Polêmica às 12:44

Scarlett Johansson e Disney: Por que o filme Viúva Negra foi parar na Justiça?

Scarlett Johansson

Divulgação

O filme Viúva Negra veio em 2021 como um dos grandes lançamentos do ano no cinema e para os estúdios Disney. Porém, o que ninguém imaginava é que o filme fosse parar na Justiça por um processo aberto por Scarlett Johansson, protagonista do longa-metragem.

A atriz não gostou nada do lançamento duplo e simultâneo do filme da super heroína, tanto nos cinemas quanto na plataforma de streaming Disney +.

De acordo com o TMZ, a atriz afirma que seu contrato com a Disney previa que o filme seria lançado exclusivamente nos cinemas e Scarlett diz que o estúdio quebrou o acordo disponibilizando o lançamento da produção também na plataforma.

Confira mais curiosidades dos bastidores de Viúva Negra

O maior problema é que o contrato da atriz previa uma participação em bilheteria, que poderia ser bem maior, caso o filme fosse exclusivo aos cinemas. Com isso, ela afirma que se sentiu lesada.

RESPOSTA DA DISNEY PARA SCARLETT JOHANSSON

Porém, não pense que os estúdios Disney ficaram quietos diante de toda a repercussão. Por meio de um porta-voz mandaram uma resposta à altura para a atriz.

O processo é especialmente triste e angustiante em seu desrespeito cruel pelos horríveis e prolongados efeitos globais da pandemia COVID-19. A Disney cumpriu integralmente o contrato da Sra. Johansson e, além disso, o lançamento de Black Widow na Disney + com O Premier Access melhorou significativamente sua capacidade de ganhar uma compensação adicional, além dos US $ 20 milhões (quase R$ 100 milhões) que ela recebeu até o momento”.

Veja+: Saiba o que Scarlett Johansson fez com os trajes de Viúva Negra

BILHETERIA MILIONÁRIA

Os advogados de defesa de Scarlett Johansson afirmam que a Disney foi procurada para achar uma solução, só que não obtiveram resposta. Eles afirmam que, apesar dos mais de R$ 1,6 bilhão arrecadados ao redor do mundo em bilheteria, a Disney violou ao colocá-lo em seu serviço de streaming, se beneficiando financeiramente ao conseguir mais assinantes, enquanto a atriz ficava presa apenas às bilheterias.