Reality Show às 17:25

Andressa Urach no BBB: ‘Se o Boninho me chamar, vou com certeza’

Andressa Urach

Reprodução/Instagram

Nesta quarta-feira, 7 de julho, Andressa Urach, que foi a apresentadora do concurso Miss Bumbum nesta semana, deu uma entrevista ao Splash Show, formado por Chico Barney, Aline Ramos e Leandro Carneiro, onde revelou que para ela ir ao Big Brother Brasil “só depende de Boninho”.

“Gostaria muito de participar, se o Boninho me chamasse eu iria, certeza. Não consegui acompanhar muito o BBB 21 por causa dos meus compromissos”, disse.

E acrescentou: “Eu quase entrei no Big Brother um ano antes da Fazenda. Eu participei da seleção, enviei vídeo. Era o meu sonho entrar no Big Brother. Só que aí não rolou, fui para as entrevistas e no final não me chamaram”.

Veja +: Andressa Urach reafirma: ‘A última palavra é do meu marido’

A modelo ainda brincou com o fato de todo mundo ter medo de falar mal de Juliette, já que os “cactos”, apelido da torcida da paraibana, vão defendê-la com unhas e dentes.

“A Juliette virou um fenômeno, né? Eu vi até que se alguém falar algo contrário é quase enforcado em praça pública! As pessoas têm até medo de falar alguma coisa contra a Juliette, com medo do cancelamento”, brincou.

A ex-Fazenda ainda reforçou que o que Juliette conseguiu é algo bem difícil.

“Que bom que a Juliette conquistou todo mundo, isso é um fenômeno realmente, porque é difícil alguém ser apoiado, porque parece que as pessoas torcem para que dê tudo errado”, afirmou.

Depois de falar da ex-BBB de maior sucesso desta edição, Urach falou de Karol Conká, dona da maior rejeição da história do Big Brother Brasil e que aconteceu no BBB21.

“Vi o que aconteceu com a Karol, até não gostei que todo mundo se uniu para tirar a Karol. Poxa, ela é falha, tem família, sabe? Parece que as pessoas querem o mal, a destruição da carreira. Eu sou contra qualquer tipo de perseguição, de preconceito. Eu posso até não concordar com as coisas que ela falou, mas isso não me dá o direito de fazer com que outras pessoas também tenham ódio dela”, disse.

Andressa Urach relembra de A Fazenda

Andressa ainda citou o seu exemplo em A Fazenda, quando era viciada em drogas, e afirmou que as pessoas não podem julgar um participante de reality show, pois todos estão sob pressão.

“Em um reality show, nossas emoções extrapolam. Vocês me viram na Fazenda, foram 90 dias de muita pressão. Na época eu era viciada em drogas e eu não podia usar drogas dentro do reality, eu estava em abstinência total. Quando tinha festa, eu bebia muito mais do que podia”, começou.

“Eu sou muito intensa e acho que a gente não pode ser avaliado dentro do reality show, porque tem uma edição. Eu sou de personalidade forte, não vou entrar em um reality show e ser a planta, porque se pisar no meu calo, eu vou acabar estourando. Então, a gente não pode julgar a pessoa pelo reality, porque ali ela está sob pressão, ela não é realmente aquilo. Ali existe uma disputa de um prêmio, um jogo de intriga, então, eu acho que todo reality show aflora o nosso pior”, finalizou.