BBB 22 às 14:45

BBB21: Brothers praticam ato de intolerância religiosa

Divulgação/TV Globo/fotomontagem

Quando a gente pensa que uma polêmica acalmou, logo vem outra para fazer com que esse, anunciado como o Big dos Bigs, se torne o Big dos Horrores. E nesta terça-feira (08) a indignação “da vez” é a explícita e inquestionável demonstração de intolerância religiosa e ridicularização da fé alheia por parte de Karol Conká, Projota, Nego Di e Lumena. Quatro participantes pretos que tem deixado à mostra a incoerência entre o que pregam e o que fazem.

Mais uma vez falando sobre Lucas, que por conta da pressão psicológica deles desistiu do jogo, o quarteto citou o orixá Xangô. Os participantes relembraram um momento em que Lumena e Lucas falavam sobre Xangô, orixá com o qual o ator foi iniciado no Candomblé. Nego Di imitou a baiana na conversa e tornou o nome da entidade um “verbo” e fez um trocadilho desrespeitoso, aos risos.

“Eu xangozei”, disse o gaúcho.

Karol Conká, Lumena e Projota riram do que foi dito pelo comediante. A cantora também enfatizou o que foi dito por Nego Di e imitou uma conversa de Lumena e Lucas.

“Você falando é muito engraçado. ‘Eu chamei Xangô véi’”, disse, imitando o sotaque da baiana.

Lumena ainda lembrou que disse ao ator que ele estava errado com seu orixá e que ela seguia no caminho certo, no caminho de Oxossí (orixá das matas e da natureza).

“Eu xangozei. Eu estou pelo certo com meu orixá, você está pelo errado. Ele está te abandonando”, respondeu a psicóloga, citando uma situação que aconteceu com Lucas.

A revolta foi geral nas redes sociais, principalmente por Lumena, que deveria ter impedido a brincadeira de péssimo gosto, já que ela é iniciada no candomblé.

“Eu desejo que Xangô de a resposta certa a cada um deles, me admira Lumena, uma mulher de candomblé iniciada pra Oxossi compactuar com isso!”, escreveu uma internauta.

Um seguidor relembrou a crítica da psicóloga à Juliette, pelo fato da maquiadora querer vestir branco, como ela, numa sexta-feira, dia da semana em que os adeptos da religião usam a cor para saudar Oxalá.

“Vestir branco não pode não. Explicar o Candomblé e suas origens também não se atreve, agora ouvir uma piada de mau gosto sobre xangô, (eu não sei quem é Xangô, mas sei que tem uma importância para religiões afro-brasileiras) aí tá tudo bem. Lumena é o que degrada nossa luta”, analisou.

“Eu não quero nem imaginar o que vai sentir Lumena quando Xangô decidir cobrar ela por tudo isso. O Machado é pesado amiga… Não vai ser fácil não”, destacou outra pessoa.

“Nego Di, Karol, Projota e Lumena ridicularizando o orixá da justiça em rede nacional… amados, não vai ter terreiro que acolha vocês depois disso e nem misericórdia de Xangô que os perdoe”, escreveu uma fã do reality.

 

Famosos estão indignados

 

Além dos internautas anônimos, incrédulos da situação, muitos famosos se pronunciaram, indignados.

“Eu só espero que Xangô, o senhor da Justiça, atenda o chamado desrespeitoso destes 4 para o jogo e leve em conta que eles estão tripudiando do filho dele”, disse Érico Brás.

O ator baiano Érico Brás chamou à atenção para o fato de Lumena ser iniciada na religião.

“Num país em que a intolerância religiosa mata pais e mães de santo, adeptos de religiões de matriz africana, presenciamos 4 pessoas negras,uma delas se diz iniciada, fazendo chacota da fé de um ex-participante. Será desequilíbrio ou cada um está equilibradamente vomitando sua verdade?”, questionou.

Viviane Araújo foi implacável.

“Odeio esses quatro!”, escreveu.

Silvero Pereira, que vem há tempos se assustando com as atitudes do quarteto, lamentou.

“Que coisa feia! Quanta decepção! Que meu Pai Xangô apenas exerça sua justiça!”, escreveu.

Roberta Rodrigues perdeu a paciência.

“Escória, fora esse quarteto fantasticamente do mal”.

“Não aguento ais ver essas pessoas”, destacou a atriz Maria Gal.

Heloisa Perissé também se pronunciou.

“Tenho pra mim que o respeito é fundamental em tudo que é sagrado”.

Jojo Todynho que não suporta mais as atitudes do quarteto, disse que não tem nem mais como pedirem desculpas.

“Eles não têm respeito nem por eles mesmo, mas como diz minha tia, quando a conta chega não adianta pedir desculpa… que vergonha”, escreveu a campeã de A Fazenda 12.

Quitéria Chagas chamou os quatro de desiquilibrados e falou sobre a separação de raças.

“Radioativo, desequilibrados vomitando suas verdades; na sociedade tem muitos assim, preto, branco… Essa parada de separar por raça também é outra paranoia. Ou vamos tentar unir a sociedade ou vamos permanecer na porcaria da exclusão, intolerâncias e fazer que nem estes sendo intolerantes/opressores na loucura tirana. Pior que misturam questões do coletivo dos movimentos nas psicoses do narcisismo deles”.

“Riem como se só o preto fosse detentor da palavra, do saber que suas falas são a verdade absoluta, que podem tudo, até zombar de coisa séria. Se eles fossem intolerantes brancos como seria? Como ficam as leis para o intolerante preto? A equidade tem que ser pra tudo, ou é ou não é”, apontou.

Xangô é o orixá da Justiça, dos Raios e dos Trovões, representado pelas cores vermelho e marrom. Sua figura, que porta um grande martelo de duas faces, é a responsável por punir os mentirosos e os ladrões, enquanto protege seus filhos das injustiças do mundo. Segundo a religião, nada escapa aos olhos de Xangô.

Notícias Relacionadas