela chegou a dizer em depoimento no tribunal que suas cenas foram cortadas em “Aquaman: O Reino Perdido”, e que sua participação teria sido reduzida a apenas dez minutos por culpa de Depp.

Eles me deram um roteiro e depois me deram novas versões do roteiro em quem eles cortaram cenas que tinham ação, que mostravam meu personagem e outro personagem, sem revelar nenhum spoiler, dois personagens lutando entre si, e eles basicamente tiraram muito do meu papel”.

Porém, recentemente, Walter Hamada, presidente da DC Films e da Warner Bros., negou categoricamente as acusações, e ainda disse que vários membros da equipe de filmagens defenderam o lado de Amber.

Entretanto, em depoimento nesta quarta-feira, 24 de maio, para a defesa de Johnny, por meio de um vídeo, o profissional revelou que Amber de fato perdeu espaço em “Aquaman”, mas não por causa das polêmicas com Depp, e sim pela falta de química com Jason Momoa, protagonista da franquia.

Eles não tinham muita química juntos. Editorialmente, eles conseguiram fazer esse relacionamento funcionar no primeiro filme, mas havia uma preocupação de que fosse preciso muito esforço para chegar lá”, afirmou ele.

DEFENDIDO POR EX

Kate Moss na corte, via vídeo
Katie Moss, ex de Johnny Depp, defendeu ator das acusações (Foto: Reprodução/YouTube)

Kate Moss foi chamada para depor pelos advogados do ator depois que Amber fez referência a um boato que ouviu uma vez sobre o relacionamento de Kate e Johnny, onde alegou que ele havia empurrado ela das escadas durante uma viagem e Heard disse que temia que ele fizesse o mesmo com sua irmã, Whitney, durante uma discussão.

Quando Amber deu essa declaração, os advogados de Depp celebraram na corte, porque agora sim poderiam chamá-la para declarar. Kate então foi questionada sobre o boato e confirmou que ela realmente caiu das escadas ela e Johnny estavam de férias na Jamaica, porém, nada teve que ver com uma agressão do ator.

Kate Moss disse durante seu testemunho: “Quando saí da sala, escorreguei pelas escadas e machuquei minhas costas. Eu gritei porque estava com dor”, comentou, acrescentando que ‘Johnny veio em seu auxílio’ e ajudou a levá-la para um local seguro.

Ele nunca me empurrou, nunca me chutou ou me jogou escada abaixo”, assegurou ela no depoimento.

APONTANDO USO DE DROGAS NA QUAL ELE ERA ACUSADO DE USAR

johnny depp e amber heard
Johnny Depp acusou Amber Heard de usar drogas no casamento deles (Foto: Groby Group)

Recentemente, Johnny Depp afirmou que a atriz usou drogas no dia do casamento dos dois em 2015 e ainda citou as drogas que ele afirma que ela gostava de usar.

De acordo com Johnny, Amber gostava muito de MDMA (ecstasy) e cogumelos e afirmou que ela tomou MDMA umas 20 vezes e cogumelos umas sete vezes, durante seu casamento. Depp foi questionado sobre quem estava usando drogas em seu casamento e respondeu: “Amber, alguns amigos meus… Toda a gangue dela estava usando MDMA.”

Quando perguntado se ele usou drogas no casamento, ele respondeu: “Para ser honesto com você, eu não sei quanto MDMA eles tinham, mas para mim, isso era – para mim, ter tomado MDMA teria sido um desperdício de tempo. Droga, se você entende o que quero dizer. Seria essencialmente tomar o barato de outra pessoa, porque não teria efeito sobre mim. Eu fumei maconha. E, uh – eu não me lembro de beber. Não me lembro de ter bebido na época. Eu tenho certeza que naquele momento eu não estava bebendo álcool.”

Ele continuou: “Minha droga de escolha é – era, é maconha. Isso foi bom para mim. Então, mergulhar em um saquinho minúsculo de… lamber o dedo e mergulhar em um saquinho comum de MDMA, foi inútil para mim.”, comentou.

CRÍTICAS À PERFORMANCE NO TRIBUNAL

Amber Heard chora na corte
“Performance” de Amber Heard em depoimento foi discutida pro equipes jurídicas (Foto: Reprodução/YouTube)

Finalizando, temos aqui algo que não foi apresentado como prova ao tribunal, mas usado como argumento pela defesa de Johnny Depp para afirmar que Amber Heard está mentindo em suas acusações.

No dia 06 de maio, as respectivas equipes jurídicas do ator de 58 anos e da atriz de 36 anos divulgaram declarações após o testemunho explosivo de Amber um dia antes.

“Como o advogado de Depp previu corretamente em suas declarações de abertura no mês passado, a Sra. Heard realmente apresentou ‘o desempenho de sua vida’ em seu exame direto”, disse um representante de Johnny à revista People, alfinetando a ‘performance’ que ela fez no estrado da corte.

“Enquanto as histórias da Sra. Heard continuaram a crescer com detalhes novos e convenientes, as lembranças do Sr. Depp permaneceram exatamente as mesmas ao longo dos seis anos dolorosos desde que suas primeiras alegações foram feitas”, continuaram. “Sua verdade – a verdade – é a mesma, não importa o ambiente em que tenha sido apresentada.”

A declaração concluiu: “O próximo interrogatório da equipe do Sr. Depp será muito revelador e certamente destacará as muitas falácias que a Sra. Heard agora tentou passar como fato ao longo de seu depoimento complicado”, assegura.

E você, o que pensa acerca das provas apresentadas por Johnny Depp? Está do lado de quem no julgamento?

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!