A Fazenda às 17:38

Cezar Black deveria ter continuado com a fama de ‘chorão do BBB’

Cezar Black em A Fazenda 15
Reprodução Record TV

2023. Esse ano, com certeza, ficará na memória de Cezar Black. Ele participou dos dois realities shows mais assistidos do Brasil, o BBB e A Fazenda, teve voz ativa nas melhorias para a profissão de enfermeiro, foi convidado pelo presidente Lula e a primeira-dama Janja para a assinatura do projeto do piso salarial para a profissão, ou seja, não teria do que reclamar, não é? Há controvérsias.

Para aquele enfermeiro neonatal de Salvador que começou o ano anônimo e vai terminar famoso, não seria nada mal, mas ele deveria ter parado na assinatura do projeto, no convite de Lula e até pleitear algum cargo e não ter entrado em A Fazenda.

Quando saiu do BBB, Black não era um dos mais queridos, até por isso deixou o programa. Por lá, teve a fama de chorão, inclusive, citada no discurso de Tadeu Schmidt, quando ele foi eliminado:

“Chorou em show, chorou agora, chorou em Paredão, chorou com a escultura do cachorrinho no jardim, chorou com hip hop, chorou de arrependimento, chorou de solidão, chorou baixinho e chorou tão alto que até assustou”, disse o apresentador do BBB.

Porém, o seu “pós-BBB” foi um dos melhores, se tornando um grande queridinho do público. Na época, o hit “Ai, Preto” até ganhou mais repercussão nacional por conta dele, que tem uma tatuagem com os dizeres e ainda fazia uma dancinha cheia de ginga quando a música tocava.

E o que falar da simpatia do cachorrinho Rocco, que ele tem quase como uma pessoa da família? De tanto que Black falava dele no BBB, era quase que um participante do programa. Isso sem falar nas perucas, que foram barradas pela produção e viraram até meme aqui fora por ele ter levado o assunto para um Jogo da Discórdia.

Pois bem, o que acontece é que, com a entrada em A Fazenda, vemos um Black mudado, muito mais jogador, muito mais focado no reality, com os aliados que tanto sentiu falta no BBB, mas será que vai valer a pena o final de tudo isso?

Protagonista em uma discussão com Lucas, que até levou o participante à desistência, e um pedido de namoro para Kally, que quase ninguém levou fé que foi “com sentimento”, mas sim por interesse de jogo, Black vem perdendo todo o carinho que havia conquistado, como se valesse a pena mostrar que ele não é um “chorão” e sim um bom jogador.

Black não fez errado ao usar um tema que desestabilizaria Lucas durante as discussões, isso não é proibido. Mas o enfermeiro está tão radiante que vem sendo o “capitão” de um grupo em um reality, que se esqueceu que em programas como este, ao contrário do que acontece nos esportes, o jogo não termina quando acaba e ele vai sentir isso com o público aqui fora.

Notícias Relacionadas