Polêmica às 16:16

Xuxa abre outra ação criminal contra Sikêra Jr. após ser chamada de “pedófila” pelo apresentador

montagem com foto de xuxa e sikêra júnior

(Reprodução: Instagram)

Xuxa Meneghel já possui uma ação judicial em movimento contra Sikêra Jr, apresentador da RedeTV!, que chamou a famosa de “pedófila”, “ex-rainha” e a acusou de fazer apologia às drogas, tudo isso durante seu programa “Alerta Nacional”. Agora, a famosa entrou com uma nova ação penal no Tribunal de Justiça do Amazonas.

Veja+: Xuxa deixa comentário inusitado sobre ida de Mion para Globo

Xuxa segue no processo com quatro advogados e exige que Sikêra responda por todas as ofensa proferidas contra ela em rede nacional. Além disso, Meneghel também requer uma indenização de R$500 mil reais, que ela irá doar para instituições de caridade. O novo pedido feito na Justiça do Amazonas também proíbe que Sikêra continue a falar de Xuxa publicamente.

“Tem uma ação cível em São Paulo e outra penal em Manaus. A questão é a mesma: ele ter chamado ela de ‘pedófila’. Ele a agrediu. Abrimos em Manaus, pois é o que se chama de competência territorial. A competência territorial para processar crimes contra a honra é no local em que a ofensa foi proferida”, explicou Ticiano Figueiredo, um dos advogados de Xuxa.

Veja+: Sérgio Mallandro entrega romance secreto de Xuxa

“Abrimos mão de qualquer conciliação. O que se pede é que ele pare de fazer referência negativa sobre ela durante o programa e eventual condenação do juiz que for arbitrar. Não tem reparação de dano”, declarou Ticiano ao Notícias da TV.

O novo pedido foi aberto em Manaus porque o programa “Alerta Nacional” é uma coprodução entre RedeTV! e TV A Crítica, emissora independente de Manaus. A briga judicial entre Sikêra e Xuxa começou em outubro de 2020 e segue com novos desdobramentos. Anteriormente, a defesa da rainha dos baixinhos não conseguiu com que o pedido para que o apresentador não pudesse mais falar qualquer tópico relacionado a Xuxa publicamente fosse aceito.

RESPOSTA DE SIKÊRA

Neste ano, a defesa do jornalista também entrou com uma ação de reconvenção, o que coloca a artista na condição de ré. O caso está com a juíza Glaucia Lacerda Mansutti, da 45ª Vara Cível de São Paulo, que vai vai analisar os pedidos de Xuxa contra Sikêra e os do apresentador contra Xuxa, tudo na mesma ação. Essa foi uma estratégia adotada pela defesa de Sikêra para responder as acusações feitas por Meneghel.

ENTENDA O CASO

Depois que Sikêra Jr a “atacou” em seu programa, Xuxa revelou que iria tomar medidas legais contra ele. A apresentadora usou sua coluna na revista Vogue para falar do assunto e contou como toda a polêmica começou.

“Me assusta a maldade e a ignorância das pessoas. Vendo o Instagram da @luisamell, ativista que luta para que os animais não sofram maus tratos, me deparei com uma imagem grotesca. Perdoem se não coloco o nome do ‘apresentador’, é que realmente eu não sei seu nome, apenas que trabalha na Rede TV. Parece que ele quer ser bastante popular e caricato, uma mistura de palhaço e repórter com uma postura bem forçada, desengonçada e tosca (se não for forçada me perdoem). Na imagem que eu vi ele estava rindo, debochando de um crime, zoofilia”, disse.

Xuxa afirmou que republicou um post feito por Luisa Mell, conhecida defensora dos animais, e ainda disse que zoofilia era crime. Porém, Sikêra, em vez de se desculpar, resolveu atacá-la.

“Luisa Mell fez um texto bem forte e verdadeiro que eu repostei fazendo a pergunta: Onde está a graça? E reafirmei: zoofilia é crime. Pois bem, o tal senhor, ao invés de ver o erro que fez e se desculpar com as famílias que vêem seu programa, começou a me atacar, me chamando de pedófila e ex-rainha. E mais, disse que ensinava crianças a não deixarem ninguém tocá-las em certos lugares do corpo”.

Após um longo relato, Xuxa finalizou o texto dizendo que iria tomar providências com seus advogados e que daria o possível dinheiro que ganharia em um processo para uma instituição.

“Isso tudo foi para dizer que meus advogados vão trabalhar para mais uma instituição ganhar dinheiro, pois sim, qualquer pessoa que vier me difamar, contar mentiras ou distorcer a realidade por causa do livro, filme ou o que seja, terá que pagar por isso. E quem vai ganhar será mais uma instituição escolhida por mim”, finalizou.

Para ler o relato completo de Xuxa na VOGUE, clique AQUI.