Polêmica às 17:00

Testamento de Angela Maria gera briga cinco anos após sua morte

angela maria cantando
Foto: AgNews

Angela Maria era uma grande artista brasileira, tendo deixado todo o Brasil de luto após morrer aos 89 anos em 2018. Todavia, desde lá, o testamento de Angla Maria vem deixando a vida de seus familiares e pessoas próximas bagunçada e dando muito o que falar.

Sérgio Reis troca beijos com a esposa em homenagem a Ângela Maria

De acordo com a colunista Fabíola Reipert, do portal R7, seis anos após a morte da cantora, a família continua em pé de guerra por conta do documento deixado por ela. No papel, a artista declarou que metade de tudo o que teve ficaria com Daniel D’Angelo, agora viúvo da artista, e a outra metade seria dividida entre os quatro filhos adotados.

Porém, a divisão tem gerado brigas entre o viúvo e as três herdeiras dela, sendo que o filho está ao lado de Daniel. O trio de filhas afirmam que tentavam visitar a mãe, mas o até então marido dela a impedia. Ele alega que era a cantora quem não queria vê-las.

Receba as notícias de OFuxico no seu celular!

Fabíola Reipert teve acesso com exclusividade a um boletim de ocorrência feito em vida pela cantora contra as filhas. Todavia, as herdeiras teriam pressionado a mãe a vender a casa em que morava, avaliada em R$ 1,8 milhão, e que agora está no testamento de Angela Maria.

Casa de Angela Maria etaria com IPTU atrasado

Ainda segundo a colunista, as filhas de Angela Maria teriam revelado a ela que a casa, atualmente ocupada por Daniel, estaria correndo risco de ir à leitão por atraso de IPTU e elas teriam quitado as dívidas para não perder o imóvel.

Viúvo de Angela Maria se emocionou durante velório

O viúvo da cantora conversou com Fabíola e disse que pagamento do IPTU da casa foi uma estratégia dos advogados delas para tumultuar o inventário. Aliás, ele revelou também que atrasou poucas parcelas durante um momento de dificuldade, mas hoje está com tudo em dia.

Sobre os bens “ocultados”, ele, que ficou com a cantora por 41 anos, declarou que tudo foi levado em dois assaltos. No testamento de Angela Maria, ela reforçou que foi constranginda pelas filhas por dez anos porque queriam que a artista vendesse a casa. Em seguida, pelo desejo delas, a cantora daria a parte delas em dinheiro.

Vida de Angela Maria vira minissérie

Notícias Relacionadas