Polêmica às 19:20

Show de João Gomes vira polêmica com sexo, número 2 em loja e queimadura

Cantor João Gomes em show.

Reprodução/Instagram @joaogomescantor

Um show do cantor João Gomes virou assunto na web na tarde de quinta-feira, 25 de novembro, após viralizarem vídeos e relatos sobre o evento. De acordo com os internautas, o show contou com sexo em público, nudez e até mesmo queimadura de fãs por conta dos fogos de artifício.

Segundo a agenda de shows do cantor, o evento ocorreu no dia 13 de novembro, em Mossoró, Rio Grande do Norte e foi graças a um vídeo do TikTok que os internautas ficaram sabendo sobre os acontecimentos.

Publicado pela jovem Ana Beatriz, o vídeo apresenta imagens de sua experiência no show. Ana conta, inclusive, que teve uma de suas mãos queimadas pelos fogos de artifício que foram disparados, quando João Gomes subiu no palco. Além disso, ela também relata que sua amiga teve seus pertences roubados e que foi “o pior show da sua vida”.

Veja o vídeo:

O evento se tornou um dos assuntos mais comentados do Twitter com diversos vídeos e comentários compartilhados pelos usuários, sobre os acontecimentos inesperados. “O que peste aconteceu no show de João Gomes em Mossoró que tá todo mundo falando?”, perguntou um.

Em resposta ao internauta acima, uma pessoa publicou nos comentários um vídeo de um casal em posição sexual durante o show de João Gomes, e ainda adicionou: “Sexo matinal, dentre outros acontecimentos”.

Além disso, outro vídeo foi publicado, também como resposta ao primeiro internauta, no qual uma jovem aparece sem blusa e com os seios de fora durante a apresentação do cantor.

E como se não bastasse, outro usuário compartilhou um vídeo de um rapaz não identificado sentado em uma cadeira e sem calças em uma loja de conveniência. Nas imagens, ele está fazendo o “número 2” sem a menor cerimônia.

. O internauta ainda comentou: “Tudo normal até os peito de fora, beijar menino pensando ser menina, perder chave do carro, perder o carro, uns rojão nos dedos, a menina caindo do céu (mesa), ser roubado, dormir até que da manhã no próprio gramado do show, até que: número 2 na loja de conveniências? N é possivel.”