Polícia às 17:10

Shantal faz corpo delito e afirma à Polícia que Kalil indicou abortivo

shantal tirando selfie com vestido longo e florido

Reprodução/Instagram @shantal

No último dia 14 de dezembro, Shantal Verdelho entrou com um requerimento de inquérito policial para investigar o médico obstetra Renato Kalil e suas atitudes durante o parto de Domênica no dia 13 de setembro deste ano.

De acordo com a colunista Monica Bergamo, da Folha de S. Paulo, ela já fez seu depoimento à polícia para dar prosseguimento ao processo, e em sua declaração, ela afirmou que o médico indicou remédio abortivo para acelerar o processo de parto dela, além de ter feito exame de corpo delito no IML.

Ela declarou que o ginecologista insistiu para que ela fizesse uso do medicamento abortivo Misoprostol para acelerar o trabalho de parto quando ela estava com 40 semanas de gestação, mas após pesquisar sobre a medicação e consultar outra obstetra e sua fisioterapeuta pélvica, Shantal escolheu não fazer uso da droga, pois elas disseram haver risco de morte pelo uso dele. Ambas as profissionais serão ouvidas pela polícia esta semana.

Já em relação ao exame de corpo delito, Shatal o realizou para averiguar se o movimento que Renato Kalil utilizou em seu parto acarretou em uma lesão vaginal, Ela garante que o médico utilizou em seu trabalho de parto a “manobra de Kristeller”, que segundo a OMS e Ministério da Saúde, pode comprometer a saúde da mãe e do bebê.

ELA JÁ HAVIA AVISADO

Depois de um áudio vazar em que Shantal relembra a violência obstétrica que sofreu durante o parto da segunda filha, Domênica, a influencer enviou uma nota à imprensa para se pronunciar sobre o caso. Segundo o texto, Shantal afirmou que está passando por um momento difícil e que vai tomar “as devidas providências jurídicas” para resolver o problema.

“Os vídeos e o áudio foram enviados em um momento de troca, desabafo e compartilhamento com suas amigas, a respeito de maternidade e sobre os suas escolhas de obstetras. A intenção era unicamente dividir a experiência de forma privada e com pessoas mais próximas”, afirmou.

Veja+: Shantal revela em áudio que sofreu violência obstétrica na hora do parto

“Com as recentes declarações do médico responsável em vários veículos de imprensa, também da exclusão de seu Instagram profissional, Shantal vem a público por meio desta nota, em respeito a todos seus seguidores, mães e famílias que a acompanham e reitera que: apesar de ser difícil passar por esse processo pessoal em meio aos cuidados de sua filha recém-nascida, em vista dos últimos ocorridos divulgados pela falta de decoro de um profissional da área da saúde, estará também nos próximos dias tomando as devidas providências jurídicas. Ela agradece todo o carinho que está recebendo desde que isso se tornou público””, disse o texto.

RELEMBRE O CASO

Um áudio vazado de Shantal Verdelho está circulando na internet. Na gravação, a influencer revela que sofreu violência obstétrica no hora do parto da segunda filha, Domênica, do relacionamento com Mateus Verdelho, em setembro. As imagens foram feitas pela Go Pro de Mateus. O ginecologista e obstetra Renato Kalil aparece falando palavrões enquanto pede para a gestante fazer força.

“Eu estou fazendo. Eu sou a maior interessada nisso” , respondia Shantal para o médico

Durante os 5 minutos de áudio ela diz que só percebeu que muitas coisas aconteceram depois do momento do parto. “Descobri que ele falou da minha vagina para outras pessoas. Tipo ‘Ficou arregaçada, se não tiver episotomia, você vai ficar igual’”. E também disse que ele contou antes o sexo de sua bebê. “Ele quebrou o sigilo médico”.

shantal durante o pato de domênica
Reprodução/Instagram

“Simplesmente, quando a gente assistia ao vídeo do parto, ele me xinga o trabalho de parto inteiro. Fala ‘P*rra, faz força. Filha da mãe, ela não faz força direito. Viadinha’. Que ódio. Não se mexe, p*rra’… depois que vi tudo, foi horrível”, desabafou.

Veja+: Shantal dá detalhes do parto de 48 horas e revela que pensou em desistir: ‘Passei mal’

“Ele chamou meu marido e falou ‘Olha aqui, toda arrebentada, vou ter que dar um monte de pontos na perereca dela’. Ele falava de um jeito como ‘olha aí, onde você faz sexo, tá tudo f*dido’. Ele não tinha que fazer isso. Ele nem sabe se eu tenho tamanha intimidade com meu marido”, disse ela tem tom de tristeza.

MÉDICO NEGA ACUSAÇÕES

A assessoria do médico se pronunciou e negou as acusações: “O Dr. Renato Kalil é médico obstetra ginecologista há 36 anos, sendo um dos médicos mais reconhecidos do Brasil. Ao longo de sua carreira, já efetuou mais de 10 mil partos, sem nenhuma reclamação ou incidente. O parto da Sra. Shantal aconteceu sem qualquer intercorrência e foi elogiado por ela em suas redes sociais durante trinta dias após o parto. Surpreendentemente, o Dr. Renato Kalil começou a receber, nos últimos dias, ataques com base em um vídeo editado, com conteúdo retirado de contexto. A íntegra do vídeo mostra que não há nenhuma irregularidade ou postura inapropriada durante o procedimento. Ataques à sua reputação serão objeto de providências jurídicas, com a análise do vídeo na íntegra”.

PRINCIPAIS NOTÍCIAS
Relembre as tretas que marcaram o mundo dos famosos em 2021
Chris Noth corre o risco de passar o Natal sozinho, após acusações
Curta o Natal 2021 com a magia dos filmes da Disney

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!