BBB às 20:15

Afinal, o que é ‘fair play? O ex brother Fernando Medeiros explica

Júlio Barbosa/Divulgação

No programa do Big Brother Brasil exibido no último domingo (07), o apresentador Tiago Leifert disse aos brothers da casa que alguns deles faltaram com “‘fair play’” com seus oponentes, o que resultou na desistência do participante Lucas Penteado. Muita gente ficou na dúvida sobre o real significado do termo usado pelo apresentador? Entramos em contato com Fernando Medeiros, que esteve no BBB15, e ele explicou em detalhes o sentido da expressão.

 Ao tentar explicar o significado da expressão, Tiago deu a entender que não estenderam a mão ao Lucas quando este precisava ser acolhido. Mas, afinal, o que é ‘fair play’? Fernando Medeiros, formado em Educação Física e especialista em Psicologia Positiva, explica que o conceito, que em inglês significa “jogo justo”, é amplamente utilizado no ambiente esportivo.

“No esporte, o ‘‘fair play’’ está ligado à ética. Ou seja: os praticantes devem jogar de maneira que não prejudiquem o adversário de forma proposital. Esse é o conceito básico, mas também pode ser observado quando há apoio contra algum tipo de preconceito, caso algum atleta ou time esteja em dificuldade extrema, entre outras situações”, afirma Fernando.

Existem casos famosos de atletas que ajudaram o seu adversário e acabaram se prejudicando, como Braima Suncar Dabó, atleta de Guiné Bissau, com o rival Jonathan Busby, de Aruba, durante uma prova do Mundial de Atletismo, em 2019. 

Para o especialista, esse tipo de situação é bastante delicada, mas que, no fim das contas, o chamado “título moral” acaba tendo mais peso para o atleta do que uma medalha de ouro, principalmente com o passar dos anos.

“Em algumas ocasiões, o ‘fair play’ pode custar a vitória daquele que estava perto da conquista. Imagine você se preparar durante um ciclo olímpico de quatro anos, com investimento em tempo, dinheiro, disciplina, lesões… E aí, quando você está no final da prova para vencer, seu adversário que vinha correndo lado a lado com você tem um ataque cardíaco”, ele reflete.

“Você socorre o oponente ou deixa ele para trás enfartando, enquanto corre até o final da prova? É uma situação delicadíssima, pois existem dois títulos em jogo – o esportivo e o título moral. Mas acredito que o título moral nesse caso vale mais”, garante.

“Talvez aquela medalha que o atleta ganhou fique sempre marcada na história como ‘só venceu porque seu oponente teve problemas’ ou até mesmo essa vitória caia no esquecimento. Já atos generosos são eternizados e esse apoio ao adversário fica marcado na história”, opina Fernando.

Jogo é jogo

No contexto do BBB, essa análise também pode ser aplicada, segundo Fernando. Apesar do reality não ser uma competição esportiva, o programa possui características de disputa. Ele, que já participou de uma das edições, em 2015, analisa até que ponto vale “jogar sujo” para vencer, já que há dezenas de câmeras capturando qualquer estratégia adotada pelos participantes.

O Lucas Penteado, por exemplo, ‘perdeu’ o jogo, mas não saiu derrotado. É só observar o quanto ele está sendo bem recebido aqui fora. Ele será o vencedor eterno desta edição. Algumas pessoas excederam no reality, no que diz respeito ao espírito de competitividade, e não sairão como vencedoras. Na verdade, perderão o título”, defende. 

Flair play na quadra

Fernando relembra sua experiência quadra de basquete

Sua história no basquete também demonstra que o ‘fair play’ não é consenso geral dentro da quadra. Como atleta, Fernando já presenciou algumas atitudes de jogo desleais. 

“Fiz bons amigos e tenho boas histórias, mas no basquete existe aquela cotovelada maldosa, por exemplo. Há também a prática de colocar o pé debaixo do pé do adversário enquanto ele está saltando, pois quando o que estava no ar chega ao solo, acaba pisando em instabilidade e torcendo o pé. Dependendo de como ocorrer, pode gerar uma lesão grave”, diz.

Analisando a partir do ramo da psicologia, na qual também é formado, Fernando ainda reforça a importância de se trabalhar a inteligência emocional e saúde mental dos atletas. 

“A psicologia no esporte ajuda tanto quem vence quanto quem perde a partida. No quesito ‘‘fair play’’, ela traz segurança para tomada de decisões e equilíbrio emocional em momentos de crise durante o jogo. Todas as equipes profissionais e atletas possuem psicólogos especializados em esporte”, continua.

“Esse autocontrole não é essencial apenas durante competições esportivas. Somos desafiados todos os dias no trabalho, na família e nas amizades, então estar convicto de suas decisões e valores, como a ação de ceder uma vitória para ajudar o próximo, é fundamental”, completa.

Relembre sua passagem pelo Big Brother Brasil

Fernando Medeiros no Big Brother Brasil 15

Fernando Carlos de Medeiros, conhecido apenas como Fernando Medeiros, participou do BBB15, em 2015. Durante o confinamento namorou a também confinada Aline Gotschalg, com quem se casou e tem um filho de 4 anos, Lucca. É formado em Educação Física, modelo e criou o canal #2ParaOMundo, no Youtube, em parceria com sua esposa. Especializou-se em Psicologia Positiva, vertente da psicologia que trata do estudo da felicidade. Enquanto a psicologia tradicional se concentra no estudo das disfunções – pessoas com doença mental ou outras questões – e como tratá-las, a psicologia positiva examina como pessoas comuns podem se tornar mais felizes e mais satisfeitas.

Em seu vídeo de apresentação no reality show, Fernando contou detalhes relevantes da sua história de vida. "Meu nome é Fernando, tenho 32 anos e moro no subúrbio do Rio. Hoje trabalho com homossexuais, travestis, negro, pobre, favelado e ex detento. Trabalho em uma ONG. É muito gratificante. Minha primeira experiência com a área social foi em um presídio de menores infratores”, disse na época.

Após a morte de seu pai, largou tudo e foi morar na Califórnia, onde ficou por seis meses. No Big Brother Brasil se envolveu com a sister Amanda, mas logo se encantou pela mineira Aline, participante que logo deixou a casa, para infelicidade dos fãs que torciam pelo casal #Ferline. Ainda no confinamento brigou com Luan durante uma festa e voltou a ter uma historinha com Amanda. Terminou o BBB15 em terceiro lugar.

COBERTURA BBB21